Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Mãe gostosa e safada | Acervo de Contos

Mãe gostosa e safada

Bem o que eu vou contar para vocês aconteceu realmente. Vai do leitor acreditar ou não. Na verdade isso não vai me fazer muita diferença porque afinal eu que presenciei tudo e isso é o suficiente. Vou apenas compartilhar com vocês visto que não corro o risco mesmo de ser levado à sério aqui num site de contos. Vai ser um LONGO relato. Mas vai valer à pena ler tudo...

Sou filho único. Minha mãe me teve muito nova. Meu pai é bem mais velho (7 anos a mais). Agora vou descrever a minha mãe. Naquela época ela chamava muito a atenção dos homens. Ela é branquinha, cabelos pretos lisos e é meio baixinha. Ela tinha um corpo naturalmente lindo. Não fazia academia nem nada. Só a alimentação mesmo que ela seguia à risca. Tinha uma bunda bem redonda e empinada, uns peitos tamanho médio e aquela típica curva de corpo de violão. Outro detalhe era a barriguinha dela que era extremamente retinha e com isso a deixava com um tremendo "capô de fusca". Ela sempre foi meio fogosa (quando eu era bem mais novo já tinha ouvido histórias) e adorava usar roupinha curta e apertadas. Adorava usar shortinhos e blusinhas.

Agora vamos aos fatos. Eu vivia reparando as meninas da minha sala, da minha rua, da minha família, enfim, reparava em tudo que era menina/mulher.
Com isso acabei percendo a minha mãe também apesar de sempre ficar morto de vergonha quando eu a olhava de outra maneira. Só que a culpa não era realmente minha...Além dos hormonios, a minha mãe sempre tava vestida de um jeito meio exagerado com shortinhos, minissaias, vestidinhos e coisas do tipo. Eu não me aguentava...Vivia me acabando na mão.
Até que chegou num dia que meu pai quis fazer umas reformas lá na casa em que eu morava, mas isso só seria possível se ele trabalhasse mais. Com essa decisão tomada o meu pai começou a ficar muito ausente em casa (viajava muito por causa do trabalho). E minha mãe começou a colocar as asinhas de fora. Percebi que ela tava mais ousada até mesmo na frente dos vizinhos que sempre ficavam a comendo com os olhos. Teve uma vez que ela tava na sala assistindo tv e tava deitado de bruços...Eu sentei do lado do sofa onde tava os pés dela daí não pude deixar de ficar vendo a sua bunda. Pelo jeito ela percebeu porque ela as vezes abria um pouco as pernas que dava pra ver o volume da bucetinha dela pelo shortinho. A marquinha da calcinha me deixava alucinado também. Eu não me aguentava muito e saía com uma desculpa só pra poder bater uma. Tava tudo muito bom só que teve um dia em que eu levei dois amigos meus lá pra casa e me arrependi depois. Os caras não tiravam os olhos dela. Ela ficava abrindo as pernas de leve só pra mostrar um pouco o volume da xota pra eles. Em outras vezes ela se levantava e ia para outro lugar só pra ficar um tempinho de costas pra eles e dar uma abaixada pra mostrar a bunda dela. Eu percebia tudo, mas fingia que não tava vendo nada mais...os caras mal falavam comigo. Só conversava com ela mesmo...Depois disso um monte de amigo meu ficou querendo ir lá na minha casa também...
Aconteceram muitas coisas como as que eu falei acima, mas não vou contar todas.
Eu tava viciado em observa-la e até acordava no meio da madrugada só pra ve-la de calcinha deitada e ficar vendo a bunda e a xota dela...

