Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Prima dos sonhos | Incesto | Acervo de Contos

Prima dos sonhos

Meu nome  é Johnny(fictício),sou de Três Rios, RJ, se eu fosse contar todas as minhas transas acredito que faltaria papel e não seria nada educado revelar as minhas relações com aquelas meninas.Mas enfim, vamos ao que vocês estão aqui para ler.Isso aconteceu comigo num inverno de 2007, a minha prima morava com os meus avós, e nessa época meus pais trabalhavam a noite e eu ficava muito só em casa, então como meus avós moravam perto da minha casa eu ia para lar.apenas pela dinâmica social.Um dia pela manha sem muito o que fazer fui até a casa dos meus avos, quando cheguei ,na sala ela estava lá, a minha prima a bela e jovem Daniele(ficticio),com o seu pijama ainda no corpo um pequeno shortinho que ficava  muito apertado deixando um formato claro da sua xaninha . Me sentei ao lado no outro sofá e não tirava os olhos daquele corpo ,meu corpo foi tomado por um calor em plena manha, e meu pau ficou duro parecia uma tora eu mal podia disfarça o volume, ela aparentemente percebeu que eu estava excitado e com uma voz de safada ela me disse que algumas amigas dela que eu já tinha transado tinha contado para ela.E  uma das garotas tinha falado que se fosse minha prima me daria a bucetinha todos os dias.Ai  ouvimos um barulho na varanda da casa e ela se foi para o quarto  e eu embora.Já a noite quando voltei lá a encontrei ela sozinha perguntei  sobre os meus avos e ela disse que  já tinham ido para escola(aula de alfabetização),então sentei no mesmo sofá com ela. Ela se deitou e colocou os pés sobre as minhas coxas... Comecei a fazer um carinho no joelho delas e subia até a coxa lisa e branca. Uma hora um dos pés dela tocou o meu pau que já estava muito duro, imaginei que ela fosse tira o pé, mas não ela deixou. Senti isso como um aviso e comecei a subir cada vez mais a minha mão até chegar na xaninha dela quando toquei ela deu um pulinho fiquei olhando para ela, podia ver nos olhos dela um pedido para ser  chupada, mas ainda não era hora fiquei acariciando a buceta dela as coxa, e ela morrendo de desejo só gemia não dizia nada. Então fui para cima dela e comecei a beijar o pescoço dela e descia até os seios depois voltava até o pescoço e descia novamente até os seios que eram pequeninos e rosados pelo desejo de ser possuída. isso enquanto acariciava a sua buceta.fui chupando os seios, barriguinha até a chegar lá naquilo que tanto gosto a perseguida no começo só fiquei chupando,mordendo. Com ela ainda de shortinho. Ai pela primeira vez ela disse algo ?Eu vou gozar, não para?. Comecei a tira o shortinho dela devagar, enquanto beijava  as coxas dela.  A sua calcinha estava ensopada e exalava um cheiro maravilhoso, cai de boca lá sem pensar apenas querendo fazer ela gozar. Eu chupava o clitóris dela enquanto com o dedo esfregava no cuzinho dela,  as vezes enfiava só a pontinha do dedo e tirava,?eu te amo primo? ela dizia.depois de um tempo ela gozou.depois de jogar um jato de gozo feminino na minha cara ela ficou me olhando e disse ?goza na minha cara também meu gostoso?. Botei o pau para fora e ela chupava, quando senti que ia gozar segurei a cabeça dela e enchi a boca dela de porra, ela se levantou para ir cuspir em outro lugar eu disse ?engoli tudo minha puta.? Ela fez com a cabeça que não.?Se quiser fazer isso de novo comigo vai ter que engolir?.A bela Danieli fez  uma cara feia e engolui. ?não pedi isso mais é nojento?.Ela veio para cima de mim dizendo ?primo eu te amo sou sua puta,mas quero dar a minha buceta para meu marido quando casar, se quiser pode comer meu cuzinho?.Enquanto falava ela foi ficando de quatro ?vem amor eu sou sua?. Então esfreguei o pau na buceta dela e coloquei na portinha do cu dela, quando comecei a enfiar ela mandou para ?para esta doendo muito, é melhor você comer o buceta mesmo?.Eu senti no sofá ela veio encaixando a buceta no meu pau. ?é melhor não prima, deixa o seu selinho para o seu marido, vamos transar sem penetração?.Transamos varias vezes depois dessa até ela arruma um cara e começar a namora ai paramos e nunca fizemos penetração, apenas caricias e beijos e muita chupada.Ela tinha 15 e eu 16 anos desde aquele dia tive poucas relações que me deram tanto prazer.Hoje sei por que aquele sexo foi tão bom ela estava aprendendo eu ensinando alem de ser um sexo proibido.Se tiver alguma menina lendo isso adoraria compartilhar nossas historias o que acha? e podermos falar sobre elas. Estou sempre querendo aprender como deixa as mulheres  mais satisfeitas no sexo.SE ESTIVER AFIM DEIXE O SEU E-MAIL NO COMENTARIO.

UM GRANDE ABRAÇO.

 

Gostou? Vote no Conto:

43107 visitas