Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Primeira foda com minha cunhada | Acervo de Contos

Primeira foda com minha cunhada

PRIMEIRA FODA NA MINHA CUNHADA
Minha cunhada é uma morena fenomenal, sempre dei em cima dela e ela sempre discretamente me evitou. Muitas vezes ao se despedir ou ao nos encontrarmos eu apertava a mão dela mais fortemente ou a abraçava exageradamente contra o meu corpo fazendo ela sentir meu pau duro nas suas pernas. Ela nunca reclamava, mas também nunca alimentou os meus desejos de possuí-la. O tempo foi passando e eu comecei a desistir de tentar alguma coisa, acho que ela notou que eu parei de assediá-la, então um dia que não sei se por sorte, manobra do destino ou por desejo oculto dela, aconteceu.
Eram seis horas da tarde, eu acabara de chegar à minha casa do trabalho e fora direto para o chuveiro. Estava no meio do banho quando ouvi a campainha da casa tocando. Enxuguei-me na toalha, vesti um roupão por cima do corpo nu e fui abrir a porta. Era a minha cunhada.
A princípio ela pareceu ficar desconsertada por me ver com o cabelo molhado e de roupão, mas eu a peguei pela mão e a puxei para dentro de casa fechando a porta com chave. Dentro de casa fui cumprimentá-la com um beijinho no rosto que desviei para o mais próximo possível da sua boca.
-Vamos subir, o pessoal logo vai chegar.
-Quem sabe eu volto depois? Poderia aproveitar e passar no supermercado antes.
-Nada disso, vem cá quero a tua opinião sobre um CD de música que eu comprei.
Subimos para o andar de cima e eu coloquei uma música romântica para tocar.
-Cunhada, vamos dançar?
Ela deu uma risada e respondeu;
Adoro dançar.
Comecei a música dançando afastado dela, mas pouco a pouco fui apertando aquela cintura fina. Rosana é uma morena linda que gosta de exibir sua beleza. Sempre que a música ajudava, eu fazia movimentos que permitisse esfregar o corpo dela no meu.
A Rosane estava maravilhosa, usava um vestido curto que permitia apreciar a cor e o contorno das suas pernas, Arrodiei ela e a abracei por trás, continuamos dançando assim com a bundinha dela colada em mim. Ela podia sentir meu pau duro roçando na sua bunda, Fui me aproximando da escada e a coloquei encostada na grade. Lentamente fui curvando a Rosane de forma que sua bundinha ficasse levantada; Puxei o vestido da Rosane para cima e antes que ela reclamasse coloquei meu pau dentro das calcinhas delas.
-Não devíamos fazer isso, É errado com o meu marido e com a tua mulher.
-Talvez seja, agora, mas eles poderão fazer o mesmo depois e tudo ficará igual, agora vamos aproveitar.
Eu me deliciava com a situação, minha cunhada é muito cheirosa e vendo ela de costas para mim, com a bunda redondinha levantada, permitindo eu esfregar o meu penis naquelas nádegas lisas e roliças me fazia sentir um enorme prazer. Ela preocupada, olhava para o vão da escada tentando ouvir um possível som que fosse o indício de alguém chegando à porta da frente. Eu bombeava de vagar, sempre acariciados seus seios maravilhosos, por cima do sutiã. Falei no ouvido dela.
-Te desejo desde que te conheci. Sempre tive muita vontade de te tocar.
-Eu percebia, mas não acho certo fazer isso.
A Rosane dissera que não, mas já com a vos tremida, eu bombeava meu pau na bundinha dela que começou a ficar cada vês mais molhada pelo liquido cheiroso da sua bucetinha. Meu pau já encontrara o caminho do prazer e roçava os lábios da sua vagina á procura da entrada, Pude sentir que a minha cunhada pouco a pouco se entregava mais.
Baixei as calcinhas dela e num toque sutil enfiei a cabeça do pau na buceta da cunhada, Ela deu um gemido e ficou quieta. Como eu já tinha entrado , comecei novamente a acariciar os seu seios. Desprendi o fecho do sutiã e com as duas mãos segurei aquelas delícias macios e de bicos bem durinhos. A Rosana começou a gemer mais alto e se abaixou mais um pouquinho, facilitando uma maior penetração. Enfiei todo o pau naquele buraquinho quente e molhado.