Retornando ao assunto da reforma...Bem, depois de um tempo o meu pai contratou um pedreiro pra já ir começando a trabalhar na casa. O seu nome era João. Eu não sei a idade dele, mas parecia ter uns 40 anos enquanto a minha mãe tava com 33. Alguma coisa me dizia que iria acontecer algo porque ela já tava bastante ousada e agora que ia ter todos os dias da semana um cara lá com certeza ela iria ficar bem assanhada. Dito e feito...
Logo na primeira semana o pedreiro pegou uma amizade com ela e eu sempre ouvia os dois conversando e rindo. A minha mãe sempre usava umas roupas bem provocantes, mas o que ela gostava mesmo de usar era um shortinho que delineava bem a forma da bucetinha dela.
Com pouco tempo eles ficaram bem amigos. O pedreiro dava cada abraço nela e foi aí que as coisas realmente esquentaram. Um dia, logo cedinho de manhã, a minha mãe foi abrir o portão pro João entrar. Ela tava só com um pijama bem basico...Tava praticamente nua. Mas mesmo assim nem se importou do João a ver assim. Eu tava na parte de cima da escada só olhando pelo cantinho e aí eu vi o pedreiro lá dá um bom dia e abraça-la. A minha mãe deu uma risadinha e falou "que disposição! adorei o abraço! dá outro?"
O João falou que dava sim e a puxou de volta só que dessa vez ele a levantou um pouco fazendo com que a região da xota ficasse bem na altura do pau dele. Percebi quando ele forçou o quadril da minha mãe com o objetivo de dar uma encoxada nela ali mesmo. A minha mãe retribuiu na hora abrindo um pouco as pernas oferecendo a bucetinha dela pra se esfregar no pau dele. Ficaram assim por uns 30 segundos até que ela dei uma mexidinha pros lados como quem quisesse rebolar. Daí ele a colocou de volta no chão e os dois estavam com uma tremenda cara de tesão. Ela deu as costas e saiu andando falando que ia preparar um cafezinho pra ele. E nisso o João só secava a bunda dela mesmo.
Dava pra sentir no ar o tesão que os dois tavam. Eu sabia que na primeira oportunidade que tivesse ele iria comer a minha mãe. Com isso eu bolei um plano... Falei que ia sair de tarde pra jogar bola. A minha mãe deixou na hora com um sorrisão no rosto.
Quando deu umas 4 horas da tarde eu saí falando que tava indo lá jogar bola. Falei que ia levar uma chave porque provavelmente iria demorar um pouco.
Na verdade eu só fiz sair mesmo e demorar uns 10 minutos na rua até voltar par casa.
Cheguei lá de fininho... Quando entrei tava tudo um silêncio só. Fui nos quartos bem devagar mas minha mãe não tava lá. Sabia que ela tava lá no fundo da casa que era onde o João trabalhava. Quando cheguei na cozinha, já ouvi ele falando com ela...Falando pra ela descer um pouquinho mais. Eu cheguei na porta do fundo da cozinha e espiei. Vi a minha mãe com as duas mãos no joelho empinando a bunda pro pedreiro que passava a mão nela. Ele tava só de cueca e dava pra ver que tava de pau duro já... Ele se aproximou dela e começou a esfregar o pau dele na bunda dela. Ela só rebolava e gemia baixinho enquanto ele a encoxava com força. O pau já tava saindo pela cueca...ele também ficava a chamando de putinha vadia e falava que ela era muito gostosa e que o meu pai era um corno otário...ela só ria e gemia.
Depois ele a virou de frente e começou a esfregar o pau bem na buceta dela...Isso fez com que a minha mãe delirasse muito. Até acho que ela gozou ali mesmo porque ela se contorceu e respirou fundo gemendo mais alto... Depois ela começou a falar que a xaninha dela era muito gulosa e adorava engolir um pau. Falou que tava louca pra engolir a rola dele que tava bem dura na hora. O pedreiro delirava também porque tava com uma baita deusa ali se esfregando com ele...

