Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Bons vizinhos - parte 2 ( | Fantasias | Acervo de Contos

Bons vizinhos - parte 2 (

No dia seguinte, eu ansioso, pensando na maravilhosa sensação de chupar e massagear os peitões da Claudia, não me contive me masturbei feito louco, tive altas doses de imaginação e prazer... 

Chegando a noite, o Pedro me interfona e diz q posso aparecer qlq hr, pois o jantar já estava pronto... Peguei uma garrafa de um bom whisky e desci p o apartamento do casal... Fui recebido pelos dois, Pedro vestido socialmente e Claudia com um vestido um pouco colado e com um generoso decote, cumprimentei-os, e elogiei a Claudia:  

- "vc estar simplesmente linda", 

ela me agradeceu e fomos jantar, depois de comer, conversar, brincar... Fomos jogar baralhos e beber um pouco. Sentamos na sala de estar e começamos a jogar, propus que quem perdesse tomaria uma dose pura de whisky, oq foi aceito imediatamente, durante o jogo todos quase q perderam as mesmas quantidades de partidas, e todos já estávamos bem animados... Então o Pedro diz: 

- ? marcos vamos mudar isso, não quero mais beber, já bebi muito... proponho, quem perder, conta um segredo, certo?" 

todos aceitamos e começamos a jogar, na primeira rodada, quem perdeu foi o Pedro, e ele já bem embriagado diz: 

- "meu segredo é, confesso q ontem na piscina fiquei louco p chupar os peitos da Claudia feito louco... E você também não é marcos, seu safado... Kkk", 

todos rimos muito com a situação e eu não respondi, só me diverti e recordei a mamada q dei na Claudia. Na próxima partida, fui eu quem perdeu, já levando um pouco no embalo da bebida, tive q contar o segredo:          - " meu segredo é que eu fiquei sim Pedro, louco p chupar muito seus seios Claudia... Kkk." 

todos riram e levaram na brincadeira, mas com um clima bem gostoso, onde todos se olhavam, com olhares curiosos... A Claudia rindo disse: 

- ?marcos seu safado, querendo chupar meus preciosos... Kkk." 

e nisso continuamos jogando, até q chegou a clássica ideia de tirar uma peça de roupa quem perder... O Pedro disse: 

- " tudo bem p vc marcos? por nos dois não tem problema.." concordei e começamos uma brincadeira gostosa...

Para minha felicidade quem perdeu primeiro foi a Claudia, e o Pedro ordenou q ela a parte de cima do vestido, se não ela já ficaria nua de primeira... Ela assim o fez, baixou a parte de cima do vestido até a barriga, revelando um presente dos deuses, aquele par de tetas incrivelmente gostosas, branquinhas com aureolas rosadas e biquinho rijo... Uma maravilha! não me contive, fiquei embelezado olhando aqueles melões... A Claudia e o Pedro rindo vendo minha cara, ai Pedro disse:  

- ?são mesmo uma maravilha esses peitões em marcos?... Kkk" concordei e continuamos, por entre partidas, olhadas, brincadeiras e ereções, chegou o momento de eu tirar minha calça, o Pedro estava só de calça e a Claudia só de calcinha... Estava com medo da reação do casal diante minha ereção, p falar a verdade, a reação do Pedro... Sou um cara com o corpo normal nada d super, frequento academia mas nada incrível, tenho 25 anos, 1,80m, 70kg, sou branco,  porte atlético, mas abençoado com um belo presente, um pênis de 20 cm, grosso, com cabeção... Continuando, tinha q tirar a calça, mas estava com uma tremenda ereção, fiquei d pé e baixei as calças ficando só de cueca, meu pau estava virado p esquerda, parecia q ia explodir... Prestei atenção na reação da Claudia q fez uma cara de espanto com safada, q nunca esqueço.

 O Pedro disse: - "nossa Claudia, vc animou bem o cara ai... Olha só o tamanho dessa coisa...Kkk" 

Claudia sorriu e disse: 

- " é imensa, toda mulher gosta de coisas grandes. Kkk", 

eu peguei na base, perto dos ovos e sacudi, dizendo: 

- "vc gostou do meu amiguinho, Claudinha, pode pegar se quiser... Kkk" 

Pedro e Claudia trocaram olhares maliciosos e continuamos jogando... Com toda a atmosfera erótica no ar, o clima estava incrível... A poucos instantes do prazer... Continuando com o jogo, Claudia teve q tirar a calcinha, eu e Pedro só estávamos de cueca com claras ereções... Ela levantou-se, ficou de costas p nós e tirou a calcinha com os joelhos fixos, só baixando o tronco, revelando uma vagina suculenta, Sem pelo algum, mas com destaque para seu anelzinho, clarinho, pequeno e convidativo... 