A Rosane se segurava no ferro da escada e eu bombeava cada vez mais para dentro dela, ficamos fudendo assim por uns dez minutos. Era uma maravilha olhar e ver o meu pau sumir dentro da bucetinha da cunhada, eu retirava todo o pau devagarzinho e num golpe só enfiava até o fim, noutra vez eu sacava o pau num puxão só de dentro dela e depois penetrava devagarzinho até o fundo. Outras vezes eu retirava e botava ligeiro muitas vezes seguidas, numa série deliciosa, depois para descansar, continuava tirando de dentro e penetrando tudo bem devagarzinho. O tempo foi passando sem eu ou ela percebermos. Foram minutos agradáveis de muito prazer para nós dois. Havia uma cumplicidade amiga entre nós que nos conhecíamos há vários anos. É uma coisa muito boa foder uma mulher que se deseja e que se quer bem. De repente ela me disse.
-Gosa para terminar.
Eu não respondi, jamais faria aquilo, seria como que eliminar todas as chances de um outro encontro, falei carinhosamente:
-Não consigo gozar ligeiro e continuei bombeando. Variando os movimentos e o ângulo que o meu pau á penetrava. Rosana gemia, não cuidava mais para a escada, estava concentrada em sentir meu pau invadindo a sua bucetinha e enchela por dentro. Num dado momento percebi que a cunhada começava a ficar com a pele toda arrepiada, passado mais uns dez minutos ela disse com voz tremula.
-Vou gozar.
Continuei bombeando rápido e fundo, de vagar e fundo, até que senti meu pau ficar completamente molhado dentro da Rosane que gemia alto enquanto o seu orgasmo fazia todo o seu corpo tremer. Neste momento soltei meu esperma dentro dela. Foi uma ejaculação intensa que ela também saboreou. Não tirei o pau de dentro dela, continuei a bombear, e a fuder a cunhada por mais uns dez minutos. A Rosane teve um orgasmo incrível comprido e delicioso. Sua voz gaguejava e parecia rouca quando dizia:
-Chega, senão vou desmaiar. Eu não parei, continuei aquela foda maravilhosa. Quando senti que ela fraquejava as pernas, fui diminuindo as estocadas até que finalmente parei dentro dela. Depois de algum tempo parado com o pau atolado na cunhada, senti o corpo dela inteiro tremer, era o seu último orgasmo, tinha acontecido sem movimento nenhum, só pela sensação de prazer que ela sentia com o meu pau dentro dela.
Finalmente parei. dei um beijo nas suas costas e lentamente fui retirando o pau de dentro dela. A Rosana com a cabeça debruçada nos braços ficava bem quietinha esperando as forças voltarem a suas pernas. Depois fui sentar no sofá. A Rosane continuou em silencio, com a cabeça apoiada nos braços e com aquela bunda redondinha e empinada para cima, Os saltos altos dos seus sapatos faziam suas pernas durinhas cor de cobre ficarem mais bonitas ainda. Só de olhar para aquela vista maravilhosa meu pau começou a levantar de novo. Fui até o armário ao dado e rapidamente peguei um vidrinho de vaselina. Com três passos fiquei de novo atrás da Rosane e comecei a acariciar aquela bunda com o óleo. Cada vez que passava pelo cuzinho da Rosane eu forçava a entrada de um dedo, ela respondia a isso só com um gemido. Quando achei que era a hora, coloquei o pau na entrada do cusinho dela e empurrei. Não foi muito difícil entrar, A cunhada tinha um anus complacentes que permitiu eu entrar sem muita dor. Fiquei parado lá dentro enquanto acariciava as costas lindas da Rosane sentindo sua excitação superar a dor. Eu sabia que aquela relação era dolorida para a mulher, mas o sexo anal é algo muito excitante para o homem, comer o cusinho da minha cunhada era um sonho que eu não podia deixar de realizar.
Por trás da Rosane, com o pau dentro do cuzinho dela, segurei seus dois seios e a levantei para cima. Ela ficou em pé na minha frente de olhos fechados e completamente dominada. Movi nossos corpos juntos e fui com ela para a frente de uma poltrona reclinável.
Com as minhas mãos nos encostos da poltrona comecei a sentar, Para que meu pau não saísse de dentro dela, ela acompanhou o movimento e sem nenhuma palavra até eu ficar sentado na poltrona com ela em cima de mim. Reclinei para trás o móvel e fiquei sentindo todo aquele corpo maravilhoso e cheiroso deitado em cima de mim com o meu pau dentro dele.
A Rosane continuava de vestido, levantei a parte da frente e comecei a acariciar a sua buceta. Não era grande, ela conservava os pelos pubianos depilados. Comecei a acariciar aqueles lábios carnudos da vagina e a cunhada começou a fazer movimentos suaves em cima de mim. Gradativamente fui aumentando os movimentos dos dedos, sempre brincando com o clitóris cor de rosa da minha cunhada, Foi incontrolável, a Rosane começou novamente a tremer, meu pau estava todo dentro dela e a sua vagina estava entregue para as carícias dos meus dedos. Sem falar nada, a Rosane virou a cabeça para mim e eu beijei deliciosamente a sua boca. Ficamos muito tempo assim, com meu pau no cusinho dela, minha mão na sua bocetinha massageando o seu clitóris e a minha língua dentro da boca dela. De repente aconteceu. Começamos os dois a tremer e um orgasmo intenso começou ao mesmo tempo em nós dois. Não sei quando durou, mais foi maravilhoso tanto para mim quanto para ela. Ficamos muito tempo naquela posição degustando o acontecido e sentindo o calor e a macies dos corpos e a magia do momento.