Eles ainda ficaram um tempinho nessa safadeza um se esfregando no outro com as encoxadas. Só que a minha mãe não se aguentou mais e falou pra ele meter nela...
O João a levou pra uma pia que tinha lá e a apoiou de frente pra ele. A única coisa que ele fez foi levantar a perna direita dela e puxar a calcinha pro lado...Enterrou o pau todo de uma vez só. A minha mãe ficou alucinada e rebolava muito enquanto ele metia com força na buceta dela. Dava pra ouvir o barulho de buceta enxarcada e eu percebi que o pau dele tava todo melado já...Sinal que minha mãe tava gozando muito. E ela falava isso..gemia falando que tava gozando e ele voltou a xinga-la muito...Chamou de novo o meu pai de corno otário e minha mãe riu nessa hora falando pra comer com vontade a xaninha dela já que meu pai não fazia isso direito.
Nessa hora o pedreiro forçou a cabeça dela pra baixo e falava pra ela ver a rola dele estourando a xota dela...A minha mãe só gemia e rebolava muito.
Depois ele parou e mandou ela virar de costas pra ele. Ela virou e empinou o máximo a bunda...O João começou a comer a buceta dela por trás com muita força que fazia até um barulho alto...a minha mãe começou a gemer alto também, mas aí ele tapou a boca dela com a mão. E eu tava lá vendo a minha mãe sendo pressionada na parede com a bunda empinada e levando pau na buceta enxarcada dela...Ele falava que a bucetinha dela tava apertando a rola dele e falou que ela tava gozando no pau dele.
A minha mãe tava adorando porque ela tentava jogar a bunda pra trás, mas sem sucesso já que o João tava apertando ela contra a parede...
De repente ele falou que ia gozar...E pra minha surpresa a minha mãe falou pra ele gozar bem no fundo dela. Disse que tava tomando remedio sem meu pai saber...
O pedreiro aproveitou e segurou na cintura dela mentendo com força ainda até que começo a gozar...a minha mãe ficou rebolando enquanto o pedreiro tava parando suspirando alto. Ela empurrava a bunda pra ele e falava "viu que minha bucetinha é gulosa? tá bebendo o leite todinho"...Ele riu e falou que ia comer ela direto até terminar o serviço.

Eles treparam muito e eu sempre fingindo que não sabia de nada. Contudo, o meu tesão tava foda e eu tava viciado já naquela situação. Decidi então contar pra minha mãe que sabia de tudo.

Quando contei ela ficou surpresa na hora (eu falei que batia várias por causa dela). Depois ela riu e falou que era pra gente guardar segredo...falou que ela sempre foi meio assanhada mesmo, mas pediu pra não contar nada pro meu pai. Bem, a gente teve uma longa conversa...Eu decidi contar tudo que sabia dela...Ela falou que se eu não contasse nada pra ninguém ela iria me dar muitos presentes bons. Eu não sabia o que era, mas aceitei na hora.
Perguntei que presente era e ela riu...Falando que era segredo, mas que eu ia gostar muito!
Eu pedi o presente na hora mesmo (tava com tesão já). Ela pensou um pouco e aceitou...
Falou pra eu sentar no sofa. Eu sentei e ela já veio sentadando no meu colo rebolando um pouco. Eu delirei...Eu pedi pra ela tirar o short jeans dela e ficar de calcinha, mas aí ela falou que não...a não ser que eu ficasse só de cueca também. Eu baixei minha bermuda e ela abaixou o short dela voltando a sentar no meu colo. Começou a rebolar devagar olhando pra mim enquanto eu segurava a minha gozada com aquela bunda toda. Ela perguntou se eu sentia o calorzinho da xaninha dela...Eu não aguentei e gozei muito na hora.

