Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Judiando do meu esposo | Heterosexuais | Acervo de Contos

Judiando do meu esposo

Sou morena clara, 1,71cm, seios empinadinhos e uma bunda maravilhosa.Outro dia tive um sonho maravilhoso. Sonhei que passava a noite toda fazendo amor, trepando como uma vadia, como uma putinha no cio.

Quando acordei, estava toda molhada, mas infelizmente meu esposo já tinha saído pra trabalhar. Então passei todo o dia segurando aquela vontade, e no fim da tarde lhe enviei um foto torpedo com a seguinte mensagem: Olha só, minha bucetinha está babando de vontade de sentar no seu pau.

Prontamente ele me respondeu: Oi amor, que é isso delicia, assim vou ser obrigado a sair mais cedo daqui, vc não pode passar vontade. Otimo, respondi, vem logo que eu tô louquinha pra fuder. Então tomei banho, vesti apenas uma calcinha vermelha fio dental, que quase se perde em minha grande bunda, coloquei um robby por cima e fiquei lhe esperando. Não demorou muito e ele chegou, abri a porta e lhe agarrei pra dentro de casa. Ele disse: nossa amor, vc está muito gostosa, que delicia de mulher, eu sou mesmo um abençoado. Eu lhe disse: então aproveita bem, que hoje eu to louquinha, sonhei com sexo a noite toda, vem me comer vem safado.

Ele colocou sua mochila no chão e eu o puxei para cima do sofá, fui abrindo sua camisa, enquanto beijava cada pedaço de seu pescoço, descendo para o peito, com todo o carinho que ele merece. Acariciei seu mastro grosso, e senti que estava no ponto. Só pra fazer maldade, parei em sua frente e disse: vc quer me pegar agora quer? Vai ter que esperar um pouquinho. Entao liguei o som, com uma música bem leve e comecei a dançar pra ele, queria ve-lo louco de tesão, rebolava, me acariciava, tirei o robby e sentei em uma cadeira de frente pra ele só de calcinha, abri bem as pernas e comecei a me acariciar, me masturbando pra ele, e ele nem piscava me olhando. Levantei e sentei em seu colo, de costas pra ele, e senti aquele pau maravilhoso enquanto rebolava e ouvia: ai puta, vc me deixa louco desse jeito, senta nesse pau senta, deixa eu comer essa bucetinha vai, mexe assim mexe. Não amor, não tá na hora ainda, a bb quer mamar. Então abaixei sua calça e fiquei de joelhos em sua frente, tirei aquele pau duro como pedra e comecei um boquete delicioso. Ele gemia, nossa amor, chupa, chupa? isso vai puta mama gostoso mama, poe todinho na sua boquinha vai, ahhh, uhhhh, uhhh, que delicia bb, isso assim, chupa gostoso vai, mais, isso, assim vadia, vc gosta de mamar néh, então chupa tudo, chupa, chupa? uhhh, ahhh, ahh, delicia vadia, chupa gostosa, vai, ahhh, uhhh?eu to quase gozando amor, senta aqui, senta no meu pau vai, senta delicia de puta essa. Não amor, ainda não goza na minha boca goza safado, da leitinho pra puta vai, da leitinho amor? isso, ahhh. E ouvi aquele gemido forte, ahhh delicia puta, delicia, ahh uhh, mama mama, toma leitinho toma? que gostosa vc é amor. E me levantou levando meu corpo contra o seu e beijando minha boca loucamente. Aproveite a proximidade e comecei a rebolar denovo, em pé, me virei de costas e passava minha bunda em seu pau que já estava ficando duro novamente, ele apertava meus seios, enquanto beijava meu pescoço. Eu já não aguentava mais, precisava sentir aquele pau dentro de mim, me dominando, me enchendo, pedi então que ele se deitasse no tapete, e eu chupei seu mastro novamente, bem devagar, chupava as bolas e o pau, a cabecinha vermelha como se fosse explodir, subi pelo seu peito e lhe beijei docemente, devagar, fazendo o meu tesão subir mais e mais, posicionei minha buceta em cima daquele presente maravilhoso e sentei? ahhh delicia amor, que rola grossa, uhh? fica na portinha fica, e rebolei bem de leve, meu corpo suava de tesao, estava louca em cima daquela rola grossa e dura. Comecei a rebolar feito louca, cada vez mais rápido, não aguentava mais, gozei gostoso, ahhh amor, mete mete mete, mete tudo não para não amor, mete mais? isso mete mete, ahhh, uhhh, aahh, mete gostoso mete? delicia.

Ele dizia: isso vadia, goza nesse pau goza, puta safada? assim, do jeito que vc gosta vadia? cadela, rebola rebola, não para não rebola e goza gostoso safada? isso assim igual puta? ahh uhh uhh uhh ahh, cachorra? deixa eu te comer de costas deixa? vem aqui? Ele me levantou, me encostou de frente para a parede? levantou minha perna e meteu o pau na minha xaninha molhada? eu gemia feito louca? e ele metia com força, enfiava até o talo? que maravilha? as bolas batendo no meu cu que piscava por rola?

Ai amor, come meu cu come? mete nesse cuzinho gostoso. Ele enlouqueceu com meu pedido. Me encostou no sofá, com a bunda pra cima? ai vadia, que bunda linda vc tem? e melou meu cu, me provocando com o pau, passando no meu rego, subindo e descendo, devagar. Eu vou meter amor, comer esse cu gostoso? assim devagar, bem devagar? ele começou de leve e eu louca de tesao, queria rola a todo custo?ai amor mete logo, mete tudo mete? ele entao meteu toda a rola no meu cu? de uma vez? que delicia? eu rebolava muito. Isso amor, rebola nesse pau vai, isso assim vadia? rebola pra mim rebola esse bundao vai? isso assim não para não, ahh cachorra? isso ahh uhh uhh ahh, rebola rebola vai. Ele estava louco e anunciou o gozo? vou gozar no seu cu amor, agora não para não, isso, isso, vai vai rebola puta,ahh ahh uhh ahhh, isso vai puta não para não para, rebola, isso assim, ahh auhhh, uhh uhh uhh assim, vou gozar?ahhh?. Isso amor, ai como é bom. Adoro esse bundao, isso puta? ele me levantou e nos beijamos muito, foi maravilhoso. Entramos no banheiro para tomar banho e a farra continuou, mas isso eu conto em outro conto?

 

Gostou? Vote no Conto:

47273 visitas