Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Enganado as primas | Heterosexuais | Acervo de Contos

Enganado as primas

Olá pessoal!



Sou um rapaz muito reservado, porém tem tido muitas aventuras com diversas primas.



Hoje, vou contar uma delas com duas primas.....

Tudo começou quando uma das minhas primas, gostosa por sinal, estava com uma coceira na costa. Eu estava de boa, só vendo ela tentando se coçar. Foi quando ela pediu:

- Primo, você coça minhas costa para mim?

Eu prontamente falei: - lógico que sim.

Quando eu comecei coçar meu pensamento foi longe. Comecei a olhar aquele corpinho cheio de curvas, foi quando ela abaixou mais a camisa e disse: - é um pouco mais embaixo primo.

Nessa hora comecei ficar ofegante, meu coração parecia que ia sair pela boca. E eu não conseguia tirar o olho de sua bunda, quando a coçadinha começou a virar uma espécie de caricia.

Não sei porque, mais de repente por medo, eu parei de coçar e acariciar a costa dela. Então ela me disse: -Obrigada primo! Como eu poderia te pagar.

Eu sem medo de errar, pedi para ela: -faz um strip tease.

Ela começou a dançar na mesma hora fechando a porta do quarto, ainda bem que estávamos sozinhos, eu não podia acreditar, minha prima gostosíssima estava tirando a roupa para mim com uma dança sensual. Apesar de estar preocupado, com alguém que podia chegar a qualquer momento, acabei relaxando quando ela tirou a camisa apertando os seios. Que Delicia!

Ela passou a mão em uma etapa da dança do joelho até a cintura, onde desabotoou a calça e começou a desse-la de forma bem sensual.



Agora ela estava apenas de calcinha e sutiã e começou a vir pro meu lado, aí eu sentei na cama e comecei a beijar sua barriguinha com ela ainda em pé.



Nossa neste momento meu pênis estava duro feito pedra, então subi minha mão pelas pernas, gostosa dela, bem devagar até chegar na virilha. Desci a mão de novo e retornei a mão até a virilha, enquanto beijava sua barriguinha. Nesta ora eu olhei para cima , e minha prima esta em êxtase olhando para cima com os olhos fechados e mordendo os lábios. Esta cena me deixou mais excitado ainda.



Comecei então, a massagear sua virilha escorregando a mão para dentro da calcinha em direção da bucetinha. Foi incrível ela começou a gemer, cheguei na sua buceta e estava molhadinha nesta hora não me contive. Desabotoei minha calça o mais rápido possível com uma mão; abaixei a calção até a canela, como um leão atrás da presa; puxei ela para cima de mim, afaste a calcinha para a virilha direito; ela pegou no meu pênis e conduzi-o até sua buceta rosadinha.



Nossa, nunca vou me esquecer. Sua buceta além de estar umedecida esta quentinha. Minha prima começou a gemer cada vez mais alto. E falou meio que suspirando:-assim, primo! Assim.

Peguei em seu peito e apertei seu mamilos entumecidos de tanto tesão. Ela deu uma tremia e falou, suspirando bem baixinho.- Ai gostoso! Nesta hora comecei a gozar e depois de alguns ela também, deu mais uma tremidas e gemeu dizendo: -Que delicia! Que delicia! Ela se inclinou para mim e beijou meus lábios, e passamos um bom tempo nos beijando.



Ela começou a se vestir e eu colocar minha calça, e falou: -Primo, vamos fazer isto mas vezes, foi muito bom. Eu logo respondi: Com certeza!



Fomos para sala então ela ligou um filme.



Passado-se os dias minha prima, irmão dela um ano mais nova, venho me ameaçar ela disse: - Eu sei de tudo, tá!

Eu disse: Sabe o que?

Minha prima então replicou, quase que de imediato sem intervalos: -Minha irmã, estava falando para amiga dela.Que vocês ficaram e fizeram aquilo quando meu pai e minha mãe não estavam em casa. Eu olhei para ela e disse: -Faça o que você quiser vocês duas já são de maior e vacinadas. Não tenho culpa se sua irmã é uma mentirosa. Ela toda encabulada perguntou: - Como assim?

Então confirmei: Sim, ela é mentirosa. Pois, se você não percebeu eu tenho uma queda por você.

Ela sorriu, virando a cara para o lado olhando para o chão. Então eu perguntei: -Você esta rindo de mim ? Ela prontamente negou: - Não é isto não primo, é que eu também.

Aí eu me senti e assumi o papel de cafajeste: -Você quer fazer o que sua irmã disse que eu fiz com ela? Ela me respondeu: - Sim, mas hoje não dá estou naqueles dias.

Nesta hora meu pinto esta feito pedra contido pela cueca. Eu disse: - tudo bem! Então não fale nada para sua irmã , se não vai queimar o filme e nem desminta ela, pois ela pode desconfiar. Ela falou: -Tá bom;

Eu a beijei e coloquei a mão dela no meu pênis e disse: -oh o que te espera! Ela com um ar de brincadeira disse: - hum! Mal posso esperar!.............................................CONTINUA

 

Gostou? Vote no Conto:

6916 visitas