Os dias foram passando com esses acontecimentos. Mesmo com o meu pai em casa...
Um dia ela tava de vestido. Meu pai tava na sala vendo um jogo de futebol e ela na cozinha. Eu passei por ela e na mesmo hora ela levantou o vestido mostrando a bunda. Eu corri em sua direção e comecei a esfregar nela por trás. Ela sempre rebolando muito (ela adora rebolar) e gemendo baixinho.
Eu tava todo feliz...era dando encoxada a toda hora só que um dia um primo meu foi passar uns dias lá em casa. Ele era mais velho, tava com quase 17 anos enquanto eu tinha 15 ainda. Percebi logo que ele ficou com tesão na minha mãe (e ela também percebeu) daí ela falou pra eu não atrapalhar em nada porque ela ia dar pra ele. Falou que era pra eu só ficar espiando mesmo. Eu aceitei porque aquilo me deixava muito excitado.
Aos poucos minha mãe foi seduzindo o meu primo que ficava doido com ela.
Ela sentava no colo dele e mexia um pouco pros lados. Meu primo começou a abraça-la mais e sempre que podia dava uma encoxada nela. A minha mãe sempre retribuindo muito com ele. Tudo isso fez meu primo praticamente esquecer de mim e só pensar nela mesmo...Ele nem tomava mais cuidado comigo...Dava encoxada nela na minha frente mesmo, mas ainda figindo que era tudo normal...Que era coisa de família só...
Um dia à noite o meu pai já tinha ido dormir (ia acordar cedo no outro dia) e nós 3 ficamos na sala vendo filme. Era um filme de terror... Daí a minha mãe falou que tava com medo e correu pro colo do meu primo. Eu fiquei zuando a chamando de medrosa e o meu primo também. Fiz isso só pra fingir para que o meu primo achasse que eu não suspeitava de nada.

Depois de uns 5 minutos ela se levantou e falou que ia colocar a roupa pra dormir, mas que voltava logo. Eu percebi que meu primo tava todo sem jeito comigo. Passado um tempinho aminha mãe voltou com uma camisa grande pra ela e foi na cozinha. Eu fui atrás...
Chegando lá eu falei pra ela que tava com ciúmes e ela só riu e falou pra eu não ligar que depois eu ganhava outros "presentes" dela. Eu me aproximei e levantei a camisa dela pra ver que ela tava só de calcinha mesmo. Ela então falou que tava daquele jeito pra dar o golpe final no meu primo...Eu a puxei pra mim e dei uma encoxada nela na mesa.
Ela gemeu baixinho e me chamou de safado falando que não era pra eu fazer aquilo ali já que meu primo poderia aparecer só que eu nem liguei...Ela nem ligou depois também e levantou a camisa me mostrando a calcinha dela...Eu não aguentei e coloquei meu pau pra fora e fiquei esfregando por cima da calcinha.
Depois ela me empurrou e foi pra sala...Eu passei mais uns 10 minutos até me acalmar.
Chegando lá vi ela sentada no colo do meu primo abraçada com ele vendo o filme.
Falou pra mim que tava com frio e pediu pra eu ir no quarto dela pegar um coberto pra eles...
Eu fui lá com cuidado pro meu pai não acordar...Quando voltei vi que eles estavam meio estranho. Aposto que tinha rolado alguma coisa. Dei o cobertor pra minha mãe e ela se cobriu com ele. Acho que ela fez isso pro meu primo ter mais liberdade de fazer outras coisas. E realmente foi o que aconteceu. Não deu nem 2 minutos e minha mãe respirou fundo...Eu já conhecia esse sinal dela. Sabia que ela tava fazendo algo.
Com isso em vista eu falei que ia subir pro meu quarto. Falei que ia dormir...

