Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

O dia em que minha noiva fez incesto lesb | Incesto | Acervo de Contos

O dia em que minha noiva fez incesto lesb

Ola me chamo Alexandre e vou contar aqui uma historia que aconteceu comigo e minha noiva no fim do ano de 2009. Ela se chama Patrícia, mora em João pessoa capital da Paraíba, tem 1:78 de altura mais ou menos 68 kg, e uns peitos e bunda de da inveja a qualquer garotinha por ai. Mais ou menos na 5º ou 6º vez que fomos pro motel eu comecei a desconfiar que ela alem de gostar de homem também sentia tesao por mulheres, todas as vezes que nos estávamos trepando ela cheirava e lambia muito a sua própria calcinha e chegava a enlouquecer quando passava os filmes de sexo que tem nos motéis mulheres batendo ciririca, as vezes ela parava de trepar comigo pra ficar olhando as mulheres bater ciririca na TV e ficava batendo também ate gosar, então comecei a presta atenção e resolvi precionala pra que ela me falasse se gostava ou sentia tesao por mulheres, então depois de uma bela trepada acendi um cigarro e comecei a perguntar ela ficou meio que sem jeito mais aos poucos ela começou a soltar devagar o que eu perguntava, então ela confessou que nos tempos de faculdade ela já tinha um ano La e chagou uma menina de mais ou menos uns 28 pra 30 anos loira, de olhos azuis, um bundao de parar o transito e o melhor, tinha uma buceta enorme, ela falou que era impossível alguém olhar pra ela e não desejá-la, ela falava que essa mulher era tão linda que ate as mulheres queriam ir com ela pra cama só pra ter o prazer de vela nua, então elas fizeram amizade e em pouco tempo se tornaram melhores amigas, saiam nas noites de fim de semana pra beber, essas coisas e foi em uma dessas noites delas que aconteceu o que eu já desconfiava, essa menina que se chama Paula mais todos só há chamam de paulinha foi passar o fim de semana na casa de minha noiva porque tinha um show de capital inicial e elas tinham marcado de ir pra esse show, foram pra o show e quando voltaram tomaram banho as duas juntas e minha noiva falou que nessa hora estava ardendo de tesao por essa menina, falou pra mim que não estava se reconhecendo porque nunca tinha sentindo nada parecido por mulher alguma na sua vida toda, então depois do banho foram pro quarto e começaram a conversar e por efeito da bebida ela falou que rolou um clima entre elas e que acabaram trepando das 2:00 da madrugada as 8:00 da manha, agora imaginem duas lindas mulheres trepando sem pudor todo esse tempo sem parar de gosar um só minuto, então ela me confessou que já tinha tido uma experiência com uma mulher mais que nunca mais queria fazer isso outra vez, que as vezes lembrar do acontecido e que sentia muito tesao mais na passava disso. Tudo bem passados uns 6 meses depois de ela ter me confessado tudo isso comecei a pedir que ela realizasse minha fantasia sexual que era de trepa com duas mulheres ao mesmo tempo e ela sempre me negava, mais ai com o passar do tempo nossas trepadas ficaram mais loucas porque sempre que estávamos trepando fantasiamos uma outra mulher em nossa cama.

