Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Minhas mulheres | Orgias | Acervo de Contos

Minhas mulheres

Oi me chamo Fábio, tenho 25 anos,sou moreno,1,78 de altura e 76 quilos(estou em forma).Atualmente estou namorando com duas mulheres ao mesmo tempo,calma,não tire conclusões precipitadas,ela sabem...e gostam.Contarei agora como isso começou:

Eram mais ou menos 20:30 de uma noite de sábado há um mês atrás,quando recebi um telefonema de um amigo me chamando pra ir numa boate nova na cidade,a príncipio recusei,mas ele insistiu tanto que acabei aceitando,marcamos de nos encontar lá dentro as 23:00.Tomei banho,me arrumei e fui a boate,cheguei quase no horário marcado e antes de entrar decidi liga pra saber se ele já havia chegado.Acredita que o cara disse que não iria mais?Disse que aconteceu sei lá o que...blá blá blá.Fiquei puto,mas como já estava lá decidi entrar.

O lugar estava cheio,fui direto ao balcão,pedi uma bebida e fiquei observando as pessoas...e uma me chamoui a atenção:Era uma loirinha de 23 anos,1,66 de altura e muito gostosa,eu a conhecia bem,era uma ex-namorada,não a mais recente.A observei por mais algum tempo,queria saber se ela estava acompanhada,não queria criar um clima a toa.Apenas uma amiga apareceu,falou alguma coisa em seu ouvido e riram.Então fui até elas,mas parei de repente,surpreso e excitado,elas se beijaram...

Fernanda era seu nome,ela me viu,veio em minha direção,me abraçou e eu pude sentir os seus peitos fartos encostando em mim.Ela me apresentou sua namorada:

-Fábio,essa é a Ingrid minha namorada.

-Ingrid,esse é o Fábio,aquele Fábio.

-Oi-Disse a Ingrid- A Fê fala muito de vc.

-Ah é,o que fala?-Perguntei curioso.

-Ela diz que vc foi a melhor transa da vida dela.

Sorri satisfeito,contuamos conversando,rindo animadamente e Fernanda me perguntou se eu estava namorando.Fui sincero e falei que não.

-Ah,então você está na pista pra negócio?-Ela perguntou

-hahhaha depende da proposta.

Rimos e logo depois ela foram pro banheiro e eu fiquei imaginando aquelas duas mulheres lindas se pegando foi inevitável me excitar.Elas voltaram rindo e me disseram que ha algum tempo estavam procurando um homem pra incrementar a relação delas,mas que não tinham achado um que agradasse as duas,até agora.

-Vamos-Foi só o que eu disse.

Saimos da boate,Fernanda me deu as chaves de seu carro,eu ia levá-la num motel,mas fernanda disse para irmos pra sua casa,me disse onde era,rumamos pra lá.Enquanto eu dirigia,elas se pegavam no banco de trás,beijos,caricias...

Chegamos à casa rapidamente,elas foram diretamente para o quarto,até aquele momento eu não tinha tocado em nenhuma delas.No quarto,sentei uma poltrona,queria só observar por enquanto...Ingrid era uma morena com uma bunda enorme,peitos médios e uma boca sem igual.Elas tiraram a roupa uma da outra,Fernanda começou a mamar sua namorada,eu tirei minha roupa e fiquei me punhetando devagar,curtingo o momento...Ingrid com as pernas abertas recebia as chupadas em sua buceta depilada ela gemia e apertava seus peitos.Fernanda era implacável,lambia,chupava,enfiava a língua,o dedo...Ahhhh eu quera participar daquilo,me aproximei de Fernanda por trás,sarrando eu pau duro naquele rabo gostoso.Ela se virou e começou a me chupar,ah...e nisso ela era uma artista,enquanto ela pagava um boquete Ingrid me beijava,beijos quentes.De repente elas me jogaram na cama,Fernanda praticamente sentou na minha cabeça,esfregando sua buceta encharcada na minha cara...enquanto Ingrid me dava um autêntico banho de `língua,chupava meu pau com vontade...meu saco...ahh demais...Senti quando Ingrid sentou em cima de mim,meu pau entrou devagar...gostoso...deslizando....ela começou a calvagar...aquele momento era único pta mim,uma experiência e tanto.Mas Fernanda sentada na minha cara tava me sufocando,elas estavam me dominando,não podia deixar isso assim!!!

Puxei Fernanda pra trás,ela parecia que estva em transe galopando na minha cara,Ingrid se assutou com a minha reação e saiu de cima de mim,e era o que eu queria.Fiquei em pé ao lado da cama,elas ficaram assustadas achando que eu tinha ficado bravo,ou que ia embora...ledo engano.Mandei Fernanda ficar de quatro,auqle cuzinho eu conhecia bem,ele e meu pau eram intimos...lambi e ela se contorceu,enfiei um dedo abrindo espaço,Ingrid me observava enquanto tocava uma siririca frenética.Forcei meu pau,não queria entar,mais pouco,mais...tava cedendo...isso...aí...entrou!!

-Geme safada,geme.Chupa sua namorada,vai!!

Ela tava obediente,chupava loucamente a Ingrid enquanto eu bombava forte aquele cú gostoso.Segurava em sua cintura e a puxava pra mim,com força...eram estocads fortes,selvagens...eu queria gozar!!

-Vou encher teu cú de porra!!

-Vai!!

Gozei...muito...gozamos aliás...Fernanda saboriava o gozo de sua amada.Deitamos os três na cama,eu no meio delas.Eu estva me sentindo a versão masculina de "dona Flor e seus dois maridos".rsrsrs



Fim...na verdade foi o começo hehee

 

Gostou? Vote no Conto:

26844 visitas