Na verdade só fiz subir as escadas e ficar espiando. Passou só um tempinho e minha mãe virou e falou algo no ouvido do meu primo. Eles se levantaram e foram pra cozinha.
Eu desci na hora...Cheguei lá e espiei.. Vi a minha mãe com a calcinha na altura do joelhos enquanto o meu primo metia os dedos nela. Ele falou que ela era muito gostosa mesmo e que realmente as histórais que tinha ouvido falar eram verdadeiras. A minha mãe falou pra ele aproveitar...Perguntou como ele queria meter. O meu primo falou pra ela sentar no colo dela de frente pra ele, mas que antes era pra ela deixar ele chupar a buceta dela.
A minha mãe adorou a chupada do meu primo...Ele chupava até a bunda dela sem nojo.
Eu fiquei impressionado...
Depois ele sentou numa cadeira da cozinha e minha mãe tratou de vira-lo de costas para onde eu estava (ela tinha me visto já). Então ela sentou devagar sobre ele falando baixinho que era pra ele sentir como a xaninha dela era apertada. O meu primo ficou louco e forçava a minha mãe pra baixo. Ele não aguentou muito tempo. Acho que foram só uns 3 minutos.
Ele avisou que ia gozar daí minha mãe falou pra ele gozar na bunda dela...
Ela ficou de costas pra ele e sentou com força fazendo até barulho...O meu primo só deu umas 4 metidas assim e a empurrou depois pra gozar na bunda dela.
Eu corri pro meu quarto e fiquei lá...Depois de uns 20 minutos meu primo entra e deita pra dormir.
O resto dos dias que meu primo passou lá em casa não houve nada demais porque meu pai não saía de perto. Tava tirando folga do trabalho por uns dias.

Agora vou contar o que aconteceu comigo. Na época minha mãe tava assanhada como sempre. Eu vivia levando amigos meus pra lá só pra ela ficar se exibindo e levando encoxada deles. Eu como sempre vivia fingindo que não percebia nada. Tinha um amigo meu que dei uma baita encoxada...A minha mã tava de vestido bem fininho e ele tava de bermuda dessas de jogador de futebol. Eu falei que ia tomar banho (a gente tinha acabado de chegar de um jogo), mas só fiz sair de perto deles mesmo.
A minha mãe já atacou na hora falando que meu amigo devia ter um monte de namorada porque era muito bonito...Ele falou que tinha só uma mesmo e falou que a namorada dele nem chegava perto do nível dela. Com isso minha mãe se fez de desententidada e pediu pra ele explicar...O meu amigo literalmente disse que ela era uma mulher com um baita corpão.
Daí a minha mãe agradeceu e disse "só por causa disso vou te dar um abraço super apertado". O meu amigo abraçou na hora e aconteceu algo parecido com o que ela fez com o pedreiro João. Ela deu uma baita esfregada com a xana dela no meu amigo e ele a apertou com força também.

Bom, como eu já não me aguentava mais...Ataquei ela enquanto tava lavando prato.
O meu pai tinha subido pro quarto dele pra deitar um pouco. A minha mãe tava com uma saia normal (quando meu pai tava por perto ela se comportava um pouco). Eu cheguei por trás e levantei a saia dela passando a mão na bunda. Ela se afastou e falou pra eu parar com aquilo. Só que eu tava com muito tesão, afinal, tinha 2 anos já que eu tava naquela putaria... Eu abaixei minha bermuda e a cueca e levantei de novo a saia dela...
Ela foi tentar baixar só que eu segurei o seu braço e encostei o meu pau na bunda dela.
Aí ela não aguentou e me chamou de sem vergonha ao mesmo tempo que empinava a bunda dela pra mim. Eu me abaixei e fiquei beijando e mordendo a bunda dela...Coloquei a calcinha de lado e chupei a buceta dela pela primeira vez. Meti os dedos também pela primeira vez e ela tava muito molhada mesmo...Me levantei e abaixei a calcinha dela até o joelho.
Ela se apoiou na mesa da cozinha e empinou mais ainda a bunda pra mim...
Falou pra mim que não era pra eu meter nela porque a gente não podia fazer isso, mas que eu podia esfregar o meu pau na entrada da bucetinha dela.
Eu comecei a fazer isso e era uma sensação maravilhosa. As vezes a cabeça dava uma entradinha e ela se afastava e dava uma gemidinha bem baixinha. Eu falei que ela era muito piranha e safada....fiquei a xingando de tudo quanto era nome enquanto ela rebolava esfregando o meu pau na entrada da bucetinha dela.
De repente a gente escuta um barulho e eu me afasto na hora levantando a bermuda e a cueca. ela levanta a calcinha na hora e abaixa a saia voltando pra pia pra continuar lavando a louça. Só que não acontece nada...Tinha sido só um barulho mesmo.
Quando eu voltei a me esfregar nela, ela se afastou e falou que não...Insisti, mas ela negava.

