Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Contos eróticos de No Emprego grátis: No banheiro da empresa | A punição de Jennifer

Contos eróticos de No Emprego:

Se trata de um relato verídico. Estava no final do expediente do escritório na empresa onde trabalho, quase 17:00 h da tarde e como sempre faço, vou ao banheiro dar uma mijada e ver o que está rolando no whatsapp. E (...)

Olá, meu nome é Karla, tenho 35 anos, sou lésbica, e o que vou contar é real e aconteceu há algum tempo, e não consigo tirá-lo da cabeça. Foi tudo muito inesperado pra mim, pra Jennifer e pras outras mulheres que participa (...)

Trabalho no prédio como vigia. A mulher do porteiro e muito gostosinha e eu sempre converso com ela e de vez em quando, ela sempre fala mal do marido. Uma vez ela ficou procurando uns papeis na gaveta, eu est (...)

 Meu nome é João Carlos e trabalho como vendedor, basicamente a minha tarefa é ficar abordando na porta da loja cordialmente todos os clientes na tentativa de lhes oferecer uma possível venda. Com o tempo, só de olhar (...)

Só precisei de um ano para namorar, noivar e casar, religiosa, ela se casou virgem e eu era movido pelo desejo de a possuir como minha mulher, mas após um ano todo aquele desejo se tornou em uma (...)

A bola saiu pela linha de fundo, o escanteio foi batido, pulei para defender mas a bola passou sobre mim e rapidamente me reposicionei a tempo de ver o adversário matando a bola no peito, enchendo o pé e de pr (...)

Como nos contos passados (Resistência tem limite, Sem medo e sem juízo, Uma noite pra não esquecer, Brincadeira de Gente Grande e Um elogio bem colocado surte efeito), o que passo agora a relatar é verídico, sem fan (...)

Eu estava, como sempre, no metrô de volta pra casa. O dia tinha sido intenso. Tudo por causa da calcinha da Ilmara, a secretária do chefe. Vagabunda. Magrinha, quase sem paeito, mas tem um rabo delicioso e sabe (...)

Meu nome fictício é Thomas,(tenho 1,79, sou magro, sou um cara comum, nada fora do normal, e meu pênis tem 19cm)  tenho uma empregada que vai quatro tardes por semana para fazer faxina na minha casa, moro e (...)

Meu nome é Caio, trabalho na PM do Pará, tenho 39 anos, sou moreno, tenho 1,73 e 82 kg, moro no Sudeste do Estado. Essa estória aconteceu durante as eleições estaduais em 2010...Havia chegado em Rondon do Pará, uma c (...)