Com toda a delicadeza tirei meu pau do cuzinho da Rosane e sai de baixo da cunhada deixando ela sozinha sonolenta na cadeira. Fui até o banheiro e me lavei. Tomei um banho quente e fiquei imaginando o ocorrido. Parece mentira que aquela mulher que eu tanto desejara estivesse ali numa cadeira reclinável, totalmente disponível para mim e cheia de esperma meu dentro dela. Comecei a me excitar de novo, me enxuguei na toalha e subi as escadas para o andar de cima. A Rosane estava reclinada na mesma posição, me aproximei dela pelo lado da cadeira e comecei a passar o meu pau no seu rosto. Esfreguei na testa, no nariz e nos lábios. A Rosane não abriu os olhos, mas abriu os lábios e eu coloquei meu pau naquela boca linda que tanto me excitara só em olhar. Fiquei bombando na boca da Rosane, para aumentar o meu prazer ela segurou o meu pau com uma mão e com a outra me acariciava as bolas. Aquela boca macia e quente, aquela mulher maravilhosa cheia de esperma meu no cú e na bucetinha deixava eu me deliciar sozinho na sua boca. Fui até as nuvens e gozei mais uma vês dentro daquela mulher amada. A Rosane recebeu todo o meu esperma na boca e continuou segurando meu pau dando ainda uma passada de língua na ponta para sugar a última gota. Então ela me largou e virou para o lado.
Fiquei sentado na poltrona olhando a cunhada reclinada na cadeira de olhos fechados. Ela estava inundada de esperma meu, eu avia gozado três vezes naquela mulher deliciosa e o pensamento que me assaltava era se haveria uma outra vez.
Passado um bom tempo, a Rosane se espreguiçou e disse:
-Preciso me lavar. Foi para o banheiro e demorou um pouco, por esse tempo eu senti um vazio dentro de mim, a presença dela provocava em mim alguma coisa que se comparava com o sentimento de realização. Quando voltou estava mais linda ainda, no seu rosto tinha um brilho de felicidade. Seu jeito de caminhar e mover-se sempre me excitada. Disse assim:
-Foi muito bom embora tenha sido errado.
-Não foi tão bom quanto poderia ser. Respondi.
-Por que? Não gostaste?
-Adorei, mas se eu estivesse contigo num hotel, e tu completamente pelada eu te aproveitaria muito mais. Daí sim tu ias conhecer o que é um orgasmo total.
Rosane tinha sentado no sofá sem se preocupar com a postura, seu corpo que estava relaxado, mas a mente atenta me perguntou.
-O que tu queres dizer com orgasmo total?
-É quando a mulher emenda um orgasmo no outro numa secessão que pode durar horas.
-Não acredito isso nunca me aconteceu disse ela.
-Claro tu ou o teu marido não quis que acontecesse, o casamento traz a certeza do sexo repetitivo, por isso ele é curto, mas uma mulher que a mulher aprende a fazer o orgasmo total, leva para o marido um grande presente. Faz com que o marido nunca mais deseje outra mulher.
Um silêncio se fez entre nós, eu ia convidá-la para um novo encontro quando ouvimos no andar de baixo o barulho da porta se abrindo. Rosane me enviou um sorriso revelador ma simplesmente moveu-se para uma posição mais elegantemente na poltrona.
Fui para o banheiro terminar de me vestir. Quando voltei, minha mulher e a Rosane na cozinha estavam combinando fazer uma janta para os maridos. A campainha lá em baixo tocou novamente e eu fui abrir a porta para o meu cunhado que me disse nas escadas quando subíamos.
-Minha secretária é um tesão, temos que sair para eu te contar a foda que eu dei nela hoje de tarde.
-Meu remorso não teve nem tempo de se criar. Jantamos em paz. No meio da refeição coloquei meu pé sobre o da cunhada e ela não retirou o seu. Comemos assim pois o meu esperma havia selado em nós dois uma cumplicidade eterna.
-Na despedida disse no ouvido da Rosane. Quarta feira ás 14h vou passar na frente do teu edifício para te pegar. Ela não respondeu nada, outras pessoas se aproximavam de nós, mas seu olhar me dizia que ela iria estar lá no horário.
A semana que vem eu conto como foi.