Fiquei com raiva e fui pro meu quarto...No outro dia novamente no mesmo horario, ela tava na cozinha lavando a louça do almoço e meu pai tava lá dormindo no quarto dele como sempre. Eu passei pra tomar água e a gente se encarou por uns 2 segundos...
Fui colocar o copo pra ela lavar a dei uma rossada na bunda dela. Nesse dia ela tava só de shortinho. Ela arqueou o corpo empinando a bunda...Eu não me aguentei e a segurei na cintura forçando o meu pau contra ela. Ficamos assim uns 2 minutos enquanto ela lavava devagar a louça e eu a ficava encoxando por trás. Depois eu pedi pra baixar o shortinho e a calcinha dela. Ela respondeu que só fazia isso se eu baixasse a minha bermuda e a minha cueca também...Logo abaixei tudo até o meio da perna e fiz o mesmo com ela.
Dessa vez eu só fiquei dedilhando a xaninha dela que tava molhadinha demais como sempre...Aliás ela sempre tava assim excitada. Vi poucas mulheres até hoje na minha vida com tanto fogo...Depois de brincar um pouco com a bucetinha dela, eu comecei a esfregar a cabeça do meu pau na entrada. Ela falou que era pra eu ficar só ali mesmo...
Só que eu não me aguentava...Aproveitei uma oportunidade e pedi pra ela empinar mais a bunda pra mim...Ela parou de lavar a louça e fez isso. Bem nesse momento eu meti o meu pau até a metade sem ela esperar...Quase gozei com a sensação da bucetinha quente e molhada dela engulindo o meu pau...Ela ficou parada gemendo ao mesmo tempo em que falava que não era pra eu fazer aquilo, só que eu disse que não aguentava mais...
Ela falou "então come bem gostoso essa minha xaninha! quer sentir o que os outros sentiram é? então mete devagarzinho"...Eu fiz isso...Fui enterrando devagar o meu pau (não sou um cavalo como os caras sempre falam que sou) e adorava a sensação.
Falava que ela era realmente muito gostosa e muito piranhuda e puta...Ela gemia baixinho e falou "então mete na xaninha da putinha!" e ficou rebolando enquanto eu metia devagar.
Tive que me segurar pra não gozar na hora. Com aquela situação toda eu me lembrei da primeira cena que me marcou muito: o pedreiro comendo ela de frente.

Eu falei pra ela daquela cena e ela virou de frente pra mim. Tirou o shortinho e a calcinha e me levou lá pra trás onde tinha a pia. Ficamos na mesma posição...Ela olhando pra mim falou "agora mete assim!" eu comecei a fazer o vai e vem e ela rebolando me chamando de safado, de filho da puta que tava comendo a própria mãe...E eu falando que ela era uma putinha vadia que dava pra todo mundo...Ela gemia muito e eu também...A gente tava em outro mundo. Senti ela gozando quando eu comecei a xinga-la de puta disfarçada. Ela gemeu nessa hora e falou pra eu continuar comendo bem gostoso a bucetinha dela...Ficou falando "olha safado como a minha buceta engole o seu pau todinho, tá vendo? vai me comer assim sempre, né? seu safado filho da puta...come minha xaninha gulosa..."
O ritmo era muito gostoso...as vezes eu parava um pouco e ela dava uma rebolada muito foda. Depois de meter por uns 10 minutos assim, eu falei que ia gozar...
Ela se virou de costas e falou "faz igual ao pedreiro!". Eu na hora aceitei e meti fundo na bucetinha dela por trás enquanto a apertava na parede. Depois eu não aguentei e comecei a gozar muito enquanto ela gemia baixo e gozava junto.

