Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Levei a mana a festa | Incesto | Acervo de Contos

Levei a mana a festa

oi sou o Pablo tenho 28 anos, sou loiro olhos azuis corpo normal de um cara desta idade, tenho uma namorada ela é morena e tals linda mesmo.mas o que quero contar é sobre a minha irmã do segundo casamento da minha  mãe.Genifer por ser filha de negro ela saiu morena muito linda, bundinha bem grandinha e peitos fartos mas não muito grande gatinha. desde de que nasceu sempre foi apegada a mim, ela sempre me adorou. mas depois que ela começou a ter corpo e olhar pra meninos, ela ficou diferente mais aredia, brigava comigo, não aceitava brincadeiras. mas nada que me chama-se atenção.então o chego o dia que eu mais temia. ela chegou da escola e falou pra minha mãe -amanhã vou numa festa com uma amigas, eu disse pra minha mãe não deixar. mas as duas entraram num acordo e ela pode ir.mas eu iria leva-la e depois busca-la.no tal dia da festa minha namorada tava la em casa. então eu disse vou levar a genifer e ja volto.fiz levei ela na festa e disse que estaria la as 2 e meia pra busca-la.ela aceitou deu oi pra umas amigas e foi pra festa.voltei pra casa jantei e fui pra cama .transei normalmente com minha gata e dormimos. acordo 3 e meia da manhã com meu celular tocando. era minha irmã ja aos berros.-não vai vir me buscar e lalalalalalala.

levantei e pedi pra minha namorada se ela queria ir junto mas ela me disse que não iria levanta que era minha irmã e que eu foce busca-la.chegando la esta Genifer e mais duas amigas.-mano leva elas pra casa.pediu a maninha-levo disse eu.deixei a primeira.enquanto rumava a casa da segunda que por sinal tava no carona ao meu lado.minha irmã disse- vai la tenta.eu sem saber o que se tratava então a garota pegou minha mão e disse que queria ficar comigo me assustei mas atendia a gatinha muito lindinha loira, beijei ela e fiquei com o numero do telefone dela pra ligar outro dia...deixei a garota, a minha irmã veio pra frente no carro do meu lado.

ela tava com uma mine saia notei suas coxa e fikei louco, não via a hora de chegar em casa e transar novamente com minha namorada, e conversando com derrepente soltei aquela vinheta que todo cara solta quando tem uma gata no carro- aew vamos pra onde nois dois agora.ela me ohou engoliu uma saliva e disse -não sei. eu me liguei e quis desconversar mas ela disse o que mudou aquela madrugada- se for com vc vou a qualquer lugar.

eu não pensei duas vezes rumei pra um motel.chegando na porta olhei pra ela e disse -quer entra com o mano.ela me deu um beijo e eu fomos...

chegamos no quarto ela meio desnortiada nunca tinha entrado num motel, melhor dizendo virgenzinha..

deitei ela na cama tirei sua blusinha que libertou aqueles peitos delicioso então chupei dei mordidinhas ela gemia tirei minha camisa e abri o siper da causa, ela suspirou fundo, disse pra ela -fika tranila vc vai adora....

tirei sua mine saia a calcinha encharcada ela ja até tinha gozado tadinha...tirei aquele pequeno pedaço de tecido com os detentes e chupei ela locamente ela gozava se retorcia..

baixei calça e cueca tudo ao mesmo tempo ela olhou 20 cm.aproximei dela e ela disse-não sei chupar. eu retruquei chupa e eu te digo se ta bom ou não...nossa ela ja devia ter testado com alguma outra coisa, chupo tam bem nossa sem firula gozei enchi sua boquinha ela iria gospir mas eu não deixei- engole tudo vai, isso é do teu homem engole...e ela engoliu tudo então parti pro melhor aquela bucetinha linda com os pelinho em forma de escovão,bucetinha de garota nova...passei a cabeça na portinha ela dava umas gemida que me deixava louco então eu disse o mano vai bem devagar pra não te machucar...fui forçando ea se retorcia gemia gritava entrou a cabeça dei um minuto pra ela e botei tudo...nossa saiu uma lagrima daqueles olhos negros...dei mais um minutinho pra ela e comecei um vai e vem louco...

ela agarada amim prarecia que tinhamos nascido assim grudados nada nos separava naquele momento...ela gemia e seu gemido no meu ouvido ela delicioso-maninho aiai maninho ai assim isso sou tua te amo sempre te amei...sou sua mulher fica só comigo...sou tua sempre que voce quiser eu te amo...ela deve ter gozado umas 4 vezes...então eu não me aguentei mais gozei..enchi sua bucetinha com minha gala...mas eu queria mais..virei ela de quatro lambuzei seu cuzinho com um lubrificante que estava numa cabeceira da cama..e ela se me nega nada me deu o cuzinho maravilhoso que eu sempre quis...nossa bombava ela ja quase chorando de tesão...eu só notava suas coxa cheia de seu orgamos, sim por que escoria...

gozei em seu cuzinho..nos deitamos um pouco.. nos beijamos e fomos embora...no caminho ela me contava que era apaixonada por mim e depois ela provou mostrando um diario secreto com fotos minha e dela e frase do tipo te amo maninho e tals...mas pra enserar isso que conto a voces..por minha falta de noção engravidei a garota e hoje tenho uma filha de seis meses com minha irmã...minha mãe não sabe que sou eu o pai da criança a Genifer nunca disse quem era...como eu e Genifer ficamos eu conto na proxima vez

 

Gostou? Vote no Conto:

89756 visitas