Já havia mais ou menos um ano depois de eu ter ficado sabendo disso e finalmente chegou o dia, eu moro em campina grande interior da Paraíba e minha noiva mora em João pessoa capital por esse motivo é que agente só se via de 15 em 15 dias, então passados os quinze dias que eu a tinha visto fui pra casa dela na capital e chagando La mais ou menos as 18:00 de uma sexta feira, ela me recebe que um grande abraço e um sorriso de orelha a orelha por eu esta La, entramos e ela me falou que a mãe dela tinha viajado e que só voltaria na segunda dia em que eu iria embora mais que tinha um probleminha, uma tia dela tinha vindo passar a semana toda La porque estava participando de um congresso, uma linda mulher loira, de olhos claros, uma bunda não tão grande mais bem durinha e gostosinha, peitinhos médios e uma bucetinha bem discreta nas roupas que ela usava, então como na hora que eu cheguei a tia dela não estava resolvemos ficar conversando um pouco na cozinha enquanto tomávamos umas cervejas que ela sempre compra quando vou pra La e esperar a tia dela chegar pra que eu finalmente fosse a conhecer, já se passava das 20:00 da noite e nada da tia dela, nos já tínhamos tomado mais ou menos umas 10 latinhas de cerveja e minha noiva começou a ficar exitada, então ela me deu um beijo daqueles de endurecer o pau de qualquer um e falou, vamos trepar aqui mesmo enquanto minha tia não chega, daí eu falei e se ela chegar e nos pegar no flagra, então ela ficou um pouco receosa e falou ta bom, mais você fica em pé encostado na parede que eu vou chupar sua pica pra você gozar na minha boca que já estou com saudades de engolir essa sua porra, então fiquei em pé e ela abaixada chupando minha pica e quando eu falo que vou gozar ela fala goza tudo dentro da minha boca que quero engolir tudo, nesse momento em que eu estava gozando na boca dela a tia dela chega e ver a sobrinha com a boca cheia de porra, pedi desculpa e entra em seu quarto sem falar mais nada, minha noiva engoliu tudo e ficou calada sem saber o que falar, então nos beijamos tomamos mais umas 2 cervejas cada e fomos tomar banho pra sair um pouco, escuta umas musicas e beber mais um pouco, por volta das 22:30 estávamos quase prontos pra sair quando eu sugeri que ela chamasse a tia pra ir conosco então ela foi no quarto que a tia estava e folou com ela, pediu desculpa pelo acontecido mais cedo e a tia dela acabou topando ir beber um pouco com agente, fomos pra um barzinho chamado ABSOLUT só nos três, o barzinho estava lotado e resolvemos ficar por La mesmo já que era a melhor opção, começamos a beber e mais ou menos umas 1:00 da madrugada minha noiva já bem tonta por causa da cerveja falou em meu ouvido que no sábado iria realizar minha fantasia de ver ela trepando com outra mulher porque a paulinha amiga que ela tinha trepado a um tempo atrás antes de me conhecer tinha ligado pra ela e pedido que ela fosse passar o dia todo do sábado na casa dela e que me levasse junto, então falou que só de pensar já estava com a buceta pingando de tesao e estava louca pra gozar, então sugeri pra que ela fosse ao banheiro e batesse uma ciririca pensando na amiga e que ali seria ótimo porque estaria lotado de muher dentro da banheiro e ela iria sentir mais tesao do que nunca, então ela levantou e foi ate o banheiro, passou mais ou menos uns 10 minutos e ela retorna a nossa mesa onde estava eu e a tia dela conversando, a tia dela desconfiou da demora e perguntou porque você demorou tanto no banheiro patrícia, ela começou a rir e falou nada não tia só demorei porque estava fazendo uma coisa em um lugar que nunca imaginei em fazer então a tia dela perguntou mais uma vez e ela falou que depois contava o motivo da demora dela, então ela chegou ao meu ouvido e falou que tinha batido uma punheta tão gostosa que nunca tinha gosado tão gostoso daquele jeito e que a calcinha dela estava toda gosada, então ficamos nesse clima de tesao e a tia dela já estava mais do que desconfiada e minha noiva mais uma vez em