Depois desse acontecimento a gente vivia trepando pela casa. Ela sempre que podia ia no meu quarto de madrugada pedindo pra eu enxer a bucetinha dela de porra já que ela amava isso. Falava que ela era uma putinha de família e que eu era um tarado que vivia se aproveitando dela só porque ela gostava de dar a xaninha. Em outra ocasião o meu pai saiu em viagem e a gente passou 3 dias fodendo muito. Até faltei no colégio só pra ficar comendo ela. Foi sexo em todo canto da casa... Até mesmo lá na pia de novo sempre na mesma posição com ela rebolando muito e a gente xingando muito um ao outro.
Quando o meu pai tava em casa, ela usava umas roupas não muito provocantes, mas boas o suficiente para encoxar e ficar dando rossadas nela. às vezes ela tomava coragem e usava o shortinho que delineava perfeitamente a buceta dela. Isso me deixava doido.
Quando meu pai não tava por perto a gente se agarrar e eu ficava esfregando o meu pau nela enquanto ela se mexia bem gostoso e susurrava perguntando como eu ia comer ela naquele dia...Se a bucetinha dela era gostosa mesmo pra eu querer gozar sempre no fundo dela...Falava que ela era muito putinha e que era pra eu levar amigos meus lá pra comerem ela...

Infelizmente isso só durou por uns 8 meses porque meu pai me mandou pra morar em outro estado na casa de parentes. Ele queria que eu estudasse num colegio de lá.
Hoje eu me dou super bem com a minha mãe ainda e ela é minha maior conselheira sobre as minhas namoradas. Agradeço por tudo que aconteu e não tenho vergonha de nada.

 

Gostou? Vote no Conto:

14/02/2010 | 331025 visitas

 

Comentários

  • Aline postou em 21/02/2013

    Gostoso incesto, se os dois est?o querendo, desejando, reprimir n?o ? bom.

  • david ribeiro postou em 29/11/2012

    mlk troxa se fosse eu eu matava o predeiro

  • david ribeiro postou em 29/11/2012

    mlk troxa se fosse eu eu matava o predeiro kkk

  • GABRIEL postou em 13/09/2012

    QUE DELICIA FIQUE COM PAU MOLHADO

  • Adenilso Utchiha postou em 24/07/2012

    Ah quem me dera comer uma vadia assim, e gozar muito, bem no fundo de um cuzinho apertadinho. Deliiicia

  • williany postou em 05/07/2012

    a daniele a mulher que aparece nua eu acho por mim e claro que se fosse eu nao postava a foto dese jeito e guardaria quando ja tivesse o que ela procura

  • mina postou em 30/06/2012

    to toda molhada. Adoro uma pica grande na minha buceta. Comeria a sua mãe de boa, mas sou garota! hehe : D

  • Sandra postou em 19/05/2012

    Na verdade tudo pode ser mentira. . .  mas que é excitante é sou mãe tenho meus desejos pelo meu filho. 

  • Moreninho postou em 17/05/2012

    Diga para você mesmo o nome do único
    rapaz ou moça com quem você gostaria
    de estar (três vezes)?
    Pense em algo que queira realizar na
    próxima semana e repita para você
    mesmo (seis vezes).
    Sevocê tem um desejo, repita-o para
    você mesmo (Venha cá ANJO DE LUZ eu
    te INVOCO para que Desenterre FpS de
    onde estiver ou com quem estiver e
    faça ele ME telefonar ainda hoje,
    Apaixonado e Arrependido, desenterre
    tudo que esta impedindo que clcn venha
    para MIM , afaste todas aquelas que
    tem contribuído para o nosso
    afastamento e que ele clcn não pense
    mais nas outras? mas somente em MIM.
    Que ele ME telefone e ME AME.
    Agradeço por este seu misterioso poder
    que sempre dá certo. Amém?).
    Publiqueesta simpatia por três vezes ,
    basta copiar e colar por três vezes em
    in forum diferente esta simpatia abaixo
    e logo em 48hs você terá uma linda
    surpresa, beijos Ainda esta noite de
    madrugada o TEU amor dará conta de
    que TE ama, algo assim acontecerá
    entre 1 e 4 horas da manhã esteja
    preparada para o maior choque de sua
    vida! Se romper esta corrente terá má
    sorte no amor. Deus vai lhe abençoárá
    e sua vida não será mais a mesma EU
    ACREDITOO sim ISSO VAI DAR CERTTO
    FÉEH NAS SIMPATIAS E EM DEUS..

