Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto
videos porno flagras gostosas ninfetas gostosas videos porno

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Monica cadela vendida | Acervo de Contos

Monica cadela vendida

Gostei muito de contar para vocês o que meu marido faz comigo, depois de nosso aniversario de casamento, relatado em Monica cadela II, nunca mais deixei de ser cadela. Meu marido gostou de me humilhar. Agora ele sempre trás outras mulheres pra casa. Eu fico no pé da cama presa na coleira assistindo meu marido me trair, quase todos os fins de semana. Depois que ele goza eu sou obrigada a lamber as vadias até comer todinha a porra e deixá-las bem limpinha pra ele recomeçar. Meu marido trata suas amantes com muito carinho e respeito, enquanto eu levo chutes e tapas. Esta semana ele trouxe duas de uma vez, com corpo escultural, perfeitas e lindas. Elas entraram no quarto, quando me viram ficaram meio assustadas, mas meu marido logo as acalmou dizendo. Não se preocupem a cadelinha não morde. Uma das moças começo a tirar as roupara de maneira bem sensual, passou seus peitinhos na cara do meu marido, veio para o meu lado e me deu uma mijada enorme, depois eu sequei sua vagina com minha língua. Meu marido amou a iniciativa da mocinha, e baixou um decreto, hoje o banheiro da casa é a cadelinha. A outra moça fez a mesma coisa e lá estava eu da cabeça aos pés, toda molhada. Meu marido sabe como realizar uma mulher, as piranhas gozaram muitas vezes. Pela minha cara, meu marido percebeu que dessa vez eu realmente não estava gostando. Ele veio pro meu lado e me bateu com o cinto, umas 4 lambadas. Chorei de dor, fique com vergão na bunda, nas costas e barriga. Os três saíram do quarto e continuaram transando por toda a casa, eu podia ouvir os gemidos das piranhas.
No dia seguinte meu marido me soltou deu-me balde e pano para eu limpar o mijo do chão, depois me mandou tomar banho. Após o banho me prendeu de novo, eu só ficava solta durante a semana, até me acostumei dormir no chão.
A campainha tocou, quem seria? Meu cunhado, ele tomou café na mesa com meu marido e logo perguntou: e a cadela? Ainda vive? Meu marido muito safado percebeu o interesse do irmão. Respondeu: A cadelinha hoje tomou banho, esta cherosinha. Meu cunhado fez um minuto de silencio e então... Vende ela pra mim? Meu marido nem pensou: quanto paga? Meu cunhado, replicou: Cara pensa bem se vender ela para mim, eu não vou mais deixar você trepar nela, ela será minha. Nestas condições o preço é maior. Se eu tiver, eu pago, vamos qual o preço. Do quarto eu não acreditava no que estava ouvindo, meu marido me vendendo para o irmão. Ele logo falou Quero R$ 5000,00 Cinco mil reais!!?? Ficou louco, compra a cadela por R$ 1000,00 a final de contas você deve reconhecer que ela está bem judiada, seu valor diminuiu muitos. Ok, vendida por R$ 1000,00
Meu marido me levou para o quarto de hospede que temos em casa e me disse que daquele dia em diante aquele seria meu quarto, meu novo dono vem todos os dia meter em mim, mete em todos os buracos possíveis. O corno do meu marido, nunca reclamou a posse. Meu cunhado me trata um pouco melhor, não me põe coleira e não me faz dormir no chão, mas sempre trás mais de um cara para meter em mim. Esta semana aconteceu algo diferente. Meu dono (cunhado) me deu roupas novas dizendo que teríamos festa no sábado. Achei que a festa seria em casa, mas não. Perto das 19h ele chegou. Vem piranha, hora da festa. Me levou a uma zona onde acontecia a despedida solteiro de um de seus colegas de trabalho. Quando eu cheguei a dona do estabelecimento veio me analisar, mas não falou nada. Aqueles caras já estavam todos doidões por causa das meninas. De repente elas sumiram, todas sumiram, ficando só a dona Sofia a gigolo da zona, para avaliar meu desempenho. Meu cunhado, quero dizer, meu dono rasgou a minha roupa e me debruçou sobre uma mesa. Aqueles caras gritando: hora da festa e batendo punhetas. Quando eu vi Sofia me encheu de lubrificante cú e buceta. Fazendo fila todos fuderam meu cú, eram mais de vinte. Um a um foram me socando até gozarem, as porra se misturavam e escorriam pela minha perna. Minha bunda latejava inteira estava toda ralada, meu cu ficou aberto por uns minutos, então começaram a incentivar o noivinho a enfiar a mão na minha buceta, eu estava desesperada. O Noivo então lambuzou a mão com ky e começou dois dedos, três, quatro e de repente toda a mão, dei um grito muito alto, a dor foi indescritivel, ele me tocou toda por dentro, apertou meu utero com os dedos e eu gritei de novo, todos riam, mas eu chorava, meu cunhado me deu dois tapas na cara dizendo para eu colaborar. O noivo começou a tirar a mão mas um dos caras não deixou, eu não acreditava, mas aquele escroto estava tentando foder meu cu d novo, e conseguiu. Lá estava eu, com uma não inteira enfiada na buceta e um pau no cu. Aqueles caras me gozaram inteira da cabeça aos pés. Na hora de ir embora , meu cunhado disse, vc passou no teste. Sofia vai ficar com você dois meses pra eu recuperar o dinheiro que perdi te comprando. Hoje é meu primeiro dia de volta ao lar. Meu dono disse que posso me recuperar por uma semana, mas que quando ele voltar...

 

Gostou? Vote no Conto:

29/10/2009 | 120643 visitas

 
 
 
gostosas videos de sexo gostosas