Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Noite ao Ar livre | Teens | Acervo de Contos

Noite ao Ar livre

Meu nome eh Carol, vou contar como perdi minha virgindade, foi quando eu tinha, eu estava namorando um garoto chamado luiz, e achava que ele era o garoto da minha vida, e tinha certeza de que ele seria meu primeiro, mas com o namoro a relacao esfriando, eu comecei a reparar nos outros rapazes com quem eu mantia conviviu, certo dia, apos uma terrivel discussao com luiz, resolvi que iria sai, para me divertir com as minhas amigas, liguei para as mais chegadas, e saimos, chegando em um barzinho, raparei em um amigo meu de longa data o Fabricio, a gente se conhecia a muitos anos, eu sempre reparava as investidas qe ele me dava, mais eu sempre cortava, fabricio era alto, corpo definido, pele claro, olho azul, naquela noite reparei em fabio de outra maneira, deixei de lado, a amizade, e reparei nele com um homen. Nos conversamos por um bom tempo, de assuntos variados, minhas amigas arranjaram compania e foram me deixando sozinha, pedi a Fabricio que me desse uma carona ate em casa, ele aceito imediatamente, No caminho ate a minha casa, Fabricio mudou de ideia e disse que queria me mostrar um lugar, depois de uns 15 minutos de estrada, onde nos conversamos muito,e ouvimos sua playlist, chegamo a um lugar no meio do mato, um lugar, calmo, o tempo estava fresco, Fabricio como era meu amigo, sabia que nao tinha uma coisa que eu gostava mais do que olhas as estrelas, e pegou um manta, que ele sempre levava no porta mala, e estendeu sobre o carro, onde nos subimos e ficamos olhando a lua e as estrelas. Eu estava deitada, reta e o Fabricio estava sentado no vidro de carro, em um momento Fabricio reclamou de estar cansado de ficar sentado, e que ia deitar do mesmo modo que eu, quando ele deitou, ele deitou de lado, com o seu corpo todo virado para min, quando reparei ele estava me olhando, fiquei com muita vergonha, e resolvi colocar uma musica para quebrar o gelo, desci do carro, e coloquei uma musica, animada, a musica acabou e a que veio depois era uma musica extremamente romantica, Fabricio foi se aproximando de vargar,quando dei por min, nos estavamos nos beijando, fabricio foi muito carinhoso, enquando nos beijavamos, ele foi passando a mao pelo meu cabelo descendo ate meu percosco, la pela 4 musica da playlist de fabricio, comecou uma musica, que dizia, que a melhor coisa da vida era se amar, meio que inpulsionados pela musicas, os beijos foram ficando mais quente, a sua mao foi descendo bem de leve por meu corpo, e a velocidade so foi aumentando, com muito cuidado, fabricio, foi tirando minha blusa, e tirou a sua tbm, ele deitou sobre min, e foi dando leves beijinhos sobre meu corpo descendo, cada vez mais devagar, uma sensacao maravillhosa foi tomando meu corpo, quando estava mais em baixo, ele comecou a descer minha sai, por um momento me senti com muita vergonha por pensar que alguem poderia estar olhas, mais fabricio me passou um seguranca tao grande, que deixei que a coisa rolasse, ele foi tirando minha calcinha junto, e depois de alguns beijos pelas minhas pernas ele comecou a beijar minha bucetinha, senti a melhor sensacao do mundo, um fogo que invadia todo o meu corpo, quando gozei pela primeira vez, ele deu um olhada pra cima, com um olhar, totalmente safado, eu institivamente o puxei pelo cabelo, queria a boca dele grudada na minha, nos beijamos, e mesmo pelo calca jeans dele eu pude sentir, seu penis ereto,foi bem devagar, abrindo sua cinta, e retirando sua calca e box preta, quando percebemos que realmente ia acontecer, ele colocou sua boca, em meu ouvido deu uma mordidinha e disse: VOCE TEM CERTEZA QUE EH ISSO QUE VOCE QUER? quando senti sua respiracao em meu ouvido nao pude me conter, disse que sim, foi bem devagar colocando seu penis em minha buceta, pedi que ele me abracasse com forca, e que colocasse seu penis de uma vez so, ele me abracou com muita forca, e enfio deu uma vez, fui dominada por uma onde de dor, e prazer ao mesmo tempo, que ria sair correndo pela dor, mas tambem queria, que ele penetrasse mais e mais, os movimentos foram se tornando cada vez mais rapidos e forte, e quando mais intensos eles ficavam mais ele me abracava e eu o beijava, ficamos assim por um longo tempo, depois ele deitou e eu subi em cima dele, calvaguei nele por algum tempo, enquanto ele colocava suas maos em meus peitos, depois disso nos abracamos e nos enrolamos na manta, e ficamos olhando a lua e as estrelas, ficamos la por mais um tempo,e quando dicidimos que estava na hora de ir embora, nos vestimos, e entramos no carro, no caminho, ele pegou minha mao e disse que tinha adorado aquilo, mais sabia que eu era capaiz de muito mais, logo entendi seu recado,e mandei que ele estacionasse em lugar escondido, assim que ele parou o carro, abri sua a calca, puxei seu penis e comecei a fazer um boquete, ele gemia como uma mulherl sinal de que estavo gostando, quando ele gozou lambi tudo, decidimos nos deitar nos bando de tras, quando ele me disse: Adorei a experiencia de antes, mais agora, eu quero a Carol safada. Sem questionar, eu comecei a beijo como uma louca, e ele gostou respondia os beijos com muito calor, pude sentir seu penis aumentando, fikei por cima dele, e comecei a beijalo na boca, e fui descendo, ate chegar a seu penis onde fiz mais um boquente, ele gemeu e gozou na minha boca, disse pra ele que eu tambem queria uma uma lambida, entao quando vi estavamos fazendo um 69 delicioso, eu gozei na sua boca, pude sentir ele passando a lingua em minha buceta, e lambi seu pau, como um animal, depois disso, ele me colocou deitado por baixo, e comecou a penetrar com um animal, forte, o carro balancava, muito mais, estava delicioso. depois disso, terminei de vez com o luis, e estou ate hoje com Fabricio, de vez enquando vamos acampar, para repitir a dose de sexo ao ar livre.

 

Gostou? Vote no Conto:

23705 visitas