Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto
ninfetas flagras videos de sexo ninfetas porno filmes porno

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Mamãe gostosa | Acervo de Contos

Mamãe gostosa

Olá me chamo Pedro, este conto aconteceu a três meses atrás quando fui visitar a minha mãe. Eu sou considerado galinha e um cara muito safado mais sempre respeitei muitos as mulheres da minha familia.. quando viajei pro interior de São Paulo pra visitar meus pais não imaginava que tal acontecimento iria mudar minha vida. Ao chegar buzinando desesperadamente na casa dos meus pais tive a presença ilustre da minha mãe que por sua cara estava animadissima afinal faziam meses que não nos viamos só que ela estava mudada, estava mais magra e bem mais feita o que me deixou louco naquela mesma hora. Saí do carro e fui logo em sua direção me deparando com aquele mulherão dei um abraço na mesma e um beijo e ela com os braços entrelaçados em minha cintura ali ficou. Perguntei onde meu pai se encontrava e ela falou que ele tinha ido morar com outra mulher nesse momento entrei furioso em casa e não conseguia aceitar tal acontecimentos, ela não demorou muito e veio conversar comigo falando que o casamento já não era o mesmo e que ja sabia que aquilo iria acontecer. Cheguei perto e com a mão em seu rosto falei que iria cuidar dela e se fosse preciso voltaria a morar com a mesma, ela na mesma hora disse que não que queria viver sozinha e sim se surpreender com cada visita minha. Naquela hora não sei o que me deu, mais minha vontade era agarrar a mesma e usufruir daquele corpo que com seus 40 anos surpreendia quem a olhava. Fui deixar as malas no quarto onde eu costumava dormir e logo desci me deparando com a mesma preparando um lanche para nós e perguntei se ela ja havia se envolvido com algum homem depois de meu pai e ela disse que não que estava bem daquele jeito e não queria se desapontar novamente. Fomos para sala e ficamos lá um bom tempo ate escurecer, ao escurecer ela sobe para o seu quarto e aproveito para mudar o canal deixando em um de sexo explicito começo ali uma gostosa punheta, vou dando gemidos abafados para ela não escutar.. so que passado algum tempo escuto um barulho e tento desvendar de onde teria saido ao passar pela porta do banheiro vejo pela brecha minha mae deitada no chão desfalecida pois tinha acabado de se masturbar e sim ela estava gozando.. ela olha pro lado e me ver e com a cara de espanto tenta cobrir sua xota que estava inxadinha, falo pra ela nao se preocupar e peço desculpas por atrapalhar, volto pra sala correndo logo seguido por ela e ela diz: não se preocupe eu lhe vi batendo punheta e aquele gesto me deixou completamente excitada não pude conter. Aquilo me deixou perplexo pois percebi que ela tinha ficado interessa, passado alguns minutos fomos para o quarto e eu não conseguia dormir com aquela imagem em minha mente, entao me levantei e fui ate o seu quarto minha mãe estava deitada de barriga pra cima e as pernas abertas com a xota a mostra, sim ela não estava de calcinha, vi aquela imagem e me aproximei subi  na cama com delicadeza e levantando sua camisola aproximei meu rosto deu seu sexo e comecei a cheirar a passar a lingua, abri seus labios com meus dedos e encontrei o clitoris que estava durinho e comecei a pincelar, então ela começa a falar: vai Pedro, me come, tiro rapidamente o rosto dali e vejo que ela continua dormindo só que sonhando, saio do quarto correndo como se não tivesse acontecido nada. De manhã fui tomar banho mais o banheiro ja estava ocupado ao sair da porta me surpreendo. Pedro entra aqui, vem tomar banho com a mamãe, atendi seu pedido e fui.. tiro a roupa e entro no boxe e foi ali que percebi que era a hora de atacar, peguei a esponja e fui passando em seu corpo deixando meu pau as vezes sarrar em sua bundinha gostosa ao deixar a esponja de lado fui passando a mao pelo seu corpo e ela sem negar apenas calada me deixava cada vez mais louco, passei o polegar pelo seu rego e ela virou pra mim neste exato momento, eu sem pestanejar peguei sua mao e coloquei sobre meu pau fazendo os movimentos vai e vem logo soltando e ela foi me obedecendo, ela bateu uma punheta pra mim ali ate eu gozar, ergui minha cabeça pra frente abaixando um pouco e comecei a mamar naqueles seios médios, fui chupando, mordiscando, pincelando seu biquinho, ela me empurra e agacha segurando meu membro e abocanhando o mesmo e começa uma deliciosa chupeta já não aguentando solto um jato de esperma em sua boca e engole tudo. Ao ver a mesma levantar pergunto se ela quer sair dali e ela imediatamente sai em disparate, ao ir atras a vejo deitada em sua cama: Vem Pedro mata essa minha vontade obedecendo a mesma vou por cima dela encaixando meu pau em sua xota molhada, vou socando durante uns tempos ate encher aquela buceta de porra, ao deixar ela toda molhada ela se vira ficando de quatro, passo bastante cuspe em seu rego e estocando meus dedos em seu cu, quando menos espero ela fala: mete logo esse pau, quero te sentir, obedecendo novamente vou sarrando a cabeça do meu pau no seu rego e vou enfiando lentamente ao perceber que nao fala nada enfio de uma vez deixando ela quieta e calada por um tempo, vou socando cada vez mais rapido enquanto ouço ela gemer alto, então eu gozo em seu cuzinho.. viro ela novamente de frente deixando suas pernas bem abertas e vou agradecer pela manhã, começo a chupar aquela buceta como se fosse uma boca vou metendo varias linguadas ate fazer ela gozar em minha boca provando aquele delicioso mel e desde então ela se tornou minha amante.. ahahaha espero que tenham gostado

 

Gostou? Vote no Conto:

04/07/2012 | 99961 visitas

 
 
 
sexo anal videos de sexo gostosas