Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto
sexo safadas bundas bundas filmes porno ninfetas

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Minhas duas sobrinhas me comeram durmindo | Acervo de Contos

Minhas duas sobrinhas me comeram durmindo

Meus amigos, o que vou lhes contar é algo simplesmente maravilhoso.
Sempre tive essa fantasia e um dia isso acabou acontecendo numa hora que mal esperava.
Tenho 40 anos e sou casado a 18 anos, muito bem casado e com situação definida, sou branco e apesar de minha idade tenho um corpo atlético e aparência que chama muito a atenção das mulheres mais jovens.
Olhe só, teve um dia, que minha esposa estava conversando com a irmã dela, sobre tudo e principalmente sobre sexo, e por cima acabou contando a ela que eu durmo sempre de pau duro, e que ela acorda a noite e se depara comigo durmindo em sono profundo e de pau duro e pode fazer de tudo comigo que não acordo de jeito nenhum, e por coincidência minhas duas sobrinhas, irmãs, lindas, muito gostosinhas, uma de 19 anos e outra de 22 anos estavam próximas a elas e não foram percebidas por ali e acabaram escutando essa convesa.
Bom, minha cunhada teve um problema e precisou ser levada ao hospital e minha esposa foi acompanha-la, pra minha surpresa o médico a deixou em observação a noite toda, minha esposa me telefonou e disse que iria passar a noite no hospital com a irmã, até ai tudo bem.
Bom, chegando a noite, as meninas tomaram o banho delas e foram para o quarto de hóspedes e disseram que já iriam durmir, e eu fui para o banho.
meu banheiro tem uma pequena fresta na porta que da pra conseguiur ver quem está tomando banho, e pra minha maior surpresa percebi as duas espiando eu no banho, nem precisa falar que as duas estavam se masturbando e vendo eu tomar banho.
Tomei banho e fui pro meu quarto me repousar também, sem me tocar do que poderia acontecer, bem tarde da noite lá pelas 2 da manhã, escuto pequenos passos e cuchichos pela casa, e umas das duas entrando pelo quarto, meu pau já estava duro como pedra esperando e imaginando que poderia acontecer, uma delas entrou e me chamou, para ter certeza que eu estava durmindo, como não sou bobo, fiquei fingindo meu sono profundo pra ver o que aconteceria.
Foi muito bom, ela comecou a acariciar meu par com delicadeza, e com pequenos movimentos colocava na bola, so a pontinha dele, e as vezes engolia tudo, escutei a outra cuchichando na porta, que seria a vez dela e a outro disse que não era pra colocar na buceta, só chupar e pegar.
E agora a outra trocou de lugar e começou a fazer o mesmo da irmão, pegando e chupando, percebi que ela estava muito excitada, chegado a urrar de tesão com meu pau na boca, e acabou tirando uma camisinha de dentro da caicinha e colocou no meu pau, tive a certeza que ela ia enfiar na bucetinha dela, pra minha surpresa, ele veio encima de mim e foi colocando tudo no cuzinho dela e gemendo cada vez mais, ate colocar tudo com movimentos de sentar e levantar no meu pau, comecou a acariciar meu peito e com um grito abafado acabou gozando tudo em mim, saiu e se despediu da sua irmã indo pro quarto dela.
A outra entrou novamente e se jogou encima de mim com a camisinha que a irmã havia deixado, e também gozou rápido e deliciosamente em mim.
No dia seguinte, nos encontramos na mesa pra tomar café da manhã como se nada tivesse acontecido, elas acharam que eu estava em sono profundo e fiquei quietinho, pois sei que um outro dia isso pode acontecer. abracos.

 

Gostou? Vote no Conto:

25/08/2009 | 98663 visitas

 
 
 
sexo sexo anal sexo anal