 

Gostou? Vote no Conto:

13/04/2010 | 58800 visitas

 

Comentários

  • pCTWF5qdGoD postou em 22/07/2014

    Ana, devem ser fotos recentes, ou o peosasl descobriu este fotf3grafo recentemente... De qualquer forma, as fotos se3o incredveis mesmo!Batata Frita, eu tambe9m estava morrendo de saudades! Os faltimos dias de fe9rias foram f3timos, passamos na praia! O tempo estava nublado, mas fez calor todos os dias e conseguimos ate9 pegar uma corzinha! Agora je1 estamos de volta ao trabalho, e meu filho de volta e0s aulas. Concluse3o: correria! ;o)Marize9, o passeio foi maravilhoso, fomos a uma cidade do litoral que ainda ne3o conhecedamos. E a companhia tambe9m foi f3tima, nos divertimos muito com a famedlia da prima do meu marido! Difedcil foi voltar para a rotina normal... :o( Mas tambe9m estou feliz de estar de volta ao blog!Dinha, que bom que vocea gostou, querida!Julia, eu tambe9m fico morrendo de saudade desse carinho todo, sabia? E e9 bom saber que sentem a nossa falta, amiga... Agora ne3o devo "sumir" por um bom tempo, pode deixar! ;o)Doces Cozinhados, fico feliz, querida!Aninha, pelo jeito estas fotos este3o fazendo muito sucesso, ne3o e9? Tambe9m achei incredveis! ;o)Drica, eu tambe9m estava com saudades de voltar para o blog e para cozinha! Agora tenho um monte de coisas acumuladas para fazer, amiga... Acho que vou passar o carnaval com a barriga no foge3o! :oPCle1udia, estas fotos se3o uma loucura total, a criatividade do fotf3grafo e9 incredvel! Quanto e0s fe9rias, je1 contei aqui em cima que foram maravilhosas... Ne3o pegamos chuva durante o dia, as criane7as ne3o saedam do mar e a companhia estava perfeita. Ne3o precisa de mais nada! ;o)Nunca Treze e0 Mesa, que bom que vocea gostou da campanha Adote um Gato! c9 realmente um trabalho muito bonito! Quanto ao encontro, je1 fizemos um em outubro do ano passado, e foi super bacana! Se quiser dar uma olhada no meu post sobre o encontro, . Mas e9 claro que pretendemos promover outros encontros, pois o nfamero de blogueiros em Campinas e regie3o cresce a cada dia! Se vocea quiser "agitar" alguma coisa, eu dou o maior apoio. ;o)Bia, obrigada pelo link! Pode deixar que vou te visitar em breve, OK?Um beije3o para voceas!