  • Bernardo postou em 05/05/2012

    estou loko pra comer alguem.
    se alguem quizer fode comigo me add ae
    bernardomonte@hotmail.com

  • Elias postou em 01/05/2012

    sua mae é uma bela de uma safada, estou aki sentado na cadeira de pau duro, qria ela aki setnadinha de frente no meu colo rebolando.....assim poderia xupar seu peitos deixando o ainda mais loka de tsão...
    eli_as68@hotmail.com

  • gatuneblu postou em 02/01/2012

    ki idiota blé....::

  • Pedro postou em 28/11/2011

    Muito bom o conto adorei.invente mais

  • paulo c. e postou em 26/09/2011

    eu quero conhecer sua mae tbem...eu não tenho mais mae....ja faleceu...mas adorei sua historia...posso conhece-la...?abraço...

  • Srt.Carolyne postou em 08/09/2011

    mto mto bom o conto, fiquei mto excitada 

  • Juca postou em 31/08/2011

    Adoro vagabundas eguais a essa! Você MULHER, maior de idade, lesbica ou bi, me adcionem. gosto de trocar experiencias, fotos e videos de mulherres transando, casais fazendo de tudo, surubas, etc. Tenho tara por negras e mulatas. Mas por favor, me adcione mulheres que se enquadrem. Tenho recebido convites de menores de idade e mulheres que alegam não serem vagabundas.juquinha1946@hotmail.com

  • kid bengala postou em 07/08/2011

    cara sensacional , muito bem bolado so q vc nao comeu o cuzinho duzinho dela né.

  • Rodrigo postou em 02/08/2011

    Nossa cara, muito bom, nao sei se a sua história é verdade
    O foda é que voce descreveu sua mãe igualzinha a minha xD
    Mas ela não era puta igual a sua não o.o
    ja estorei minha mãe todinha, aquela buceta rosadinha e volumosa a força
    e não me arrependo, foi melhor sensação da minha vida

  • flavio postou em 01/08/2011

    A va a merda com este conto mentiroso vc quer é dar o cu viado@!!

  • mike postou em 23/07/2011

    CARA,ANALISANDO A SUA MÃE(uma mulher super fogosa,adora rebolar,se derrete toda quando elogiada,adora engolir pau com a buceta e curte gozo interno na xota.(OU SEJA PERFEITA!!!!!!!!!!!!!!!QUEM ME DERA QUE A MINHA FOSSE ASSIM,AGORA VC DEMOROU DEMAIS PRA METER NELA E FALTOU COMER O CU PS.TEU PAI TA SOBRANDO NESSA HITORIA.



:D :P: :afff: :confiante: :convencido: :convite: :decepcionado: :derrota: :descrente: :encucado: :fascinado: :lagrima: :legal: :meia-boca: :no:

  confirmacao * Todos os campos são obrigatórios
 
 
Disque Sexo Gatas deliciosas prontas para muita putaria no telefone, é só ligar: 091 17 7878-0270 www.sexopelotelefone.com
Disk sexo - Tele Sexo Mulheres dispostas a realizar os seus desejos, basta ligar e pedir que a sua fantasia será realizada. www.sexopelotelefone.com
Quer fazer sexo? Ligue já para: 091 17 7878-0270 e veja perfis com vídeos de mulheres gostosas buscando um homem safado! www.sexopelotelefone.com
Faça Sexo Pelo Telefone Selecionamos as mulheres brasileiras mais gatas, gostosas e safadas estão esperando para ter sexo no telefone. www.sexopelotelefone.com
Sexo por telefone Mulheres procurando por sexo, ligue já para: 091 17 7878-0270 e encontre sexo em poucos minutos! www.sexopelotelefone.com