Claudia olhou e disse: 

 - ?gostaram?", 

eu: 

- " pqp Pedro, vc come muito bem em casa meu amigo..kk", 

Pedro: 

- " Claudia, vc ta nos convidando p o prazer?? 

Claudia responde: 

- ?temos que recepcionar bem nossa visita, com muito prazer, em todos os lugares e em todas as posições..." 

disse isso olhando p mim... não  resisti, fui de boca no anelzinho da Claudia, lambi tudo naquela área do prazer escutando os gemidos daquela deusa... Então ela me manda sentar em uma poltrona e vem em minha direção, balançando aqueles peitos maravilhosos e se ajoelha na minha frente e diz: 

- ?me deixa ver esse cacetão..." 

ela puxa minha cueca e meu pau bate diretamente em sua boca, ela pega na base e dar uma lambida do saco a cabeça, fui às alturas... Ela então batendo com meu pau em sua língua olha p o Pedro e diz: 

- " ta gostando amor???, 

Pedro acena positivamente e continua a se masturbar...

Claudia chupa com a maestria da melhor boqueteira, suga só a cabeçona q me leva ao delírio... Mas o alge do boquete foi quando ela com o pau todo molhado enfia na garganta quente e pulsante, não me contive e gozei litros... Ela tirando rapidamente, mas recebendo todo meu liquido em sua boca, bebendo tudo. Depois do boquete extremo ela sobe me beija e olha sorrindo p o marido q estava com a satisfação estampada no rosto. Ela então sobe na poltrona de frente cmg, e conforta meu pênis em sua vagina quente e molhada, eu senti entrar cada centímetro, com uma sensação d algo massageando, aquecendo e pulsando ao mesmo tempo, foi incrível... Ela ficou cavalgando com suas enormes tetas batendo no meu rosto, uma delícia! Depois de muito vai e vem, a coloco d quatro em cima da poltrona e fico em pé atrás dela, e digo: 

- ?posso provar esse anelzinho..?", 

ela: 

- ?se o Pedro liberar, é todo seu.", 

Pedro em seguida diz: 

- "coma tudo como e por onde quiser..." 

eu não perdi tempo, Posicionei meu pau todo molhado com liquido vaginal, na entrada daquele portal e para minha surpresa ela jogou seu corpo p traz, fazendo 20cm entrarem de uma vez só, ela soltou um gemido delirante, urrava de prazer... Comecei um ritmo alucinante, minhas bolas batendo na sua bunda, socando o mais fundo q podia... Ela urrando, com aqueles peitões magníficos balançando num ritmo hipnótico... 

Parecia q a própria Vênus estava presente, uma inundação de prazer naquela sala... 

Fiquei deitado no tapete e ela veio de costas p mim e encaixou seu cusinho como uma luva, engolindo cada centimento a cada penetração... Ela de frente p o Pedro, olhando p ele q se levanta e vem em direção a ela e fica em pé na sua frente recebendo um belo boquete enquanto eu comia seu cusinho... Ele urrando gozou sobre os peitões deliciosos de sua mulher q ficou massageando suas tetas enquanto cavalgava loucamente, eu finalmente cheguei ao êxtase, segurei ela pela cintura e soquei o mais profundo possível e descarreguei litros no fundo do seu cusinho, fazendo ela se debruçar sobre meu corpo, ainda com meu pau enterrado no seu ânus, ela se vira e me beija... E logo após vai de encontro do seu marido e o beija forte... E então diz: 

- "vamos todos para o banho?" 

fomos todos para o banho, chegando lá a Claudia quem nos ensaboou, explorando cada parte do meu corpo, e reversando um boquete entre duas picas vermelhas, a mulher parecia não se saciar... então o pedro disse: 

- ? marcos, se quiser pode ensaboar ela.? 

Eu mais que depressa comecei a ensaboar aquele corpo maravilhoso, aqueles peitos ensaboados eram verdadeiros colírios. Todos se vestiram e eu já me despedindo disse: 

- ? A próxima vez vai ser la em casa, combinado?? 

o casal confirmou e foi me deixar na porta, a claudia na frente, eu e pedro atrás de mim, quando íamos chegando na porta dou aquela última encochada naquela bunda gostosa e um beijo no pescoço de despedida, ela olha para mim e rir, nos despedimos e finalmente fui embora.



Em breve novos relatos com os mesmos vizinhos... que sorte a minha!

 

Gostou? Vote no Conto:

13724 visitas