Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Minha Primeira Vez | Orgias | Acervo de Contos

Minha Primeira Vez

Olá!! Meu nome é Maria Paula, 1,70 metros e 59 quilos, sou loira cabelos compridos, olhos verdes e..... digamos que chamo atenção por onde passo.....Ah! Mais um detalhe sou viciada em sexo!!! Adoro as formas mais loucas!!! Com homens e mulheres, de preferência com os dois juntos!!! Alias, de preferência com mais de dois!!!

Para os que não me conhecem, frequento alguns clubes de swing, e faço muitos programas, praticamente todos os dias, sempre durante o dia e escondida, pois sou casada e meu marido nem sonha com esse meu lado ?devassa? .......rsrsrsrsr.

Mas o que quero contar para vocês, atendendo a pedidos de muitos amigos, é como eu me tornei a mulher que sou hoje.

Então vamos ter que voltar alguns anos. Eu comecei a me interessar por sexo muito, muito cedo. Ddurante o dia ficava olhando os meninos e as meninas na escola e imaginava seus corpos, seus sexos e tudo mais..... a noite, de madrugada, assistia aos filmes nacionais que passavam na Band e me masturbava muito.

Mas a minha primeira experiência aconteceu um pouquinho mais tarde, na época eu estava no 1º ano do 2º grau, e já flertava muito com os meninos, principalmente com os mais velhos, mas só com os meninos, porque ainda morria de medo do meu lado bi.

Existia um grupo de meninos do 3º ano que sempre me assediavam, sempre!!!! Todos os dias eu recebia bilhetinhos, cantadas, e eles sempre se aproveitavam das filas para o lanche, ou para tomar água, para me encochar, e eu adorava sentir o pau duro deles na minha bunda, mas morria de vergonha e sempre ficava muito vermelha!!!

Um dia , eles me pediram para ajudar com um trabalho que tinham que entregar e precisava de muitos desenhos e eles não conseguiam fazer e como tenho um bom talento para desenho..... Não precisou muito para me convencer não.... Marcamos para o inicio da tarde na casa de um deles, que ficava bem pertinho da escola....Passei o resto da aula muito excitada.... minha calcinha ficou totalmente ensopada.... chegava a pingar!!!!

Quanto acabou a aula, fui pra casa, nem consegui almoçar direito, tomei um banho muito longo e me vesti da forma mais provocante que eu podia na época, uma mini saia jeans, e uma camisetinha branca curta, que deixava boa parte dos meus seios e da minha barriga de fora. Eu estava sem sutiã e com uma calcinha tipo tanguinha, na época eu ainda não usava fio dental Por cima, para espantar o frio e para minha mãe não desconfiar, coloquei um casaco bem longo , bem abaixo do joelho.

No caminho até o encontro, uns 10 minutos andando, eu novamente encharquei minha calcinha, imaginando o que iria acontecer; quando entrei no prédio eu estava completamente vermelha e excitada, morrendo de curiosidade e de vontade. E num ato sem pensar tirei o casaco e minha calcinha no elevador. Qdo fiz isso sentir um prazer enorme percorrer meu copo.

Quando entrei no apartamento, o aquecedor estava ligado muito forte e todos estavam sem camisa, e haviam preparado muitas batidinhas, morango, pêssego, maracujá....... Foi a primeira vez que bebi.

Nem se falou do trabalho, eles só me elogiavam e falavam de baladas de aventuras, e cada vez mais a conversa ficava mais picante até chegar ao ponto das experiência sexuais, foi ai que eu falei que as minhas eram só com os meus dedos.... todos riram.... mas em seguida o dono da casa, que tinha ido ao banheiro, voltou e me agarrou por trás e começou a beijar o meu pescoço, em seguida outros quatro também começaram a me beijar!! Me assustei, pois imaginava que seria um de cada vez, mas aquilo tava bom demais para eu querer parar.

E no meio daquilo tudo, eu que nunca nem tinha sido beijada, sentia cinco meninos beijando meu corpo todo, e pela primeira vez e tive um orgasmo acompanhada!! Gozei no meio da sala, fiquei com a perna bamba, cheguei a achar que ia desmaiar. Me levaram pro sofá e continuaram a me beijar, foi quando viram que eu estava sem calcinha e vibraram muito com isso. O Miguel, único que vou nominar, pelos motivos que vocês iram ver, começou a beijar minha virilha, meus pelos e finalmente meu sexo. Sentir aquela língua, lembro até hoje, foi a sensação mais maravilhosa do mundo, gozei de novo, dessa vez mais forte, sem conseguir segurar os gemidos.

