Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Meu primo e a namorada | Incesto | Acervo de Contos

Meu primo e a namorada

Meu nome é Giselly, sou pequena, olhos castanhos claro, simpatica e sou viciada nesses contos de internet. Esperava anciosamente para que um dia eu podesse escrever o meu conto também.

então vamos lá...

Era uma tarde de Julho quando meu primo JP, me enviou uma mensagem dizendo que estava vindo passar uns dias aqui na minha casa e que vinha com a namorada. Por pura obra do destino minha mãe precisou viajar e como eu sou filha de pais separados ficaria sozinha em casa durante tres lindos e longos dias.

Na madrugada da segunda feira, meu primo chega de viagem junto com a namorada justamente no momento em que o carro da empresa chegou pra buscar minha mãe, eu tinha acabado de acordar e tinha que resolver umas coisas aqui em casa antes de sair pra trabalhar, quando terminei tudo tomei um banho e fui trabalhar, deixei meu primo e a namorada dele dormindo.

Já de noite, eu tava deitada na minha cama assistindo um filme quando meu primo bateu na porta do meu quarto e foi logo entrando, eu tenho o costume de ficar em casa só e camiseta e calcinha e era justamente assim que eu estava na hora em que meu primo entrou no quarto, peguei o lençol e me cobri, fiquei altamente desconfiada.:x e ele parecia nem ligar pra a situação, ele se sentou e começou a falar das resenhas de familia e depois ficou sentado numa cadeira aqui no quarto assistindo o filme tb, até que ja passava da meia noite e eu disse a ele que eu tava com sono e que precisava acordar cedo no dia seguinte, ai ele disse que a namorada dele já estava dormindo e que ele ia fazer o mesmo, me deu um beijo de boa noite e meio que sem querer ele passou a mão delicadamente em meu seio, e saiu sem dizer nada. Eu já fui dormir imaginando mil coisas, afinal minha mente é muito fértil. hiuehuie. no outro dia NADA aconteceu e eu já tinha meio que perdido as esperanças em ter alguma coisa pra contar em meu primeiro conto erotico.

