Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Putaria na Emissora de tv | Diversos | Acervo de Contos

Putaria na Emissora de tv

Todos os nomes são ficticios pra preservar as indentidades ok.

Emissora nota 1.000 (parte 1)

Olá,meu nome é Marcelo e o que vou lhes contar aconteceu em abril desse ano de 2010.trabalho com iluminação em uma emissora de tv famosa,sempre antes de montar um cenário,fazemos tudo em um galpão no interior de São Paulo,onde sempre ficam mais de 15 homens trabalhando,mas nessa noite ficamos apenas em 4 pessoas pra adiantar o trabalho pro outro dia.Eu Marcelo, Marcos,Thiago e Renato ,estavamos um pouco cansados pois ja se passava das 20:00 hs,todos iam tomar um banho o vestiario tinha 8 chuveiros mas apenas 2 estavam funcionando com água quente um de frente para o outro,mais ou menos 1 metro de largura,ficava um quase encostando no outro,então foram primeiro Thiago e Marcos pro banho,depois de 5 minutos sairam e disseram que iam dar umas voltas pelos bares que tinha por ali perto,então eu fui tomar banho quando ouvi bater na porta,era marcos perguntando se podia tomar um banho tambem,eu disse que não tinha problema algum,nisso ele tirou toda a roupa e notei que era bem dotado pois mesmo com o cacete mole era grande e grosso ficamos um de frente para o outro no chuveiro todos ensaboados,nisso eu estava ficando meio exitado vendo seu belo cacete todo molhado,então eu disse é melhor ficarmos de costas um pro outro,percebi que ele estava ensaboando a cabeça então dei uma espiadinha de leve e vi que ele estava no ponto de bala,pois quando eu me essaboava notei que ele me olhava tambem,lavei minha cabeça novamente e percebi que ele se virou de frente para para minhas costas isso me deixou confuso de saber se ele estava realmente afim de fazer sexo ou se era só tesão,mas quando notei que ele estava de frente fingi que ia ensaboar minhas pernas e me agachei,nisso seu cacete encostou na minha bunda,estava duro como ferro,ai eu brinquei com ele dizendo;caramba voce vai mesmo direto ao assunto não paga nem mesmo um drink,ele começou a rir e disse;se o caso for o drink eu pego um agora mesmo e riu,ai eu me afastei pra ver a reação dele,continuei a me ensaboar,quando senti ele me agarrar por tras e encaixando seu cacete rigido em minha bunda,e sussurou no meu ouvido;ta afim de sentir todo meu cacete no seu cusinho,nessa hora minhas pernas ficaram moles,pois não esperava uma transa com ele ,embora que eu estivesse afim,mas ele nunca deu pistas de que curtia isso,pois ele é um baita mulato de 1,88 de altura mais ou menos 80 kilos um cacete de 22 cm aproximadamente,cavanhaque,todo musculoso,na mesma hora eu disse;Sim,mas com carinho, pois eu tinha apenas saido uma vez com outro homem e fazia um tempo,mas ele não sabia,pensava que eu era virgem do cusinho,ai desceu sua lingua pelas minhas costas chegando em minha bunda e foi abrindo ela chegando em meu cusinho e dava umas linguadinhas bem gostosas,e enfiava a lingua bem gostoso no meu buraquinho me deixando doido,subiu novamente beijando minhas costas e susurrou novamente em meu ouvido enquanto esfregava seu cacete em meu buraquinho,agora é sua vez,pegou em minha cabeça e aproximou de seu cacete que de grosso mais parecia um rolo de macarrão,me ajoelhei em seus pés passei minha lingua em volta do cacete e abocanhei devagarinho e ele gemia gostoso me deixando com mais tesão ainda,sugava aquela cabeçona gostosa e sentia pulsar de tanto tesão,nessa hora ele me levantou e disse;fica agachado com as mãos nos joelhos que voce vai sentir o que é bom,passou mais uma vez a lingua no meu cusinho e disse relaxa,minhas pernas tremia quando senti seu cacete tentando entrar