Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto
videos porno ninfetas porno bundas amadoras sexo

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Meu primeiro orgasmo | Acervo de Contos

Meu primeiro orgasmo

Sempre fui muito esperta, menina travessa e por isso era muito bem quista e ativa. Quando  peguei o carro do meu pai e quase bati, ele ficou furioso!
Num belo dia o cunhado da minha mãe (marido da irmã dela) que pra mim era como um tio, que era muito achegado conosco, chegou e pegou essa discussão; o que fazer com essa menina? Ela muito danada.... dizia meus pais, então, como eu me dava muito bem com ele, ele respondeu: ?deixe que eu cuido disso, eu vou ensiná-la dirigir! O que? Meus pais ficaram malucos com a idéia, e ele insistiu dizendo que seria a melhor forma de me segurar, era a moeda de barganha, eu me comportaria a medida que ele me ensinasse, depois de muitos atropelos meus pais permitiram.
No dia seguinte tava lá o tiozão pra me dar aulas de direção e outras mais, primeiro como de costume ele mandou eu escolher um dos bolsos e retirar um premio, e eu sempre enfiava as mãos até achar ?moedas? e seu pau duro, aí não tinha jeito ele o esfregava em minha mãozinha e dizia muito bem meu amor, acariciando meu queixo, é por isso que o tio te adora, e eu fazia isso alguns segundo, até ele achar um lugar seguro e brincar comigo sentadinha em seu colo, as vezes de frete, as vezes de costas, mas eu sempre sentia através de sua bermuda seu pau grosso e duro se esfregando até amolecer, honestamente eu não sabia porque, mas adorava aquilo, e ele sempre me dava beijos, no pescoço e na nuca e dizia ao meu ouvido: ?não diga pra ninguém ta se não a brincadeira acaba?... e como ele sabia que eu adorava aquilo eu jamais contei a ninguém....
Bom, mas voltando à aula de direção, naquele dia aconteceu a melhor coisa que já senti na vida.... meu tio chegou cedinho como já falei, e me pegou pra aula, me levou um pouco distante da casa na chácara onde eu morava, daí ele começou sério me ensinou exatamente como ligar o carro, passar a 1ª e a 2ª, debrear e tudo o mais... quando estava certo de que a teoria eu já havia me ligado, ele me mandou sentar no banco do motorista, sentou no carona e me mandou dirigir, estanquei o carro de primeira, ai ele me olhou e disse, perai que você vai fazer direito agora: ?levante-s e? eu me levantei, ele passou pra o banco do motorista e de logo sentei em seu colo, achando que era como das outras vezes comecei a me esfregar, mas, ele me mandou dirigir, o que achei estranho, porém obedeci, só que ficava sentada no seu joelho e doía, mas consegui dirigir fui aprendendo e aos poucos esquecendo da safadeza, quando estava bem empolgada com a direção, ele disse: gostou? Adorei tio! Ótimo, agora quero meu pagamento, com uma voz cheia de malicia que me fez arrepiar! Que tipo de pagamento, estacione ali em baixo da arvore. Ok! estacionei, quando me virei e agora? Agora, abra sua blusa; meus seios já estavam começando a aparecer, pareciam dois limõezinhos, pequeninos e bem duinhos, com mamilos rosadinhos uma graça. Abri a blusa sem questionar, vi os olhos de meu tio se encherem de brilho, como se tivesse vendo diamantes, fiquei toda orgulhosa, ele me puxou me sentou bem em cima de seu pau que já pulava como nunca, e me encostou na direção, começou a cheira meu peito e a passar a língua bem de vagar nos meus mamilos, me levando a loucura enquanto esfregava o pau em minha bocetinha, por cima das nossa roupas, eu queria algo mais, e não sabia o quê! gemia e o apertava; enquanto ele dizia: ta gostando ta? Safadinha! o que eu só fazia gemer que sim muitooooo.... e ele passava a línguas nos meus dois seios enquanto sua mão apertava minha bundinha até eu não agüentar mais de tesão... foi quando ele me perguntou: vc deixa eu tirar seu short? Só balancei a cabeça que sim, e ele me levantou afastou bem o banco pra traz e tirou short , me deixando a calcinha rosinha que quando viu, sorriu bem safado, lindo meu tio, ai perguntou-me mais uma vez: posso tirar a minha bermuda? E novamente balancei a cabeça que sim, quando vi aquela cuequinha branquinha, aquele pau duro que já havia pegado tantas vezes por dentro dos bolsos, imediatamente o agarrei pela cueca, e em seguida coloquei a mão por dentro e o tirei, foi a melhor visão que já havia tido na vida! Ele perguntou? Gostou? Balancei a cabecinha que sim! Quer beijá-lo? Perguntou ele! Nem respondi, fui de logo colocando a boca naquele pau grande e duro enquanto ele me ensinava dizendo: vá lambendo, isso, agora abra sua boquinha e coloque sua língua pra fora, e foi enfiando de vagarzinho de garganta à dentro e passando a mão na minha bocetinha, enfiando os dedos dentro de minha calcinha, esfregando o meu grilinho; até que de repente, retirou minha cabeça e me beijou na boca a primeira vez, passando a língua na minha e dando pequenas mordidinhas em meus lábios grossos, me colocou na posição inicial, deitada na direção e sentada próximo ao seu pau e, passou a esfregar o pau pela brecha da minha calcinha passando-o pelo meu grilinho para cima e para baixo e batendo de vagarinho o pau na minha bocetinha, enquanto elogiava dizendo: ?que coisa linda ta nascendo pelinho, ai que delicia vc minha menininha, chupando meus peitos, até que ele colocou o pau numa posição no meu grilinho que eu comecei a sentir uma explosão dentro de mim e segurar sua mão com medo que ele parasse, e ele percebeu que eu iria sentir meu primeiro orgasmo, passou a chupar meus peitos de uma forma que apressou meu gozo e num grito descontrolado eu senti a melhor sensação da vida, e logo em seguida senti meu tio me molhar todinha com seu gozo e de logo entendi tudo o que ele já fazia à tanto tempo... e foi maravilhoso, ele me agarrou em seus braços, e cochilamos, por uns 15 minutos, quando despertamos fomos pro banco de traz, meu tio queria sentir meu gozo na boca dele ai é outra estória. Aguardem!

 

Gostou? Vote no Conto:

26/01/2011 | 60242 visitas

 
 
 
sexo anal videos de sexo videos porno