Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Banho de rio com muito sexo | Orgias | Acervo de Contos

Banho de rio com muito sexo

Ola meu nome é j, 1,80 de altura, 79 kg, moreno, a história que eu vou contar aconteceu a + ou- 2 anos, sou funcionário publico municipal de uma pequena cidade do interior de minas gerais cerca de natureza por todas as partes.

Era terça feira, sai do trabalho cinco da tarde e como era horário de verão resolvi tomar um banho em um rio que tem aqui perto, troquei de roupa e fui, quando cheguei lá ñ havia ninguém, então acendi uma fogueira pra espantar os mosquitos e fui nadar, depois de maia hora que eu estava lá chegou Ana Paula e Alice, de 17 e 18 anos respectivamente, (Ana Paula tinha os cabelos negros, 1,60 de altura, a pele branquinha, uma bundinha redondinha proporcional ao seu tamanho, seios pequenos de bicos rosados e durinhos, Alice já tinha 1,70 de altura com o corpo bem definido, bronzeado uma delicia), quando elas viram que estava-mos sozinhos lá, elas vieram e ficaram perto de mim, e conversa vai conversa vem, nós três dentro D?agua, começou as brincadeiras, e pega daqui pega dali, e levanta e pula até que roubei um beijo da Ana Paula, nisso a outra começou a encher o saco falando que iria embora pois não queria segurar ?vela?, como eu já sabia que as duas tinham tendências a ser ?total flex?, não me fiz de rogado e a convidei pra brincadeira, já que estava-mos a sós mesmo.

Ai a história ficou boa, Aline pensou por um tempo, até que resolveu participar, ai a brincadeira ficou ótima, ficamos dentro da agua nós três beija daqui beija dali mão pra um lado mão pra outro, até que peguei a Ana Paula que era mais baixa e coloquei entre eu e Alice, e fizemos um sanduíche gostoso, meu pau já tava até doído pra penetrar aquelas duas chaninhas meladas, tirei ele pra fora e levantei a Ana e coloquei meu pau na sua bundinha macia e ela ficou de frente pra outra daí começaram a se beijar, peguei a Ana afastei seu biquíni e fui colocando meu pau devagar na sua bucetinha, quando meu pau foi até a metade ela começou a rebolar e esfregar até ele entrar todo, Alice por sua vez começou a masturbar Ana que não agüentou muito tempo pra gozar gostoso.

