Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Muito obrigada por você me visitar | Lésbicas | Acervo de Contos

Muito obrigada por você me visitar

Estou deitada em minha cama, mas não consigo dormir. Sinto meu corpo agitado e quente. Excitada! Preciso acordar cedo para trabalhar. Passam da meia noite e o tesão não me deixa fechar os olhos e relaxar. Viro para um lado e para o outro. Tudo em vão! Basta eu fechar meus olhos que sinto a respiração de uma mulher que não sei quem é. No escuro de meu quarto, sinto a presença dela querendo me possuir, mas eu resisto! Estou de pijama rosa e envolvida por um belo edredom de algodão. Chego a sentir seus seios cutucando-me as costas, como se me chamassem para ela! Não tenho medo! Sinto-a respirar em meu pescoço e me excitar ainda mais! Ela está me abraçando! Eu sei. Eu sinto como se fosse real.

Estou deitada para o lado esquerdo e sua mão entra sob meu corpo, pela minha cintura. A sua outra mão repousa sobre minha cintura. Ela me aperta contra seu corpo e me envolve na sua energia. Estou dominada pelos seus encantos. Ela mordisca minha orelha direita e enfia sua língua dentro! Eu amoleço deitada na cama. Ela lambe meu pescoço e me aperta ainda mais contra ela. Eu não quero saber quem é ela e nem como ela é. Apenas quero viajar em seus braços.

Ela toca em meus seios, sob o pijama. Passa suas mãos e aperta carinhosamente meus bicos. Faz carinhos sobre minha pele macia. Massagens. Como está gostoso sentir suas mãos deslizando sobre meus seios, barriga e virilha. Hum! Sinto um calor tomar conta de meu corpo. Meus seios parecem dobrar de tamanho! Minha vagina é inundada de prazer quando ela começa lentamente a descer minha calça do pijama e depois tirar a minha blusinha. Estou só de calcinha! Ela está nua, pois sinto sua pele agora em contato com a minha! Nossa, é deliciosa a sensação provocada pelo corpo dela roçando o meu. Sua vagina encaixa-se na fenda de minha bunda! Seus grandes seios fazem pressão sobre minhas costas. Suas mãos percorrem minhas pernas. Estou molhada!

Ela puxa meu corpo e deita-me de costas para a cama, tirando minha calcinha de algodão. Ela beija-me a boca, o pescoço, os seios e faz carinhos com sua língua saborosa. O gosto de sua saliva em minha boca é tudo de bom! Seu perfume é cheiroso, cítrico e marcante! Ela suga minha língua e sinto escorrer meu líquido quente da vagina. Seus dedos brincam em meu gozo. Sinto-me aconchegante em seus braços. Ela não diz nada, nem eu. Apenas nos acarinhamos sobre minha cama de casal.

Tenho a sensação que ela sabe muito sobre mim. Que ela sabe explorar cada detalhe de meu corpo. Ela sempre me procura, desejando-me para saciar suas taras. As contrações não cessam dentro de minha vagina. Ela beija-me novamente e desce lambendo minha pele até a vagina. Ela passa sua língua em minha vagina. Sinto toda a superfície de sua língua em contato com meu sexo. Maravilhosa! Ela segura os grandes lábios de minha vagina com a ponta de seus dedos. Lambe! Puxa-os com seus lábios da boca. Dedilha meu clitóris e o abocanha. Estou gozando. Aaai. Sinto minhas pernas se fecharem e prenderem sua cabeça entre elas. As contrações são inúmeras e intensas. Ela não para de chupar-me. Ela enfia suas mãos por baixo de meu quadril e ergue na altura de sua boca. Ela continua a lamber minha vagina. Eu deliro de prazer.

Meu corpo está suado, fervendo prazer e meu pescoço inclinado, sentindo cada lambida que recebo desta mulher que tanto prazer me proporciona. Meu quadril treme e dou gemidos cada vez que tenho uma contração. Espasmos em meu sexo! Sinto ondas de líquidos saindo de minha vagina e indo direto para a boca dela. A sua língua invade-me e parece chegar bem funda dentro de mim. No útero! Estou gozando de novo! Minha vagina pulsa. Meu corpo flutua. Ela enfia dedos em minha vagina e abre minhas pernas. Lambe meu ânus e também o dedilha! Seu dedo indicador entra gostoso em meu ânus e seu dedo polegar escorrega para dentro de minha vagina. Eu quase faço xixi gozando! Ela mexe com seus dedos dentro de meus orifícios e sinto-me revirada. Mas a sensação é deliciosa. Meu clitóris é balançado, sugado e lambido por sua boca molhada. Estou gozando de novo. Estou em êxtase profundo. Estou delirando. Quem é esta mulher? Como ela é? De onde ela vem? Para onde ela vai? Qual seu nome?

Estou no escuro de meu quarto e nada vejo. Apenas sinto! Ela deita-se a meu lado, beija-me e aperta seu corpo contra o meu. Eu chupo sua língua, os seios e depois a vagina. Saborosa. Cheirosa. Lisinha. Enfio minha língua e sinto um sabor alucinante! Fico embriagada com o mel que escorre de sua fenda. Eu o engulo! Enfio minha língua e sinto suas contrações. Ela geme bem gostoso. Dedilho seu grelinho com meu polegar enquanto dou beijos de língua na sua boceta! Sua bunda é tão macia, carnuda e gostosa. Sua pele cheira a leite! Passo minha língua nas pregas de seu ânus. Ela se contorce frente às contrações dentro de sua vagina, gozando bem gostoso! Saboreio seu mel em minha língua. Estou maravilhada! Estou com o aroma de seu sexo em minha boca.

Deito-me novamente a seu lado e me aconchego em seus braços femininos. Ela me acolhe e me faz repousar feliz e encantada por mais um encontro carnal sobre minha cama. Infinitas noites de prazer! Eu amo a noite! Sei que sempre ela me procurará, pois não tenho como encontrá-la. Vivemos em dimensões diferentes. Pelo menos, é assim que minha cabeça interpreta nossa relação. Onde quer que você esteja, foi pensando em ti que escrevi. Ti amo, menina! Beijos de sua amada... (você sabe quem é)

Pessoal, por hoje é só! Fique em paz e obrigado pela leitura. Beijos.

 

Gostou? Vote no Conto:

17650 visitas