Na quarta feira de manhã eu fui acordar o JP pra que ele fosse fechar a porta quando eu saisse já que eu tinha esquecido a minha chave no trabalho, ele se levantou e saiu em direção a porta e eu ia na frente. Quando eu coloquei a chave na porta ele me agarrou por traz, pude sentir seu cacete bem durinho ele falou no meu ouvido. " ta sentindo? eu passei a noite toda querendo te fazer uma visitinha " eu geleei, fingi que não ouvi aquilo, abri a porta sai e dei apenas um "bom dia ". Já no fim da tarde minha mãe me liga dizendo que já estava voltando mais que só iria chegar a noite. Depois do jantar eu fui pra a sala assistir e o JP veio e ficou sentado do meu lado, eu estava com um short e uma camisetinha regata. A namorada do JP tinha ido no salão aqui do lado de minha casa exovar os cabelos e como tinha tres pessoas na frente dela meu primo supos que ela iria demorar. Quando ele sentou do meu lado fez um comentario sobre como eu tinha mudado e que eu tava ficando muito bonita e gostosa, colocou a mão na minha perna e isso me fez tremer, já fazia mais ou menos um 4 meses que eu tinha acabado o namoro e estava a ponto de subir pelas paredes. Deixei que meu primo ficasse com a mão na minha perna e respondi ao elogio com um simples "obrigada". acho que uns dois minutos foram suficientes, meu primo abriu o botão de meu short e eu fiquei surpresa, segurei a mão dele e perguntei o que significava aquilo. ele simplesmente só olhou pra mim e fez, " eu sempre quis te comer priminha ". quando ele disse isso eu comecei a ficar molhada e começei a imaginar que todos os meus desejos seriam realizados, afinal eu tinha uma tara muito grande pelo meu primo. e foi assim que tudo começou, sem muitas falas. ele abriu o ziper de meu short e o abaixou um pouco puxou minha calcinha um pouco pro lado e pode sentir que eu já estava pegando fogo, na hora eu não pensei em nada. fui logo abrindo o short dele e ele sem medir esforços arrancou a minha blusa, e começou a me beijar, eram beijos fortes e o sarro ja tava ficando pesado. quando ele tirou o meu short. começou a brincar com minha xaninha e disse " nossa priminha, você ta muito gostosa, quero te comer ". e foi logo tirando o short dele, pelo volume que fazia na cueca boz preta dele eu já podia imaginar o quão grande seria o meu prazer. ele arrancou a minha calcinha e começou a me chupar, eu ja estava ficando louca. não conseguia nem falar, começei a fazer uma punhetinha de leve nele e quando notei nós dois já estavamos completamente nus. ele correu no quarto e pegou uma camisinha, quando voltou já estava em ponto de bala e me perguntou o que eu queria. eu perguntei com uma cara de safada " você quer comer sua priminha é? " depois disso o menino enlouqueceu, me deitou no sofá e começou a me chupar com mais força eu tentei conter os gemidos mais aquilo tava MUITO bom, até que ele puxou meus cabelos e disse " sua vadia, vou te arrombar todinha hoje e você nunca mais vai esquecer dessas férias ". Eu tenho uma tara por homem bruto e meu primo se encaixava direitinho em todos os requisitos. foi ai que eu senti que meu primo já não estava mais aguentando, me puxou pra a beirinha do sofá e disse. " nossa priminha que amiguinha tão convidativa você tem " e começou a me fuder, nossa eu fui ao delirio, sentir aquele pau de no minino 18cm dentro de mim foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido nessas férias. e assim nos ficamos, entre uma posição e outra até que eu num aguentei mais e disse que iria gozar, ele não teve duvidas, se abaixou e me chupou mais uma vez, disse que queria sentir o sabor do meu melzinho, me segurou com força pela cintura e ficou fazendo uma especie de sucção na minha xaninha, até que eu gozei. gozei lindamente, como nunca tinha gozado antes. perdi todas as minhas forças naquele instante. mais eu queria mais, mais e mais. meu primo começou a me comer na posição franguinho e segurava as minhas mãos de forma que eu não conseguia me mecher, aquilo ali pra mim tava sendo a realização de todas as minhas fantasias. até que ele tirou o meu colega de dentro na minha xaninha toda molhada de tesão e disse que ia gozar, retribui o carinho que ele tinha me feito e ele gozoou tudo na minha boquinha, um gozo quente cheio de tesão. depois disso eu começei a chupar o cacete dele enquanto brincava com meu ponto G, ele agarrou firme nos meus cabelos e ficava me precionando contra o seu amigo, até que ele gozou mais uma vez. aquilo foi tudo o que eu esperava, um cacete enorme daquele dentro de minha boca e eu mais excitada que nunca. nossa, foi tudo muito bom, ele me virou e disse que queria me ver gozar mais uma vez, me deitei no sofá e fiquei brincando com minha amiguinha enquanto ele se punhetava, fiquei extremamente exitada quando ele veio e me levantou pela cintura e me chupou um dos peitos, não conseguia tirar minha mão da xaninha e meu priminho resolveu me ajudar, começou a me chupar e agarrado aos meus peitos me fez gozar mais duas vezes. foi de mais pra mim, fiquei de perna bamba e cai na real que tava quase na hora da namorada dele voltar do salão. me levantei, sorri e ele me falou. " se você não fosse minha prima eu namoraria com você, só pra poder de comer como uma vadia todo dia " eu ri e disse " não preciso ser sua namorada pra que você me coma, sou sua priminha queria e isso foi um prazer " fui pra o banheiro e temei uma ducha maravilhosa lembrando de tudo o que tinha acontecido.

 

Gostou? Vote no Conto:

58954 visitas