Saímos da agua e fomos pra margem do rio onde tinha uma grama e deitei de pinto duro a Ana que quase não gostava de um boquete deitou e começou a me chupar gostoso, devagar, subindo e descendo na minha pica, minhas bolas, já tava quase explodindo quando a Alice veio e começaram as duas a se beijar com meu pau no meio, aquilo tava muito bom, pedi pra duas virarem a bunda pra mim e comecei a masturbar elas enquanto elas me chupavam e se beijavam ao mesmo tempo, ficamos assim um tempo até que Ana se levantou e sentou gostoso na meu pau engolindo ele quase todo e começou a cavalgar devagar e com movimentos longos, nisso pedi pra Alice vim e sentar na minha cara, queria sentir o gosto da chaninha gostosa ela veio e chegou ela na minha cara e eu comecei chupa-lá gostoso, comecei na virilha dela, depois de mordiscar, lamber, chupar e beijar, passei para os grandes lábios, e fui repedindo o mesmo ritual até chegar no seu grelinho, que delicia! Alice esfregava minha cabeça na sua chaninha que tinha ora que dava a impressão que ela queria enfia - lá dentro dela, e eu sentindo a outra cavalgando cada vez mais rápido em cima de era muito bom, nisto Alice vem goza gostoso na minha boca, se levanta, e vai dar um mergulho, peguei a Ana, e deitei-a por cima de mim, e comecei a penetra - lá por baixo e chupar seus seios, e ela gemendo cada vez mais, ficamos assim um tempinho, até que levantei, coloquei ela de quatro e comecei comer sua bucetinha, Alice voltou ficou olhando aquela cena e deitou na frente da Ana e pediu pra chupar- lá, quando Ana começou a Alice rebolava cada vez mais e mais, aquela cena me deixou tão alucinado até que não agüentei, tirei meu pau pra fora e coloquei na portinha do anus da Ana e comecei a gozar sem parar e a cada jato que saia eu ia forçando a entrada até conseguir relaxar ele um pouco, minhas pernas tremiam, nisso sai pra dar um mergulho, e fiquei admirando de longe as duas transando gostoso, descansei um pouco assistindo as duas, até que resolvi voltar pra festa, mas desta vez eu queria comer a Alice quando eu voltei pra festa, as duas estavam num 69 com a Alice por cima então não perdi tempo fui por traz dela e comecei a enfiar meu pau naquela vagina apertadinha toda melada, meu pau foi sendo engolido devagar e a cada centímetro que ele entrava ela gemia mais até entrar todo então deixei ele um pouquinho enterrado antes de começar a bombar, depois peguei Alice pela cintura e comecei a comer aquela vagina deliciosa bem devagar sentindo cada centímetro dela, de vez enquanto eu tirava e dava ele pra outra chupar e depois enfiava de novo, ficamos assim até que tirei meu pau todo lambuzado de sua buceta e encostei no seu cuzinho, e comecei a esfregar e empurrar, como não percebi rejeição comecei a prepara-lo para a penetração, fui chupando e enfiando um dedo, depois enfie dois, sem pressa, fui tirando, colocando, lambendo, quando percebi que Alice estava quase gozando com tanta esfregação, coloquei meu pau na portinha e fui enfiando bem devagar, quando entrou ela deu um gritinho de dor, mas pediu pra continuar, então continuei comendo aquele cuzinho que parecia que ia esmagar meu pau de tão apertado, aumentava a velocidade, diminuía, tirava colocava, até que ela pediu pra mim enfiar tudo, pois queria gozar com seu cuzinho cheio, então enfiei tudo e comecei a bombar com força, Alice não sabia se chupava a Ana, se gemia, se rebolava com minha pica dentro dela e a outra chupando seu grelinho até que ela anunciou seu gozo, nisso ela foi lambuzando a cara da outra que começou a gozar também, e ela traçou seu cuzinho, que já estava apertado, com meu pau dentro que eu tinha que forçar cada vez mais para continuar bombando, a medida que ela foi gozando ela começou a relaxar e eu a bombar, queria gozar dentro de sua bundinha, afinal de contas não é todo dia que isto acontece, fui acelerando cada vez mais até que Ana percebeu que eu já estava quase gozando, e então pediu pra gozar na sua boquinha, pois já fazia tempo que ela não bebia um gozo gostoso, seu pedido pra mim foi uma ordem, quando já ia gozar Alice saiu e coloquei meu pau na boquinha Ana e despejei gostoso mas pedi pra ela guardar pois queria ver ela engolindo tudo, quando parei de gozar, ela estava de boca cheia, ai deixei ela engolir, quando ela já estava quase acabando, ela e Alice começou a se beijar e trocar o resto de porra no beijo, nisto voltei a colocar meu pinto outra vez no meio do beijo delas, até que elas limparam ele inteirinho.

A tarde passou e já estava escuro, então fomos embora pensando que desculpas elas iriam dar pro seus pais por tarem chegando essa hora do rio, quando cheguei em casa, tomei um banho, comi alguma coisa e fui dormir, estava cansado as duas tinham acabado comigo, a cabeça do meu pau tava toda ardida não podia nem encostar, no outro dia Ana me liga me perguntando o que eu iria fazer depois do trabalho, falei que iria lavar algumas roupas, e dar uma ajeitada em casa, pois moro sozinho, quando perguntei porque ela simplesmente falou que era por nada, me despedi dela e desliguei o celular acabou o expediente e eu fui pra casa, estava lá arrumando minhas coisas até que a interfone tocou quando fui abrir o portão era a Ana, perguntou se eu estava acompanhado respondi que estava sozinho e falei pra ela entrar.

O que aconteceu? Fica pra próxima oportunidade.

 

Gostou? Vote no Conto:

37763 visitas