meu ouvido falou, paga a conta e vamos pra casa que eu já estou tonta e louca pra trepar, então paguei a conta e fomos em direção ao carro onde a tia dela inssistia mais uma vez em saber o motivo da demora dela no banheiro e ela já um pouco bêbada só ria muito e a tia dela ria junto com ela por estar um pouco tonta também, então já dentro do carro a tia dela perguntou mais uma vez e eu já tinha perdido a paciência com a curiosidade da tia dela e falei pra minha noiva pra ela contar logo de uma vez, então minha noiva falou ta bom tia vou te falar, eu estava louca de tesao doida pra gosar, minha buceta estava pingando de tesao, eu falei pro Alexandre e ele me sugerio ir ao banheiro bater uma ciririca e então eu fui La e bati uma ciririca que por sinal foi a melhor ciririca que já bati em toda minha vida e nunca tinha gosado com uma intencidade tão grande como dessa vez e ria muito, a tia dela de boca aberta com o que a sobrinha estava contando, mordendo os lábios já de tesao, percebia o tesao da tia dela pela cara dela, então ela falou vou confessar uma coisa, na hora que cheguei que vi vc chupando seu noivo minhas pernas tremeram de tesao então quando entrei no quarto também bati uma ciririca pensando no que tinha acabado de ver, daí virou um clima de descontração e ao mesmo tempo de muito tesao, chegou em casa, nós entramos eu tirei a camisa e fui ate a geladeira pegar uma cerveja, minha noiva estava sentada na sala e quando cheguei La a tia dela estava saindo pra ir tomar um banho, então falei pra minha noiva que aquela poderia ser a nossa chance de trepar com outra mulher entre nos e que a tia dela tinha dado muito tesao em mim, ela falou que não porque ela era tia dela e tinha certeza que a tia dela não ia aceitar trepar conosco, então eu falei que não custava nada tentar que já tínhamos falado sobre sexo o caminho todinho e que se ela quisesse poderia tentar seduzir a tia dela pra trepar com agente, ela pensou um pouco e me falou, estou fazendo isso porque te amo e também porque já faz um tempão que estou louca pra chupar uma buceta, então ela falou, vai La pra varanda que quando minha tia sair do banheiro vou tentar seduzir ela e você só entra aqui quando escultar gemidos de nos duas se vc não escultar gemidos não entre, tirou toda a roupa ficou só de calcinha e sutiã me perguntou se ela estava cheirosa e bonita se sentou no sofá e me pedio que fosse pra varando, fui pra varanda fumei um cigarro, acabei de tomar a cerveja que estava, fumei outro cigarro, já estava louco de tesao, minha pica mais dura que rocha e nada de gemidos, já tinha passado mais ou menos uns 20 minutos e nada de gemidos então resolvi entrar, quando abro a porta da varanda vejo minha noiva já sem sutiã só de calcinha e a tia dela enrrolada em uma toalha rosa com os cabelos presos e minha noiva beijando a boca da tia, entrei e quando elas me viram a tia dela se assustou e eu fui tentar beijala também e minha noiva falou que não que eu queria ver ela trepando com uma mulher então que eu sentasse e assistice o show que depois seria minha vez, então segurou o rosto da tia dela e ficou olhando bem nos olhos da tia a tia dela olhou pra mim e falou você é um homem de muita sorte em ter uma mulher tão gostosa pra vc todos os dias como minha sobrinha, então minha noiva começou a beijar o pescosso da tia dela e foi decendo ate tirar a toalha que cobria o corpo da tia, quando caiu aquela toalha fiquei louco e tirei toda a minha roupa, minha noiva começou a chupar os peitos da tia e foi decendo ate chegar na buceta dela, a tia dela sentou ao meu lado no sofá abriu bem as pernas e minha noiva começou a chupar a buceta da tia e ao mesmo tempo batia uma ciririca, ela estava louca chupando a buceta da tia, a tia dela anuciou que ia gosar e minha noiva começou a chupar a buceta da tia mais forte e a tia dela gosou gemendo muito e minha noiva tomando toda a porra da tia, então se levantaram e minha noiva sentou ao meu lado e falou, vem tia chupa a bucetona da tua