Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

O Jardineiro! | Acervo de Contos

O Jardineiro!

Olá gnt... Meu nome é Bruna (fictício), faço enfermagem, sou monera, olhos e cabelos castanhos, 1,64cm, 63 kg, seios durinhos e bumbum empinadinho. Vou relatar o que aconteceu comigo e o jardineiro daqui de casa.
O seu nome é Reginaldo (ficticio)... Moreno, alto e atraente...
Meus pais despediram o antigo jardineiro porque ele não estava cuidando das plantas como eles queriam. Daí contrataram o Reginaldo. Ele vem aqui tres vezes por semana. Nunca tinha reparado para ele até um certo dia. Percebi o quanto era forte, atraente, gostoso, uma cara de safado...
Um dia estava no meu quarto quendo o vi pela janela sentado mexendo no seu celular. Desci e fui tomar um banho de piscina. Quando tirei minha saida de banho que olei pra frente la estava ele me olhando. Fingi nao ver. Meu pai foi la onde eu estava e me disse que tinha que ir na cidade vizinha com a minha mãe e so voltaria a noite, por volta das 7.
Pulei na piscina, água morninha, e começei a nadar e percebi ele me olhando. Sai da piscina com medo de ser atacada por ele. Vesti minha saida na maior velocidade e corri para dentro de casa. Subi pro meu quarto, tomei um banho, deitei na cama e agarrei no sono...
Senti algo em mim, acordei...
REGINALDO??? - Gritei. Calma gata... tem ninguem em casa não... Só nos dois... - Falou.
E CADE A MARIA??? (a empregada) - gritei de novo.
Foi na casa dela. Ligaram e ela disse que iria no hospital e que viria a tardinha, se desse, e o almoço "ta" feito. Veio te avisar mas estava dormindo e não quis te acordar. E pediu pra te avisar - Falou.
E O QUE FAZ NO MEU QUARTO??? QUE INTIMIDADE É ESSA??? - Continuei gritando. Bom... Vi voce na piscina... Gostosa pra caralho... Voce me deixou de pau duro... Olha... Quase cai pra tras... Que pau grande... Deveria ter uns 20 x 6 cm... Grande e grosso...
SAI DAQUI... NAO TE DEI LIBERDADE PRA VOCE ENTRAR AQUI... NEM COM VOCE EU FALO... SAIIIIIIIIII... - Gritei. Ele me agarrou, tapou minha boca com as mãos e falou: Desde o dia que cheguei aqui que desejo voce... Hoje eu mato esse desejo... Me deu um beijo. Correspondi. FIQUEI LOUCA DE TESÃO TAMBEM... (3 MESES SEM TRANSAR, TINHA QUE APROVEITAR). Quando ele passou a mão na minha bocetinha viu o quanto tava molhadinha. Arrancou minha calcinha e começou a chupar, passar a lingua, sugar e eu nas alturas, gemia feito uma louca. GOZEI... Um gozo infinito e ele continuou chupando e... GOZEI DE NOVO... Sem forças pedi para ele parar. Pois xupa o caralho aqui cachorra. - Falou. Cai de boca, pois adoro chupar um pau. Ele gozou. Me puxou pelos cabelos (adoro isso) me colocou de 4 e começou a colocar e a tirar bem devagarzinho a cabeça do pau dele. Não augentei e pedi para ele enfiar com tudo e meu pedido foi atendido... Como era gostoso... Um vai-e-vem sem explicação... Muito bom ter aquele pauzão dentro de mim. Gozou. Me jogou na cama e começou a sugar meus peitinhos duros de tesão enquanto enfiava gostoso em mim. Quando enfiou olhou nos meus lhos e falou: Que buceta apertadinha... Quero ela todos os dias que eu vier pra sua casa siua vagabunda... ADOREI A IDEIA - pensei. Iniciou um vai-e-vem e eu no alto na loucura gozei e ele logo em seguida... A Maria chegou e foi no meu quarto e nos flagrou. Rsrs... Coitada... Ficou parada olhando pra nos dois. Quando a vi fiquei sem ação e o Reginaldo por cima de mim me penetrando outra vez quando o chamei a atenção dele dizendo que a Maria estava nos olhando... Na verdade nem sabia a quanto tempo ela estava nos olhando. So sei que ela fechou a porta e saiu. A gente começou a rir. Ele se levantou e me puxou para o banheiro... Tomamos banho juntos e ele desceu para o jardim e eu fui correno pra falar com a Maria e ela foi logo em dizendo que não queria se meter em confusão e que não iria contar pros meus pais. Dei um beijo nela e subi pro me quarto. Joguei um bilhete pro Regnaldo dizendo que ela não iria contar pros meus pais e que estava tudo bem. Depois desse dia tivemos muitas outras transas, uma mais gostoso do que a outra. Começamos a namorar, escondido dos meus pais, porque eles não iriam aceitar. Sempre saiamos a noite pro motel no meu carro. Iamos pros barzinhos, andavamos de mão dadas nas ruas, nas praças, coisas de namorados... Até que um dia no jantar comuniquei a meus pais que estava gravida e que o pai era Reginaldo, o jardineiro. Brigamos feio e fui morar na casa da mãe dele. Quando nossa filha nasceu, meus pais nos levaram para morar com eles, pois dizia que a casa não era adequada para um bebe. Hoje somos uma familia feliz...

 

Gostou? Vote no Conto:

11/11/2010 | 58761 visitas

 

Comentários

  • Cristina postou em 21/05/2014

    Muito bom o conto 

  • Cristina postou em 21/05/2014

    Muito bom o conto 

  • Cristina postou em 21/05/2014

    Muito bom o conto 

  • santos postou em 18/10/2011

    queria ser o teu jardineiro agora que està casada, gostosa...

  • AnjodaCam(H) postou em 24/07/2011

    EEEhhh Jardinero de sortee =P rsrsrsrs' adoreiii esse contooo muito excitante =P
    Parabens e felicidades pra voce's ;)

  • claudio postou em 16/02/2011

    Se deu bem sua vadia teu negocio era tomar pica so faltou comentar da pirocada no cuzinho.na proxima fala ok?

  • nenem postou em 12/02/2011

    ki legal i vooc's sejam mto felizes

  • re postou em 30/01/2011

    muito boa essa historia felicidades a vcs ....amo ler esses contos de sexo me exita muiiito

  • freitas postou em 27/11/2010

    muio bom o conto e maria ele não deu uns pegas nela rsrsrsr beijo gata sejefeliz dinheiro não traz felicidade viva com diguinidade e ame muito seu maRIDO OK

  • Cadela@ postou em 26/11/2010

    Muito legal



:D :P: :afff: :confiante: :convencido: :convite: :decepcionado: :derrota: :descrente: :encucado: :fascinado: :lagrima: :legal: :meia-boca: :no:

  confirmacao * Todos os campos são obrigatórios