Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto
ninfetas porno safadas amadoras sexo anal bundas

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Eu acabei comendo a minha sobrinha | Acervo de Contos

Eu acabei comendo a minha sobrinha

Tenho 39 anos, 1,75cm de altura, cabelos castanhos e lisos, corpo em forma e pratico alguns esportes relacinamento, uso quase sempre shorts de nylon. e relaciono bem com todos os meus familiares, em especial com a minha sobrinha que tem 26 anos, que iremos chama-la de renata. Sempre quando vou correr , passo na casa dela e por varias vezes já percebi que ela me olha com um olhar de cobiça, sempre me falando das minhas pernas. Em um desses dias ela me falou que eu dava um belo tio glauco, fazendo referencias ao ATOR EDSON CELULARE e com um olhar de safada complementou dizendo, ah se o senhor não fosse meu tio eu te catava de jeito então eu disse que em lugar nenhum fala que sobrinha com tio é pecado, neste momento eu já tava com o pau duro e ela que não era boba já tava de olho e me disse que eu era bem tarado, bem que a prima dela tinha falado pra ela que eu era um a maquina de fazer sexo, dai então ela a falar que por varias vezes sonhou que estava metendo comigo,então ela me mandou ir embora, porque aquela conversa não iria dar certo,aí eu falei para ela que era a hora dela realizar o tão gostoso sonho, fui logo lhe pegando pelo meu daquele delicioso corpo e puxando contra meu corpo, encostando o meu pau na barriguinha dela, senti quando ela respirou fundo e disse quase sem folego, ai tio de hoje não passa e me deu um beijo na boca, escorregando sua mão pelo meu corpo até chegar no meu pau e começou a acriciando, logo atrás elas veio descendo com aquela lingua, molhada e quente, puxou meu shorts, colocou o meu pau na boca e começou a chupar bem gostoso, nessa altura eu já não tava mais me aguentando de tanto tesão e ela me olhava com aquela cara de safada e me dizia...aiii que pauzão gostoso, aiii, vai tio dá bastante leitinho na boca da sua querida sobrinha, mata a sede e o fogo no rabo que eu tô sentindo, ela engolia o meu pau inteiro e foi aumementado o ritimo cada vez mais até que eu não consegui mais segurar e disse para ela, eu vou gozar , ela me disse não desperdiça nada goza tudo aqui dentro da minha boca que eu vou engolir todo esse leite, que a muito tempo eu queria saborear, então eu soltei todo aquele jato quentinho dentro da boca dela e ela continuou chupando o meu pau, eu logo tratei de devolver todo aquele carrinho, tirei toda a roupa dela, fui logo chupando aqueles deliciosos peitos da ponta roxinha , senti que ela delirava com as minhas chupadas, coloquei a mão na xoxota dela e aquilo já tava molhadinha, não perdi mais tempo, fui metendo a lingua na bucetnha dela que tava semi raspada ou seja deixou só a testa sem raspar mais ocrtou bem curtinho, fui lanbendo e de vez em quando atolava a linha e revesava com umas chupadas, até fazer ela gozar , meu pau tava babando igual cachorro louco e a Renata gemia alto de tanto tesão, então eu cravei a minha vara naquela bucetinha, depois de varias posições eu coloquei ela de quatro e fui bombando e olhando para aquele cuzinho que as vezes até me chamava pelo nome, logo falei para ela me deixar comer o seu cuzinho, ela falou que tava com medo que nunca tinha dado o cuzinho para ninguem, mais com jeitinho fui encaixanado o meu aquele delicioso cuzinho, ela rebolava e gritava e foi me ajudando a fincar tudo dendro do cu dela e me dizendo vai tio!!!!! mete esse pauzão gostoso no meu cuzinho!!1, o senhor é o primeiro a comer o meu cuzinho, então fui enfiando o meu pau naquele cuzinho apertado ela gemia muito dizia que tava duendo mas não era para parar foi passando um lubrificante que ela tinha e ela entrou em um delirio me pedindo para meter com mais força que ela eria gozar, senti que ela estava jorando de tanto tesão, tambem não consegui segurar mais , falei que eria gozar ela rapidamente tirou o meu pau do cuzinho e abriu a boca e me mandou gozar tudo dentro da sua boca de novo, enchi a boca dela, confesso que ela é um veneno para metr, isso sim é uma sobrinha muito boa. Depois disso, ficamos meio com vergonha, mais foi só até o primeiro encontro e começamos tudo de novo e já marcamos outro encontro dessa vez com a prticipação da empregada dela. Isso não boato é fato, na opotunidade, contarei outras façanhas que eu e a biscate da minha subrinha aprontamos.

 

Gostou? Vote no Conto:

05/01/2010 | 220259 visitas

 
 
 
flagras gostosas amadoras