Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto
filmes porno bundas filmes porno filmes porno ninfetas ninfetas

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Transei com minha irmã gêmea | Acervo de Contos

Transei com minha irmã gêmea

Olá, como não vou divulgar meu nome verdadeiro,pode me chamar de Ayala. Sou independente, moro sozinha em um apartamento bem pequeno, mas que é meu. Possuo atributos físicos que, acredite ou não, me excitam muito; tenho 1.65 de altura, seios fartos e durinhos, bubum grande e corpo escultural; faço academia 3 vezes na semana e sou maníaca pelo meu corpo. Quero estar cada vez mais gostosa. heheheBom, meu trabalho é muito estressaste e por isso, sempre que chego em casa vou para o banheiro e tomo um bom banho, depois vou direto para a internet e entro neste site, adoro os contos, todos...principalmente os de incestos. Um dia, tive uma experiência do tipo e por isso escolhi compartilhá-la.Tenho uma irmã gêmea idêntica á mim, em tudo mesmo, até no corpinho. Seu nome fictício é Laura. A Laura nunca escondeu sua opção sexual, desde nova já deixava bem claro que não era heterossexual.Eu lembro que, as vezes, quando saíamos juntas eu ia com um namoradinho e ela com alguma ficante, mas eu nunca tive vergonha da minha irmã, nunca. Sempre incentivei e apoiei,a final de contas é a opção dela. Sempre dormimos no mesmo quarto e nunca houve nada de errado entre nós,muito pelo contrário sempre houve respeito. Quando fomos para a faculdade eu me mudei para o campus e ela decidiu permanecer em casa mesmo.Na universidade fiz novas experiências, várias... certa vez em uma festa, eu fiquei tão bêbada que deixei uma garota me beijar de língua e demos uns amassos, dia seguinte não conseguia acreditar no que havia acontecido e fiquei com muita vergonha. Mas, foi aí que comecei a reparar nas mulheres e entender o porque minha irmã gostava delas. Comecei a ter sonhos eróticos com mulheres e ficava muito excitada quando assistia um filme pornô lésbico. Mas nunca tive coragem de cometer o ato.Até que um dia, eu conheci o site acervo e me deliciava com os contos contados aqui e me masturbava muito, com meu travesseiro, com urso de pelúcia...com minha coxa...eu gozava sozinha, hehehe, sempre preciso acariciar meus seios e chupá-los...isso me deixa mais excitada ainda, heheheFoi quando comecei a ler os contos de incestos lésbicos...achei um horror no começo e ficava com nojo...afinal de contas, irmã com irmã, mãe com filha...não dá né? Pelo menos era o que eu pensava no começo... mas aos poucos fui me excitando com todos os que eu lia... mas principalmente quando o conto era sexo entre irmãs...não sei por que mas, se tornaram meus contos favoritos. Quando fui passar as férias na casa da  minha mãe, eu encontrei minha irmã...eram meses sem nos ver... estava com tanta saudade,a abracei e dei um celinho, por que foi assim que aprendemos: damos celinho em vez de beijo no rosto e isso é normal; Até ai tudo bem, era tudo sem maldade nenhuma. Eu fui para nosso quarto, tomei um banho e me troquei, fui ficar com minha família, colocamos a fofoca em dia, rsrsr, depois jantamos e meus pais foram dormir...eu fiquei na sala com a Laura, estávamos assistindo á um filme...era comédia romantica e eu adoro comédias romanticas...Depois disso fui para o quarto, estava cansada e queria dormir. Minutos depois a minha irmã entrou no quarto, tirou a roupa e deitou; ela sempre dormiu sem roupa, mas eu nunca vi nada demais nisso...é normal para algumas pessoas. Só que eu não consegui deixar de reparar no corpo dela...lindo; seios fartos e bubum grande... barriguinha lisa e durinha... na mesma hora um tesão descontrolável tomou conta do meu corpo e eu não conseguia mais dormir, só pensava no corpo da Laura... quando percebi que ela estava dormindo, não aguentei e coloquei as mãos dentro da minha camiseta apertando meus seios, acariciando meu corpo e me masturbei... só que ela se mexeu na cama e eu fiquei assustada, não queria que minha irmã me visse masturbando.Levantei da cama e fui até a sala que estava vazia, naquela hora da noite estavam todos dormindo, aaahhh...aquela sala era só minha... tirei minha roupa, acariciei meus seios e chupei os bicos, lambia eles e me deixava com mais tesão... peguei a almofada do sofá e montei em cima como se fosse uma pessoa, hehehe... me masturbei com ela...depois me masturbei com minha mão e tive prazeres intensos até gozar. Quando terminei me vesti e fui para o quarto, dormi.Dia seguinte nós saímos em família, fomos ao cinema. A semana passou e todos os dias eu desejava cada vez mais transar com minha irmã.Até que no sábado, nossos pais saíram juntos, foram ao mercado, e só ficou eu e a Laura, ela ficou deitada em sua cama lendo um livro e eu estava quase pedindo para ela fazer sexo comigo. Fui ao nosso quarto e para a minha surpresa quando entrei... ela estava sem o shorts e se tocava... quando me viu ficou assustada e sem graça, eu disse que tudo bem...não tinha nada demais se masturbar e revelei que também fazia isso. Sentei perto dela e contei minhas experiências sexuais, percebi que ela estava ficando tesuda e apertei a coxa dela... Laura também queria, ela não tirava os olhos dos meus seios e enquanto nós trocávamos as nossas experiências sexuais, ela me deu beijo de língua e eu deixei...finalmente ia acontecer o que á dias eu queria...beijei aqueles lábios carnudos e suculentos, ela chupou meu pescoço e tiramos nossas roupas, a Laura tomou atitude em tudo, começou chupando meus seios e fez sexo oral e mim, eu fui ao céu...gemi tanto... depois ela me virou de costas e chupou meu ânus, eu enpinava a bundinha e ela apertava com as mãos e enfiava a língua... eu delirei de tanto tesão... depois foi a minha vez, eu chupei os seios dela e fiz sexo oral, mas não chupei o ânus dela... a virei de costas e montei nela como se montasse em um  homem, deitei em seu corpo que estava de bruço e pressionava a genitália no bumbum dela, como se estivesse transando com um homem, me deliciava de tanto prazer.Depois ela fez o mesmo e brincamos por duas horas, foi o sexo mais gostoso e tesudo da  minha vida, enquanto durava eu não queria parar... quanto mais nós esfregávamos nossas genitálias uma na outra mais o tesão aumentava e mais intenso o prazer ficava...Até que gozamos juntas...Nesse mesmo dia transamos de novo, á noite. Quando eu fui de volta para a faculdade fiquei triste, sabia que só ia vê-la novamente nas próximas férias... e em todas as vezes qeu nos vimos o sexo era cada vez melhor... hoje não transamos mais, a namorada dela descobriu o que fazíamos e pediu para ela parar e blábláblá... ela me odeia, rsrsrs Mas sempre que eu transo com uma mulher, pode ter certeza: Estou pensando na minha irmã gêmea.

 

Gostou? Vote no Conto:

27/03/2011 | 138812 visitas

 
 
 
sexo anal gostosas filmes porno