Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto
flagras bundas gostosas filmes porno safadas videos de sexo

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Padrinho de Pica grande e dura | Acervo de Contos

Padrinho de Pica grande e dura

Olha , vou relatar aqui o que aconteceu mais ou menos a 2 meses . Meu nome é Clara , mas usarei Clarinha, seios grandes , bunda durinha e bem farta , e uma bucetinha raspadinha . Bem sempre fui muito desejada pelos garotos da minha idade , até perceber o desejo do meu padrinho por mim .
Quando eu era mais nova , durmia na casa de meus padrinhos , pois é coisa de moça querer durmi fora , rsrs .
Meu padrinho por não ter nenhuma filha menina , só um rapaz , sempre me tratou com muito mimo .
Me pegava no colo , dava tudo o que eu queria , e fazia minhas vontades . Quando eu ia pra casa dele , durmia na cama dele no meio de minha madrinha e ele .
Sempre foi assim , até que cresci e me tornei essa mulher .
Teve um churras em familia na casa do meu padrinho e é logico que eu apareci por lá . O churras era na piscina e por isso coloquei meu biquini tomara que caia azul e fui .
Chegando lá todos bebados já , menos o meu padrinho , pois ele não bebe , eu entrei na piscina .. nesse dia o filho dele sairia com a namorada e minha madrinha não durmiria em casa devido ao trabalho .
Ele me chamou pra durmi lá , eu sem maldade aceitei .
Depois que todos foram embora , fui em casa tomei um banho, peguei minhas coisas e voltei para durmir na casa do meu padrinho . Meu padrinho era um moreno alto , sem barriga , muito sarado e gostoso . Eu já havia desejado ele e reparado na enorme pica dele , mas nunca me atrevi .
Chegando lá , ele estava no banho , ele chamou :
- Clarinha , vem cá ..
Eu fui , até porque na minha familia é normal , ficar no banheiro conversando enquanto se toma banho ..
Meu padrinho começou a me perguntar sobre os namoros , e se eu era virgem ..
eu respondi que era virgem ainda ..
ai ele saiu do banho e fomos jantar ..
ele perguntou se eu queria entrar na piscina denovo , eu disse que seria uma boa ideia . e fomos pra piscina .
lá ele ficou me olhando , foi ai que percebi maldade e entrei no jogo dele .
eu o chamei falando :
- vem padrinho , brincar comigo ?
ele me respondeu :
- brincar de que , ein Clarinha ?
eu respondi :
- vem , você vai gostar ..
ele entrou , e começamos a brincar de tubarão .
eu fui , e propositalmente encostei na pica dele ..que no mesmo instante deu sinal de vida !
Percebi e disfarçando pedi desculpa e entrei ..
lá dentro ele me chamou pra ver filme , eu estiquei um lençou no chao e deitei ..
ele deitou do meu lado , e durmiu .. logo em seguida ele me abraçou , eu me aproveitei da situação e me encaixei na sua grande rola . ele acordou , mais não se mecheu .. parecia que tinha gostado , em seguida ele levantou e sentou no sofá .. e ficou me olhando deitada , só de biquini . então ele me chamou pra sentar em seu colo , eu de proposito sentei exatamente no meio de suas pernas em cima de sua pica , e finjia que estava escorregando , só pra ficar subindo e descendo .. com isso o pau dele ficou duro .
eu perguntei rindo :
- que isso padrinho ?
ele ficou sem graça e pediu pra mim levandar .
eu disse :
- é pela sua afilhada padrinho , percebeu que eu cresci né ? e continue rindo
ele pegou e falou :
- pois é filha , você já ta uma mulher .
eu respondi :
- calma padrinho , isso é normal , deixa eu te fazer um carinho hj ?
ele perguntou :
- que carinho ?
eu me atrevi e tirei a rola dele de dentro da sunga..
e comecei a fazer movimentos pra cima e pra baixo , não sabia muito bem como era , afinal eu era inexperiente , mais parecia que ele tava gostando .
ele me deu um longo beijo , e tirou a parte de cima de meu biquini , e começou a chupar meus seios com força .. eu estava adorando , nunca tinha sentindo nada tão maravilhoso , ele entao me pediu para ' tirar leitinho ' dele com a boca , e eu começei a mamar aquele cacete grande e grosso . até ele gozar na minha boca e fazer eu beber tudinho , eu eu amei .. ele então começou a beijar minha barriguinha e descendo começou a chupar minha bucetinha , ele chupava e falava nos intervalos:
- nossa Clarinha , sua bucetinha é bem melhor que a da sua madrinha , é apertadinha
eu gritando de tesão :
- mete padrinho , mete logo , vaai ..
ele continuou me chupando , me colocou de quatro e começou a chupar meu cusinho .
enfiou um dedo , dois e eu delirando de tesão . até ele enfiar a rola dele , quando ele enfiou dueu um pouco , mais logo comecei a galopar e ele me melou todinha por tras .
ficamos assim nos chupando a noite toda , e de manhã ele me acordou com um longo beijo na boca dizendo :
- minha flor , dessa vez não pude comer sua linda bucetinha também não , porque não posso tirar sua virgindade , mais a gente vai continuar nessa brincadeira sempre agora viu minha gatinha .
eu falei :
- tudo bem padrinho , eu adorei a noite e quero mais viu , e ri .
ele me respondeu confirmando :
- você terá minha linda .

depois desse dia , transamos várias vezes , até ele não aguentar e tirar meu cabacinho , mais isso é outra historia .
espero que tenham gostado .
beeijos , :

 

Gostou? Vote no Conto:

14/07/2010 | 230629 visitas

 
 
 
sexo anal sexo ninfetas