Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto
amadoras filmes porno gostosas filmes porno porno sexo anal

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Fantasia na casa de praia | Acervo de Contos

Fantasia na casa de praia

olá, meu nome é simone, sou loira dos cabelos curtos na altura do ombro, seios pequenos mas lindos,
cintura fina e pernas grossas e definidas.Tenho um namorado, pois é reatamos a pouco, no meio de nossa viagem a praia.
eu e ele tinhamos uma relação muito apimentada, mas terminamos pois nossa relação se desgastou com os ciumes dele que
não aguentva
o assédio masculino em torno do meu corpo.
Certa semana, nossa amiga vanessa nos convidou pra sua casa de praia onde sua mãe iria realizar sua festa de aniversário,
a festa seria no domingo, mas fomos
na quinta a noite pra aproveitar o sol do litoral. Eu não sabia que o rodrgo, meu ex, iria, afinal vanessa sabia que nos
tinhamos
acabado e não iria fazer isso comigo, mas que nada, foi tudo de caso pensado. Quando cheguei fiquei meio constrangida,
mas logo
depois de algumas doses
de tequila tudo passou e ficamos rindo a noite toda. Era claro que ele n tirava os olhos de mim, princiapalmente da minha
blusa que mesmo
frouxa e composta mostrava meus peitinhos todo ouriçados do frio que estava fazendo a noite, na piscina. em seguida fomos
dormi, e quando estava deitada
vi que rodrigo se aproximou tentando me abraçar, logo me afastei e disse que n ia aceitar seduções da parte dele. Na sexta
de manhã, me levantei bem cedo
e pus meu biquine, eu odiaava biquines curtos, mas como n sabia que ele ia, comprei um bem pequeno pra ficar com a marquinha,
então coloquei minha saida de banho
transparente por cima e fui fazer o café, logo senti aqueles braços me apalpando e aquela mão escorregando na minha bundinha
e em seguida na minha bucetinha.
me arrepiei, sabia que era o rodrigo, quis me render na hora mas demosntrei força e mandei ele me soltar. ele então disse
que eu tava provocando e disse que nã ia
demorar pra ele me pegar d jeito ainda naquela exta. Então resolvi provocar , a casa era na beira da praia e de noite ventava
muito, a noite ele tava com o namorado de vanessa
na cabaninha que tinha na frente da casa, toda de vidro, onde tinham sofás, mesas e umas bebidas, coloquei um vestido
solto e sem calcinha e pedi que vanessa chamasse
seu namorado pra eu ter oportunidade de ficar sozinha. Levei uma bandeja de queijos, morangos e enqunto eu tava indo,
vanessa chamou ricardo, então o plano corria bem.
Logo quando entriei na cabana eu disse: - vim trazer umas coisinhas pra vcs dois!. imediatamene ventou e meu vestido subiu,
ai o rodrigo viu que eu tava sem calcinha, fiz cara de assustada
mas ele n se contve, se levantou rapidamente e me agarrou, me chamando de safada e dizendo que não ia me perdoar.
ele apagou as luzes da cabana e me empurrou no sofá, começou a me chupar freneticamente,
soltei gemidos de tanto prazer, ele não parava e cada vez me deixava mais louca entao ele me virou e fizemos um 69
delicioso, não aguentei e gozei na cara dele. ele em seguida dise que ia gozar,
então eu continuei chupando e qnd ele anunciou, tirei o rosto pois n gosto de engolir, mas deixei que ele melasse
meus peitinhos todo.
transamos muito, ele me botou de franguinho assado, me comeu deliciosamente e depois de 4 do jeito que eu mais gosto,
ele me chamava de cachorra, me dava uns tapinhas como se eu fosse uma verdadeira puta,
mas deixou escapar que me amava, então me aproveitei daquilo, ele até ficou meio envergonhado com a confissão que
havia feito, mas continuou e ficamos ali por um bom tempo.
adormecemos no sofá e lá pras 4 da manha acordamos e rimos de tda aquela stuação maluca, foi ai que ele me convidou
pra andar na praia e eu fui sem hesitar. depois de umas voltas, ele me puxou de nv e disse
que me amava, que eu era a mulher da sua vida e que queria voltar pra mim, prometendo ser menos ciumento, eu n falei naada,
apenas o beijei e assim começamos a nos agarrar. a praia estava fazia então
decidimos faer um sexo bem gostoso ali mesmo, era minha fantasia e era a oportunidade certa pra nós dois, logo tirei
meu vestido e fiquei nuazinha na beira da praia, o sol ja estava por nascer e nós dois ali, nus,
nos dando ao desfrute, ele chupava meu seios com mt força, e me beijava loucamente. Depois eu deitei na areia e ele
começou a me chupar, entãoo depois de uns 10 minutos me chupando, eu gozei horrores em sua boca e
comecei a chupa-lo com toda froça e tesão que eu tinha, ele me puxou pelos cabelos e disse que ia me comer até eu morrer
de tesão. então me virou de trás e começou a enfiar aquele pau duro e delicioso todo
em minha bucetinha, as aondas
batiam em nossas pernas e agente sem pudor algum ali, transando no meio da praia. eu me senti realizada, virei de lado
que ele adora, então ele meteu muito, e depois de quatro, gozamos muito, e quando pensamo em começar
tudo outra vez,
avistamos um casal vindo, então nos vestidmos e saimos andando, felizes, olhando um pro outro com a sensação maravilhosa,
eu não me aguentava em pé, tava morta de cansada, então fomos andando
até chegar na casa de vanessa. quando chegamos lá, vimos ela e o namorado na piscina, transando loucamente também,
passamos rapido e eles nem viram, então sumis no quarto e novamente transamos de novo.
ai que foi bom mesmo, ja era de manhã e a gnt transando embaixo do chuveiro, foi quando o rodrigo disse que queria comer
meu cuzinho. eu disse que não, posi n me sentia bem, ele me respeitou e acabamos e fomos dormir. o sabado inteiro
ficamo entregue aos nosso devaneios e vanessa e namorado tmbém se curtiram muito, foi o meu melhor final de semana.
no dia da festa, a maãe dlea chegou cedo e tinhamos que nos comportar. o almoço dava inicio a festa que só acabara lá pelas 20h, foi quando o rodrigo
me propos a irmos pra dispensa, onde ng ia nos ver, mas isso é outra história...
kkkk

 

Gostou? Vote no Conto:

06/08/2010 | 24154 visitas

 
 
 
bundas safadas flagras