Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Um achado interessante | No Emprego | Acervo de Contos

Um achado interessante

Meu nome é Caio, trabalho na PM do Pará, tenho 39 anos, sou moreno, tenho 1,73 e 82 kg, moro no Sudeste do Estado. Essa estória aconteceu durante as eleições estaduais em 2010...Havia chegado em Rondon do Pará, uma cidade localizada a 500 Km da capital do Estado e logo de cara aconteceu um comício com a Governadora ! na época concorrendo a releição e que logo depois foi derrotada nas eleições pelo atual governador do Pará. Bom, tudo ocorreu tranquilamente, mas dentre os policiais que estavam fazendo a segurança da governadora, percebi uma loirinha, muito agitada e que estava sempre próxima da governadora. Fiquei imaginado quem seria, pois várias instituições cedem agentes para trabalhar na segurança e no cerimonial do governo. Então como estava de serviço também, acabei não tendo oportunidade de falar com ela. Depois do evento fui até o posto de gasolina da cidade para abastecer as viaturas policiais e fui chamado por uma funcionária do posto que me relatou que uma das pessoas que estavam na comitiva da governadora havia esquecido a sua carteira porta cédula no banheiro, então pedi que me entregasse. Quando recebi a carteira verifiquei no seu interior certa quantia em dinheiro e uma identidade militar, justamente da loirinha que já havia chamado minha atenção... Tratei de ligar para o chefe da segurança que estava de serviço naquele dia e descobri que a proprietária da carteira já estava preocupada, pois não sabia onde havia deixado e já dava como perdida. Após contato com a Adriana (nome fictício) relatei que seu dinheiro e documento estavam comigo e que passaria os valores na sua conta e os documento iria entregar pessoalmente, pois estaria viajando para a capital na outra semana.Depois disso fiquei entrando em contato com Adriana e começamos a ter mais intimidade...Fiquei sabendo que ela era casada e morava em um município da região metropolitana de Belém e como isso acabamos marcando o local e a data para nosso encontro. no dia marcado, Adriana trocou de serviço com uma amiga e me esperou próximo a residencia do governo, pois ela trabalhava diretamente com uma das filhas da governadora. Cheguei por volta das 22h00 e a peguei, levando-a direto para um motel as proximidades...Lá pude observar-la melhor...Era branquinha, loirinha, com 1, 68 m, com seus 26 anos e bem gostosinha, como eu já tinha observado... Conversamos um pouco e tomamos uma cerveja, sendo que entre um papo e outro roubei-lhe um beijo... Adriana parecia que estava com fome de beijos, pois nossas línguas se entrelaçavam loucamente e então comecei a tirar a sua roupa, fazendo surgir um par de seios bem bonitinho e gostosos, cabia direitinho na minha boca. Suguei aqueles seios como um bebê e continuei tirando a sua roupa, até descobri uma bocetinha lindinha, cheirosinha e toda raspada, do jeito que gosto... Não resistir e passei levemente minha língua naquela fenda quente e molhada. Percebi que Adriana se contorcia cada vez que eu passava a língua na sua bocetinha e resolvi chupar com vontade aquele grelinho maravilhoso....Como não tenho pressa nessas horas, resolvi chupar com calma e cada vez mais forte, não teve jeito logo a Adriana estava gemendo, se contorcendo e dizendo que estava gozando...Chupei com mais força e prendi seu grelinho entre o lábios, fazendo ela se contorcer mais e começar a dar gritinho de tesão...Depois pedi para que fosse retribuido, e Adriana começou a lamber meu pau como se fosse um sorvete e depois começou um boquete engolindo todo meu pau, ficou nessa maravilha por mais de dez minutos e eu aguentando para não gozar, afinal tinhamos a noite toda, pois seu marido achava que ela estava de serviço.Depois de ser maravilhosamente chupado, resolvi colocar naquela buceta gostosa, ela já estava super lubrificada...Coloquei uma camisinha e empurrei com ela de quatro, primeiro lentamente e depois comecei a acelerar, nem bem comecei e ela começou a gemer e a dizer que estava gozando.. Trocamos de posição e ela veio por cima, colocando meu pau na entrada da sua buceta e deixando seu corpo cair...Começou a rebolar de forma frenética e depois de alguns minutos disse que iria gozar, deixei que gozasse e depois mudamos de posição ficando no papai-mamãe, onde gozei muito...Fomos então tomar um banho, louco que estava para começar tudo de novo...Após o banho comecei tudo novamente, beijos e chupadas...Mas dessa vez eu queria provar aquele cuzinho gostoso, pedir, mas ela disse que não gostava...Depois de muito chupar sua buceta e introduzir os dedos com calma no seu rabinho, ela acabou cedendo...Coloquei outra camisinha, peguei o KY que eu havia levado (sem nenhuma intenção, rss), lubrifiquei bem o seu cuzinho e a coloquei deitada de ladinho, pedi para que encolhesse as pernas, o que deixou o seu cuzinho totalmente desprotegido para minhas investidas...Coloquei a cabeça bem na entradinha e pedi que relaxasse, comecei a beija-la e ao mesmo tempo forçar a entrada, não deu outra ela começou a gemer e em um movimento rápido meu pau entrou todo...Ela tentou fugi , mas eu já estava dentro, pedi que relaxasse e fui acariciando sua buceta e colocando o dedo lá dentro...Ela foi acostumando com meu pau no cuzinho e começou a mexer devagarinho e depois cada vez mais rápido até que começou a dar uns gritinhos e a dizer que iria gozar, senti seu cuzinho pressionar meu pau e não resistir acabei gozando junto com ela...Depois fomos novamente tomar uma cerveja e conversar...Aquela noite foi ótima, mas logo em seguida, o governo mudou e ela ficou fazendo a segurança pessoal da ex-governadora, um privilégio dos ocupantes do cargo executivo estadual. Porém, não consegui mais ter contato e até hoje ficamos sem nos falarmos... caiosulpara@hotmail.com

 

Gostou? Vote no Conto:

26405 visitas