Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto
porno amadoras bundas videos porno filmes porno amadoras

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Reencontro com meu primo | Acervo de Contos

Reencontro com meu primo

Bom pessoas, este é o meu primeiro conto,perdoem-me os erros os quais talvez eu os deixe passar sem notá-los e até mesmo pela extensão dele. Tenho lido assiduamente todos os relatos e contos desse site, o que me deixou mais animada para contar a vocês algo que realmente aconteceu comigo há mais ou menos dois meses. Mas, primeiro irei me apresentar me chamo Rebecka (nome fictício), tenho 23 anos, 1,57m, 65kg, morena clara, cabelos lisos com luzes loiras, seios médios, bumbum grande o qual os homens quando passo olham, por ser bem redondinho e modéstia parte bem apetitoso.
Vamos ao que interessa, sempre fazíamos aquelas safadezas de primos, ficávamos rolando um em cima do outro num sarro muito gostoso, mas nada de penetração. Morávamos praticamente juntos, pois nossas mães eram vizinhas, porém infelizmente minha tia arrumou um emprego em , e eles tiveram que ir embora. Passamos seis anos sem nos ver, e eu sempre lembrando do tesão que o Pedro (nome fictício) me fazia sentir.
Até que no começo de agosto desse ano, meu celular toca:.
- Alô - a voz do outro lado
- Quem é que está falando: - eu respondi prontamente, se fosse algum tipo de brincadeira eu desligaria de imediato.
- Minha gostosa, que saudade de você.
Eu sem hesitar gritei euforicamente: - Pedrinho meu amor que saudade quanto tempo, como você está?? Tanta coisa pra te contar e...
Antes que eu terminasse ele me interrompeu e falou
- Tenho uma boa notícia pra te dar...
- O que é?? - Eu respondi
- Estou aqui na frente da sua casa.
Não tive dúvidas, não sei o que me deu, mas joguei celular pra o lado e sai correndo em direção a porta, quando eu abri, eu me senti anestesiada, Pedrinho que há seis anos era meio magrelo, 1,75m, 65kg, usava óculos e aparelhos nos dentes, hoje com 80kg, 1,80, todo malhado, com um sorriso maravilhoso estampado em seu belo rosto. Praticamente me joguei nos braços dele o abracei forte, e ele retribuiu o abraço sussurrando no meu ouvido, quanta saudade desse seu cheiro. Eu beijei ele ali mesmo na porta de casa, não me importava com o que os outros iriam dizer, se contassem a alguém problema deles.
Pedro me arrastou pra dentro de casa sem deixar de me beijar, fechou a porta e falou pra mim:
- Vamos para seu quarto?
Eu logo o afastei e disse você enlouqueceu foi? Você é noivo, vai se casar daqui a duas semanas, eu não posso, não consigo e...
Antes que eu terminasse de falar, Pedro me puxou pra bem perto dele e falou:
- Você sabe o tesão que eu sinto por você, e eu sei que você tem por mim, vai prima me faz ser o homem mais feliz desse mundo, e me dá uma despedia de solteiro digna dos deuses, e deixa seu primo te comer gostoso deixa?
Gente como negar a um pedido desse? Me rendi, comecei a beijá-lo novamente, dessa vez com mais calma, um beijo bem molhadinho com trocas de línguas, e fui desabotoando a camisa dele, beijando e mordiscando de leve aquele corpo tão lindo e cheiroso que era o dele, desabotoei a calça e vi saltar pra fora aquele pau maravilhoso dele, nada muito extravagante, mas o suficiente pra dar uma boa esfolada (19cm mais ou menos rsrsrs), logo abocanhei aquele pau maravilhoso, pincelando com a língua a cabeça dele, e chupando todo, punhetando devagarzinho, depois aumentava a velocidade sem deixar de chupar ele, acariciando as bolas e olhando bem fundo nos olhos dele e passando a mão na minha buceta que já estava ensopada de tanto tesão, eu só escutando ele gemer e me falava: - Não acredito que eu perdi seis anos da minha vida, se eu soubesse, ai prima chupa esse pau que é todo seu, vai safada... Como ele me excitava, quando ele estava prestes a gozar me ergueu e tirou meu vestido, me beijando loucamente, acariciando meus seios, mamando neles como se fosse a última vez que sentiria os seios de uma mulher na sua vida, ele me colocou no colo me levou pra o quarto.
Nos deitamos e começamos a nos esfregar ali, ele tirou minha calcinha e enquanto beijava meus seios, passava dois dedinhos no meu grelo que estava duro de muito tesão e minha buceta muito molhada, ele olhou nos meus olhos e falou:
- Agora seu primo aqui vai te mostrar como levar uma mulher a loucura! Ele desceu até minha buceta e passou a língua de leve, quase não tocando ela, bastou isso e eu já gozei rsrsrs, mas ele não parou não, começou a me chupar mais ainda, mordiscando de leve ao mesmo tempo que chupava e enfiava dois dedos nela me levando a loucura, gozei pela segunda vez, e ele engoliu cada gota do meu tesão por ele. Ele veio por cima de mim pincelando aquele pênis maravilhoso na minha buceta, colocando devagar, e aquilo me matando de tesão, aí eu falei pra ele quase gritando: - Seu cretino isso é o melhor que você sabe fazer, vem e me fode direito seu safado. Ele não hesitou e meteu com força enfiando aquele pau maravilhoso dentro de mim, com muita força, num vai e vem maravilhoso. Ele me colocou de quatro e foi aí que começou a me foder mesmo, nós dois estávamos gemendo de prazer e ele falou:
- Prima estou quase gozando deixa eu gozar na sua boca deixa? = Não esperei ele pedir duas vezes, comecei a chupar aquele pau de novo, sentindo o gosto do meu próprio corpo, foi quando ele estremeceu bombando aquela porra toda na minha boca, a qual eu bebi toda, sem deixar uma gota sequer naquele pau gostoso.
Nos deitamos um ao lado do outro trocando carinhos, ele olhou para mim, e me agradeceu, falando que eu fui a mulher mais gostosa que ele já comeu na vida dele. Nos despedimos e ele foi embora, e eu fiquei aqui só pensando e batendo sirica imaginando ele comendo meu cuzinho. E isso ele fez um dia antes do casamento dele, mas isso é outra história, depois eu relato aqui para vocês!
Beijos.

 

Gostou? Vote no Conto:

16/03/2012 | 14023 visitas

 
 
 
sexo amadoras videos porno