Nesse momento eu ainda estava zonza, mas percebi que todos já estavam nus e se preparavam para me penetrar. Fui tomada por um pavor enorme, me desesperei, comecei a chorar queria ir embora, n ao sei explicar o medo que senti.

O Miguel, para me acalmar me levou para cozinha, me ofereceu água, conversou comigo alguns minutos. Expliquei pra ele que eu era virgem e que não queria perder a virgindade assim, ele entendeu acho muito legal, falou que não tinha problemas. E começou a falar que existia outras formas de se fazer.... logo me veio a idéia de anal, nunca tinha feito, nem me imaginando fazendo, mas naquele instante a idéia me deixou completamente eufórica..... Quando Miguel acabou de falar, percebi que ele falava de Oral. Mas falei pra ele que queria experimentar anal.

Deu pra ver o brilho que surgiu nos olhos dele e sorriso na boca, ele não pensou duas vezes, me debruçou na mesa, e utilizando óleo de cozinha como lubrificante começou a força minha bundinha, sentir a glande bem na entrada da minha bundinha era maravilhoso, ele forçava bastante, mas não entrava, eu adorava aquela pressão, poderia ficar por horas, sentido aquele pau me pressionado. Foi quando ele afastou e em uma estocada muito forte entrou todo dentro de mim.... Doeu muito, eu gritei muito, a dor fez a minha vista escurecer..... mas depois fui me recompondo, e a dor foi dando lugar para um prazer enorme, idenscritivel a sensação de sentir ele entrando e saindo de mim. Estava quase gozando quando o Miguel tirou de dentro de mim e gozou nas minhas costas..... Depois do susto, adorei sentir aquele liquido quente nas costas.

Antes que eu pudesse me mexer, o segundo, que era o dono da casa, já havia se posicionado e começava a me penetrar, ele mexia mais devagar que o Miguel, eu sentia mais ele entrando e saindo de mim, nesse momento os outros três se colocaram na minha frente para que eu os chupasse, hesitei um pouquinho mas comecei a chupá-los e descobrir que é muito gosto sentir um pau na boca, e comecei a chupar mais e mais..... até que um deles, junto com o dono da casa começaram a gozar, na minha boca e na minha bundinha, eu comecei a gozar junto.....sem saber o que faezr com a porra que estava na minha boca.... acabei deixando escorrer pelo meu queixo, nisso o quarto gozou na minha cara, jato no meu rosto, meu pescoço, meu cabelo.

Só faltava o quinto, e esse tinha um pau enorme, muito maior que os dos outros, nem cabia direito na minha boca. Foi quando ele foi pra trás de mim e sem cerimônia começou a me penetrar com força, eu chorava de dor, sentia minha bundinha se arrobar, e derrepente em meio a dor, comecei a sentir outro orgamos chegando e comecei a empurrar a bunda pra tás queria todo aquele pau dentro de mim, e comecei a gritar de prazer, até o Miguel colocar o pau na minha boca, gozei muito sentindo as estocadas na minha bundinha e a pulsação do pau do Miguel na minha boca. Ai desabei, não agüentava mais nada!!!!!! Afinal ainda era muito novinha.

Foi quando o Miguel me carregou para o banheiro, me deu banho, lavou meu cabelo e cada parte do meu corpo, enquanto fazia isso o seu pau estava duríssimo, então comecei a puheta-lo, me ajoelhei no Box, para fazer melhor e acabei não resistindo, comecei a chupá-lo, e foi só eu colocar a boca para ele gozar, e dessa vez engoli tudinho, e sentir aquele gosto acre escorrendo na minha garganta foi quase um novo orgasmo. Ele me levantou, me beijou demoradamente e disse que me amava. Eu achei lindo.

Fui pra casa quase me arrastando, passei mal a noite toda, tive até febre, no dia seguinte cada parte do meu corpo doía, nem pude ir pra aula, fiquei sentindo dores mais de uma semana, mas só pensava quando e como seria a próxima vez. Era inevitável, já estava viciada em sexo, principalmente anal.

Me encontrei muitas vezes com esse grupo de amigos, principalmente com o Miguel, mas isso são outras histórias.

 

Gostou? Vote no Conto:

121158 visitas