dentro de mim e forçava cada vez mais,e eu travava pois era muito grande e grosso,ele tirava e lambia mais meu buraquinho e sempre dizendo;relaxa que vou por bem devagar e gostoso,quando estava bem lubrificado veio denovo com aquele mastro gigante e forçava e enquanto forçava lambia meu pescoço e mordiscava tambem me deixando mais a vontade e liberando a entrada aos poucos até que entrou completamente eu ja não aguentava mais de dor mais estava com muito tesão pois ele era carinhoso e não forçava muito e começou o vai e vem bem lentamente,nisso meu cusinho ja estava relaxando mais,estava com medo dos outros chegarem pois fazia um tempo que estava-mos ali no banheiro,e chamei pra irmos pra cama ja que dormia-mos no mesmo quarto ele topou na mesma hora,chegando la na cama ele se deitou pedindo para eu chupa-lo denovo só que agora eu chupava com mais tesão pois estavamos seguros ali trancados,eu mamava todo seu cacete deslizava minha ligua por todo seu corpo ai subi em cima dele pra uma cavalgada e começei a encaixar seu cacete em meu buraquinho que agora estava mais abertinho todo relaxado ai fui sentando em seu cacete até sumi por inteiro dentro de mim,minhas pernas tremiam de tanto prazer e ele gemia gostoso e dizia;voce ta gostando dessa rola preta,então pula gostoso nela,e abria minha bunda e dava uns tapinhas de leve me deixando com mais tesão,e socava um pouco com mais força,mais agora não doia mais pelo contrario ficava mais gostoso suas estocadas,ai eu dizia;mete essa rola gostosa em mim ,mete fundo esse cacetão no meu cusinho,percebi que quando falava ele fechava os olhos e ficava mais maluco de tesão,e dizia;isso cachorro safado senta no meu pau ,não era isso que voce queria,então toma seu puto,depois de uns 15 minutos cavalgando na sua jeba negra,mandou eu me levantar e ficar de 4, posicionou seu mastro e enfiou novamente em meu rabo e dizia;sente cada sentimetro do meu pau sumindo dentro de voce,e ia enfiando a cabeça e tirava até entrar todo dentro de mim,e perguntou se podia bater com mais força eu disse que aos poucos eu mesmo mandava ir mais rapido e forte,ele abria minha bunda com as mãos e enfiava e tirava ,tirava ele todinho e depois enfiava de uma só vez,me deixando doido de prazer ,meu pau estava duro como ferro enquando me masturbava,eu percebi que estava ele estava quase gozando ai eu dizia;isso mesmo me da leitinho quentinho no cusinho,quero tudinho pra mim,,ai ele começava o vai e vem mais forte e rapido,e eu dizendo vamos gozar juntinhose apertava o cusinho deixando e loucão de tesão,e ele dizia,isso minha putinha aperta esse cú gostoso no meu pau ,que eu vou te dar leitinho bem gostoso,e socava com força,nisso eu começei a gozar e gemer bem alto de tesão deixando ele maluco que acabou gozando junto comigo enchendo meu cusinho de porra que escorria quando ele socava seu cacete nele,ficou ali dentro de mim uns 2 minutos estocando seu pau em meu rabo até que deitou de fraqueza de tanto gozar,ai nos deitamos de ladinho ele encostando seu jeba negra em meu buraquinhoaté que adormecemos grudadinhos,quando acordei ele estava de barriga para cima dormindo e o cacete meio duro,quando eu vi começei a chupar denovo bem gostoso enquanto ele dormia,chupei durante uns 5 minutos até que ele acordou e disse;agora que voce acordou ele vai ter que cavangar mais um pouquinho,já que voce ta com o cusinho pegando fogo vou enfiar minha mangueira toda dentro de voce mais uma vez,quando ouvimos um barulho na janela e notamos que tinha uma fresta que dava pra ver tudinho,mas que seria que tinha nos visto ali fazendo aquelas loucuras.Isso é a proxima historia que vou lhes contar

 

Gostou? Vote no Conto:

19100 visitas