Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Uma festinha por acaso | Orgias | Acervo de Contos

Uma festinha por acaso

Oi gente meu nome é "Pri",o que vou contar aconteceu comigo há 4 anos.Sou morena 1,70 70Kg seios medios olhos castanhos, e filha de um sócio de uma empresa.Meu pai me banca financeiramente em tudo,ele é muito rigoroso comigo,até esta idade eu só tinha tido 2 namorados e é claro ele pensava que ainda era virgem.Quase sempre alguns outros sócios dele iam em minha casa para reuniões de negócio.E esqueci de contar o meu desejo secreto::sempre tive vontade de ser penetrado por 2 penis juntos, mas nunca tinha acontecido.Um belo dia quando eu acordei ainda de camisola fui até o banheiro do 2ºandar onde as vizitas geralmente não vão,ao abrir a porta pra sair me deparei com um dos sócios de meu pai,que queria usar o banheiro pois o do 1º andar estava em obra,ele ficou sem graça de me ver de camisola e pediu desculpas,mas não conseguiu disfarçar um olhar fixo para os meus seios que estavam pontudos,eu disse que estava tudo bem e fui saindo , pela primeira vez reparei que ele era bem bonito uns 1,80 aprox.80kg moreno braços fortes,cabelos bem penteados tinha uns 40 anos, fui para o meu quarto o nada ocorreu.Duas semanas depois meus pais viajaram no final de semana e fiquei só em casa, numa tarde de sexta-feira estava na sala e ouvi a campanhia tocar, eu de chortinho curte e top abri a porta e vi que era ele, e disse que meu pai pediu que ele pegasse um envelope no escritório de meu pai, eu o convidei para entrar, ofereci uma bebida ele aceitou e derrepente ficou um pouco excitada com a ideia de nós estarmos ali sozinhos,vi a aliança de casamento e perguntei há quanto tempo ele era casado ele respondeu 10 anos,perguntei qual era o segredo para um casamento tão duradouro ele respondeu fidelidade,eu disse: "Desculpe a pergunta, mas vc nunca traiu ou pelo menos quiz trai sua esposa?",ele disse:"Já tive vontade,mas não coragem",disse a ele que o admirava muito (eu já estava com muita malícia em mente) então falei:"Por favor me dê um conselho: eu trai meu namorado,não sei se devo contar a ele,se vc traísse sua esposa contaria à ela? o que eu faço?"ele respondeu:"se vc gostar muito dele acho melhor não contar,se fosse comigo não contaria pois amo minha esposa" neste momento percebi que ele estava entrando no jogo e disse: "então vc manteria segredo??"fiz minha pergunta com segundas intençoes e ao se aproximar de mim disse: "ninguem vai ficar sabendo!" e deu uma piscadinha, nós começamos a nos beijar ali msm na sala,as mãos grossas dele começaram a alisar meu corpo e eu o dele,que homem gostoso,ele colocou a mão no meu rabo,e me puchou pra cima do colo dele,pude sentir aquele caralho duro e grosso,ele tirou meu top e minhas tetinhas saltaram pra fora, ele imediatamente abocanhou e começou a chupar,que chupada deliciosa,ele tirou sua blusa e expos aquele físico maravilhoso,peito peludo,como eu adoro,disse no meu ouvido:"vou te fuder igual uma puta sua patricinha do caralho",fiquei louca lel me colocou de pé tirou me chorte , me pôs em cima de uma mesa e começou e chupar minha buceta,que loucura aquela lingua me penetrando com mais 2 dedos ainda,eu esfregava minha bubu na cara e dizia:"vai meu puto safado , me fode com essa língua!",após uns 5 min ele disse:"agora vem me chupar minha putinha",ele arrancou a calça e exibiu aquele lindo cacete,grosso,veiudo e cabeçudo,rapidamente eu coloquei tudo em minha boquinha e chupei loucamente, babei aquele caralhão de uns 20cm todo,e ele dizia:"chupa esse pau minha puta,vai engole essa rola",assim ficamos uns 5 min,ele quiz fazer 69 e eu adorei a ideia.Enquanto estávamos no 69 ouvi um barulhindo,mas pensei ser o gato,quando derrepente o melhor amigo do meu irmão, o marquinhus(que sempre entra aqui em casa sem bater ou chamar) aparece e nos pega,eu estava morrendo de vergonha gando ia começar a espliar ele disse que se eu não deixasse ele participar ele contaria tudo ao meu irmão que contaria a meu pai que com certeza acreditaria no filho predileto,e cortaria minha mesada,faculdade,cartão de crédito tudo,então como este sempre foi meu maior desejo deixei ele entrar.

Eu mal podia acreditar que enfim iria realizar minha maior fantasia!

Ele tinha uns 25 anos,uns 70kg,moreno claro olhos verdes era um tesão,ele foi logo ficando pelado e mostrando seu pau de uns 18cm bem duro,colocou na minha boca,chupei muito, eu gemia e falava:"vem minha buceta enquanto eu chupo a pica dele vai meu safado",o sócio começou a fuder o meu grelo sem camisinha msm,após uns 10 min nessa eu implorei:"Eu quero um pau no cu e outro na buceta",foi entaum que começou: o sócio na bubu e marquinhus no cuzão....

Eu gritava de dor e tesão:"Fode seus putos,vai que eu sou sua piranha de rua vai vai"

E eles:"Senta puta,vai vai,ta gostando de ser a nossa putinha? safada, vagabunda"

Eu podia sentir aquelas 2 pirocas me penetrando loucamente,gozei 2 vezes e depois de muita foda eles se levantaram, eu de joelhos e quase juntos me deram um banho de porra::

"Toma puta,bebe esse leitinho todo,toma porra, safada"..

Eu terminei de lamber a porra do pau deles, me levantei vestimos nossa roupas calados,nos despedimos e combinamos de não a ninhguém....



Bom galera é isso por favor comentem bastante digam se ficaram com tesão,se se masturbaram, ou outras coisas lendo este conto ok??

 

Gostou? Vote no Conto:

36485 visitas