Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Três meses trepando todos os dias | Diversos | Acervo de Contos

Três meses trepando todos os dias

Sou Flávia, mestiça de mãe japonesa e pai angolano; nasci no Rio de Janeiro mas moro em São Paulo desde minha infância. Atualmente estou com 26 anos, e meus traços diferentes me dão uma beleza toda especial, cabelos lisos pretos, pele morena, olhos negros, meus seios são firmes e pontudos e meu corpo bem delineado.

O fato de estou narrando aconteceu num sábado á noite, ao retornar de um barzinho com a turma da faculdade, peguei o metro para o Jabaquara (bairro que moro com minha mãe), já vagão, sentei ao fundo e percebi um garoto sarado, usava jeans e uma camiseta ACDC, me comendo com o olhar... eu estava bem provocante, mini saia (extremamente curta) e uma baby look sem sutien que marcava os bicos de meus seios.... ao descer na estação Jabaquara....ele me seguiu e antes de deixar a estação se aproximou e me deu uma cantada...dei um sorrisinho e ele se encorajou para puxar papo....dei mole e ele me tascou um beijo....eu tava com o maior tesão (há meses não dava uma trepada).... ele me convidou pró rala-e-rola e acabamos num hotelzinho barato de rua.

Nos atracamos como animais e arrancamos as roupas um do outro.... André (seu nome) adorou ver minha xota peludinha estufando minha calcinha ao qual arrancou com os dentes e deu inicio a melhor chupada de buça que já recebi.... lábia firme meu clitóris e enfiava a língua ora na xoxota ora no cuzinho...me fez gozar. Retribui num 69 onde recebi um pelo caralho na boca (uns 18cm, grossa e duro feito pedra).... mamei sua pica mas deixei gozar na boquinha...na hora H tirei e recebi a porra sobre meus seios e rosto. Juntos debaixo do chuveiro ele me ensaboou, mamou minha tetinhas e brincou enfiando os dedos no meu cuzinho e batendo uma siririca até eu gozar na sua mão.... voltamos para cama e sua rola estava tinindo para uma boa trepada... coloquei a camisinha com a boca e sentei na sua pica .... apoiada de cócoras, subia e descia deixando aquele macho doido em ver sua rola entrando e saído da minha buceta..... gozei e perdi as forças ...André sem gozar tirou o cacete lubrificado de minha xota , se posicionou de lado e introduziu a rola no meu cuzinho....a entrada foi dolorosa mas depois o vai-e-vem foi dando espaço a uma sensação gostosa...enquanto ele me enrabava eu me masturbava e junto gozamos....eu pela 3ª vez e ele enchendo a borracha.

Tirei a camisinha e dei um banho de língua em André, me concentrando em sua rola e nos seu saco.... chupei até deixar seu cacete duro novamente. Ele me colocou de quatro na beira da cama, encapou o cacete e meteu na minha buceta com força.... eu apreciava tudo pelo grande espelho à minha frente e via a cara de satisfação de André atolando sua rola na minha xaninha....ele me dava tapas da bunda, me puxava pelos cabelos e dizia: - Sua puta safada, tesuda, rabuda gostosa, piranha deliciosa...sua cadela sem vergonha....quanto mais ele falava mais meu tesão aumentava.... gemendo alto anunciei meu gozo e ele acelerou os movimentos esporrando forte no preservativo.

Eu e André estamos juntos há 3 meses e resolvi escrever este relato pois nunca vivi uma experiência assim.... de uma trepada louca com um desconhecido... tenho um namoro com um cara cabeça (mais novo que eu mas estudante de Engenharia) e que me dá o máximo de prazer....trepamos todos (isso mesmo todos os dias) desde que começamos nosso namoro... ele não dá trégua nem quando estou menstruada....coloco ob e ele fode meu cuzinho... não sei quanto vai durar mas ta bom demais.

 

Gostou? Vote no Conto:

41813 visitas