  • jose mauricio postou em 04/06/2013

    Engraçado que todo conto erótico o perfil dos personagens são sempre os mesmos,lindos,gostosos,pintudos,charmosos.As mulheres,lindas maravilhosas,gostosas,dão fácilmente o cúzinho,são delirantes.Vá para a PQP,ser mentiroso assim na casa do cara......Deveriam mudar um pouco a redação dos contos,e contar algumas verdades da vida cotidiana.Seria mais honesto,da parte do "contador de história".Adoro os contos eróticos,mais existe muita inventação,poderiam contar umas verdades,indenpendente dos personagens....Ninguém é tão lindo e perfeita assim,tem barangas,que também metem gostoso....

  • jose mauricio postou em 04/06/2013

    Engraçado que todo conto erótico o perfil dos personagens são sempre os mesmos,lindos,gostosos,pintudos,charmosos.As mulheres,lindas maravilhosas,gostosas,dão fácilmente o cúzinho,são delirantes.Vá para a PQP,ser mentiroso assim na casa do cara......Deveriam mudar um pouco a redação dos contos,e contar algumas verdades da vida cotidiana.Seria mais honesto,da parte do "contador de história".Adoro os contos eróticos,mais existe muita inventação,poderiam contar umas verdades,indenpendente dos personagens....Ninguém é tão lindo e perfeita assim,tem barangas,que também metem gostoso....

  • Kelinha postou em 30/08/2011

    Já transei assim..
    Com o noivo da minha ex cunhada. Foi uma experiencia muito exitante...

  • carla postou em 29/08/2011

    vcs querem me comer assim

  • Marcelo postou em 23/02/2011

    Sou tarado na minha cunhada, mesmo um pouco gordinha ela tem um charme de safada na cama, que gosta de trepar e muito, já sonhei varias vezes, varias punhetas para ela, acho que ela desconfia, olho para ela com desejo, ela tem um seios maravilho, quando a vejo então de bikini...hummmm....é o meu sonho de consumo, as pernas lindas, quando a vejo de saia tento ver a calcinha... e ela já percebeu....nos abraços mais apertado....nossa....se der mole e ficar quieta ....te como inteira P

  • Marcelo postou em 23/02/2011

    Tenho 3 cunhadas maravilhosas, mas sou tarado em uma, ela é casada tem 2 filhos, uma delicia, as vezes acho que ela dá mole, tipo dobra as pernas e sabe que estou olhando, sabe que olho no decote, esbarro nela com desejo, tenho muito tesão por ela, já sonhei trepando com ela...mesmo acima um pouco do peso, ela é uma delicia

  • carlos postou em 01/06/2010

    otimoooooooooo

  • carlos postou em 01/06/2010

    otimoooooooooooo

  • Ruy postou em 20/04/2010

    Amei esse comentário e gostaria de ler outros como esse amo os contos de incestos me excitam muito, eu tambem já comi uma cunhada e sou louco para comer as outras que tenho.

    um abraço.

  • casalfelizbahia@hotmail.com postou em 19/04/2010

    tenho uma cunhada gostosa e estou doido para fazer isso tudo com ela ,mas ela è muito dificil..o que faço?????

  • ivanildo cordeiro postou em 19/04/2010

    òtimo conto. nota dez.

  • Drica postou em 16/04/2010

    Adorei.
    uma vez tive uma foda assim.

  • bruninha postou em 16/04/2010

    gostei muita da´´ primeira foda com a cunhada´´aguardo a segunda anciosa!



:D :P: :afff: :confiante: :convencido: :convite: :decepcionado: :derrota: :descrente: :encucado: :fascinado: :lagrima: :legal: :meia-boca: :no:

  confirmacao * Todos os campos são obrigatórios
 
 
Disque Sexo Gatas deliciosas prontas para muita putaria no telefone, é só ligar: 091 17 7878-0270 www.sexopelotelefone.com
Faça Sexo Pelo Telefone Selecionamos as mulheres brasileiras mais gatas, gostosas e safadas estão esperando para ter sexo no telefone. www.sexopelotelefone.com
Quer fazer sexo? Ligue já para: 091 17 7878-0270 e veja perfis com vídeos de mulheres gostosas buscando um homem safado! www.sexopelotelefone.com
Sexo por telefone Mulheres procurando por sexo, ligue já para: 091 17 7878-0270 e encontre sexo em poucos minutos! www.sexopelotelefone.com
Disk sexo - Tele Sexo Mulheres dispostas a realizar os seus desejos, basta ligar e pedir que a sua fantasia será realizada. www.sexopelotelefone.com