Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

a primeira vez da minha noiva.(parte 2) | Femininos | Acervo de Contos

a primeira vez da minha noiva.(parte 2)

Estou de volta com a 2ª parte ...

No dia seguinte a minha noiva estranhou que a amiga não tinha dito nada, ai ela ligou no celular dela quando ela atendeu a Ki perguntou se ela estava aborrecida ou com vergonha do que tinha acontecido, ai ela disse que não, mas estava muito confusa pois ainda não tinha parado de pensar no que tinha acontecido e a minha noiva perguntou: - mas você não gostou? E ela respondeu: - o problema é que gostei e muito pois havia muito tempo que não sentia tanto prazer. A Rô é uma mulher de 36 anos separada e sem filhos que mora sozinha á 3 anos ela teve uns namorados mas nada sem importância, ela falou que depois ela passaria em casa para falar com ela pessoalmente, nesse momento eu cheguei em casa e ela ficou meio surpresa pois eu ligava sempre para ela quando estava pra chegar e como consegui terminar o que tinha ido fazer acabei que voltei pois estava morrendo de saudades dela, ai eu perguntei se estava tudo bem e ela disse que sim, nos beijamos com vontade e eu falei ? amor vou tomar um banho pois estou precisando e depois quero ir descansar um pouco ela disse ? sim vai eu te faço uma massagem daquelas, e meus amigos a massagem da ki é uma delicia a massagem vem acompanhada de uma chupada divina, ela chupa uma rola como ninguém e acreditem pois eu já tive muitas mulheres na minha vida e nenhuma chupada é tão gostosa como a dela.

Ela gosta de fazer a massagem e depois vir dando aquelas lambidas suaves na cabecinha da rola, acompanhado de umas mordidas, e quando ela vê que estou morrendo de vontade ela passa a língua e engole ela de uma forma que ela some por completo na boca dela o olhem que a minha rola não é pequena mas também não é grande tem apenas 20Cm, e ela faz isso como se fosse doutorada custou muito até ela fazer isso pois tentei por muito tempo pra ela o fazer mas ela engasgava-se sempre, e dessa vez não foi diferente ela me fez a massagem e depois me fez gozar numa chupada única eu adoro quando ela me faz isso ela lambe as minhas bolas chupa , e ainda passa a língua por baixo pertinho do meu anus é muito bom sentir a língua dela fazer isso, ai eu adormeci depois claro pois o resto iríamos fazer mais á noite com todos os critérios que temos, nisso a Ki foi pra sala e nisso alguém tocou a campainha , era a Rô que ia conversar com ela sobre o que tinha acontecido ai elas se sentaram e começaram a falar , a Ki pediu para falar baixo porque eu tinha acabado de chegar e estava no quarto dormindo, ela começou por pedir desculpa pois estava sem graça pelo que tinha acontecido, era a ultima coisa que ela teria pensado em fazer pois nunca tinha imaginado em ficar com outra mulher, nessa altura a Ki perguntou mas foi assim tão mau? Ela disse que não foi estranho mas que foi muito bom pois ela não se lembrava de como era gozar daquele jeito e que tinha sido um das melhores experiências sexuais dela, ai a Ki falou que pra ela também tinha sido a primeira vez e que isso era um sonho e uma vontade dela, e foi no instinto pois como eu estava fora algum tempo que como ela estava morrendo de vontade e em conjunto com o vinho e com o filme teve de acontecer, e que só de lembrar já a deixava daquele jeito, nisso eu acordei pois como bebo muita água durante a noite e tenho sempre perto da cama uma garrafa com água e nesse dia não estava tive de me levantar, mas quando acordei comecei a ouvir umas conversas aonde eu me coloquei de forma que conseguisse ouvir toda aquela conversa, vocês nem imaginam como eu fiquei ! A minha rola deu sinal na hora começou a pulsar daquele jeito e eu estava só de short ficou aquele vulto todo á disposição de qualquer olhar mais discreto, e nisso a Rô falou pra Ki que tinham que falar mais baixo porque eu podia ouvir, nisso ela disse duvido que ele ouça alguma coisa ele chegou cansado, tomou um banho fiz uma massagem nele e ele apagou, ainda falou pra ela se soubesses o que ainda fiz com ele! Ela perguntou :- o que é que você fez com ele? Depois da nossa aventura de ontem fiquei com mais vontade de chupar a rola dele e de sentir aquela porra dele na minha boca , o leitinho dele é muito gostoso adoro beber e de sentir aquele gostinho na minha boca, ai a Rô falou ? para com isso, assim é que você é minha amiga? E eu ouvindo toda aquela conversa não é...! e ela disse porque não sou? Você sabe que isso me deixa com vontade afinal tem tempo que não sinto o leitinho de um homem na minha boca, e eu não sou de ferro, com tudo isso eu não estava aguentando mais, nesse momento a minha noiva ainda colocou mais lenha na fogueira e disse que um dia quem sabe eu deixo você dar uma chupada nele e começou a rir ai ela disse não sei se tenho coragem, claro que você vai ter coragem ainda por cima comigo por perto e isso está me dando vontade e ele está dormindo só vai acordar possivelmente só de madrugada, e eu nessa altura já estava com a rola dura querendo as duas! Nessa altura ouvi ela se levantar do sofá ai eu deitei na cama e como estava só com o lençol por cima sem nada vestido deu pra notar que eu estava com a rola daquele jeito parecendo um pau envernizado, nisso a Ki olhou no quarto e viu o meu estado e chamou a Rô nisso ela abriu um pouco a porta e a Rô olhou e viu o meu estado os olhos dela até brilharam a minha noiva me chamou e eu fingi estar a dormir nisso ela entrou a amiga disse você é doida, ela disse espera só pra veres ela puxou a lençol e o meu pau estava daquele jeito que eu falei nisso a minha noiva reparou que ela até corou e disse vem aqui e sente como ele é quente ela disse ele vai acordar a Ki disse ele deve de estar a sonhar com alguma coisa boa (risos). Ela veio e pegou bem de mancinho e a Ki disse! - Sente o cheiro dele! Nisso ela soltou um suspiro a boca dela até encheu de água nisso a minha noiva disse segura nele assim pra veres o que vou fazer, nisso enquanto a Rô segurava na minha rola sentindo o pulsar do meu pau a minha noiva agarrou e começou a passar a língua na cabeça do meu pau, e ela com vergonha dizendo que ela era doida, nisso a Ki disse prova para veres como é gostoso o pau dele, ela disse que não devia de fazer isso mas a vontade era tanta que a Ki começou a beijar a boca dela para ela sentir gosto do meu pau nessa altura a Ki pegou na cabeça dela e começou a forçar ela até a boca dela encostar no meu pau nisso ela passou a língua e a suspirar, por deus a língua dela era uma seda nisso ela não aguentou e começou a chupar com vontade e bem de mancinho para eu não acordar ( e eu me deliciando com tudo isso) até que ela tirou a mão e quase me engoliu e ela suspirava pois a buceta dela estava daquele jeito, nisso a Ki começou a passar a mão pelas curvas daquela mulher que estava me chupando e que eu pensava que estava sonhando pois sempre haveria sonhado com aquela situação...



Amigos esperem o desfecho

 

Gostou? Vote no Conto:

20662 visitas