sobrinha vai e me faz gosar, a tia dela falou que nunca tinha feito aquilo antes que no Maximo tinha beijado uma outra mulher a pedido do seu marido mais que não tinha passado disso daí minha noiva falou que ela não iria se arrepender, então a tia baixou chupou os peitos da minha noiva e foi baixando ate chegar na buceta dela, começou a chupar a buceta da minha noiva e bater uma ciririca enquanto chupava a buceta da minha noiva e acabou gosando antes mesmo da minha noiva logo após minha noiva gosou levantou e beijou a tia por mais ou menos uns 5 minutos sem parar enquanto passava a maona buceta dela, então eu levantei e comecei a beijar o pescosso da minha noiva por traz dela, ela se virou e começou a me beijar e pegar na minha pica, então ela baixou e começou a chupar minha pica na frente da tia dela e a tia dela me deu um beijo delicioso e pergunto a minha noiva se podei chupar minha pica também, minha noiva falou que sim, então a tia dela baixou e começou a chupar minha pica e minha noiva chupava meu ovo depois trocavam minha noiva chupava minha pica e a tia dela meu ovo e vouta e meia elas se beijava com a minha pica na boca, entaou minha noiva pedio pra que a tia dela sentasse no sofá com as pernas abertas, ela foi com a boca ate a buceta dela ficando de quatro e me falou, agora come a bucetona da tua mulher vai, então eu comecei a comer a buceta da minha noiva enquanto ela chupava a buceta da tia dela e acabou gosando outra vez e logo depois a tia dela gosou na boca dela, mudaram de posição e comecei a comer a buceta da tia dela enquando a tia dela chupava a buceta da minha noiva gosaram juntas e eu já estava louco pra gosar, então elas se levantaram e começaram a fazer uma meia nove por muito tempo ate gosarem outra vez, mudaram de posição e minha noiva enrroscou as pernas nas pernas da tia dela e ficou esfregando as bucetas delas duas num tesao maluco e gosaram outra vez, daí a tia dela levantou e falou, gosa na minha boca como vc fez na minha sobrinha e minha noiva falou só com uma condição, depois que ela gosar na sua boca tia você vem me beijar com a porra dela na boca e agente se beija com a boca cheia de porra a tia dela falou que tudo bem, baixou e começou a chupar minha pica e minha mulher ao lado dela chupando a orelha dela e de vez em quando puxava o queixo dela e beijava ela na boca, enquanto a tia dela chupava minha pica minha noiva chupava meu ovo e e chupava os peito da tia então falei que ia gosar e minha noiva ficou so olhando a tia dela chupar com mais vontade minha pica e esperou que eu gozasse, deixei a boca da tia dela cheia de porra nunca havia gozado tanto em toda minha vida e a tia dela virou a beijou a minha noiva com a boca cheia de porra que escorria para os peitoes delas, então tomamos banho e dormimos juntos os tresna mesma cama, acordei com minha noiva chupando a buceta da tia dela, trepamos os três mais uma vez, minha noiva ligou pra a amiga dela a paulinha e pedio pra que ela fosse pra a casa dela porque a tia dela estava La e não podei deixar a tia em casa só, e já viram não é, a amiga dela chegou de 14:00 da tarde do sábado e só saiu de La na segunda, trepei com a minha noiva, a amiga dela e a tia durante o fim de semana inteiro e pra completar quando vim embora a mãe da minha noiva já tinha chegado e a tia dela tinha que dormir no quarto da minha noiva, então todas as noites minha noiva me ligava dizendo que estava trepando com a tia e deixava o cel ligado pra mim escultar toda a trepada, a tia dela se mudou pra João pessoa e ate hoje trepamos os três e de vez em quando a paulinha também trepa com agente, essa historia é real e começou a acontecer em novembro de 2009 e ate hoje acontece, espero que vocês gostem e beijos, há se tiver alguma mulher bonita e gostosa que queira trepar conosco é so escrever ta bom, beijos e ate a próxima, deixem depoimentos pra que eu possa escrever a outra história que aconteceu quinze dias depois ta bom xero...

 

Gostou? Vote no Conto:

83387 visitas