Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

A domicilio  | Diversos | Acervo de Contos

A domicilio 

Faço de tudo um pouco e aproveitando a idéia do marido de aluguel, iniciei a minha pequena empresa. Agradar ao cliente é primordial para uma boa indicação e de boca em boca eu vou fazendo um serviçinho aqui e outro ali.

Meu telefone tocou, a senhora do outro lado queria saber se eu poderia ver a maquina de lavar dela, agendamos um horário e no dia seguinte pela manhã eu fui lá, já é de praxe ao chegar em um cliente ver dois, três ou mais serviços, somos chamados para um e eles tentam regatear o preço nos oferecendo mais algumas coisinhas para fazer fora do combinado.

Insistentemente eu toquei a companhia e como parecia que não tinha ninguém em casa eu já ia embora quando a porta entre abriu, a senhora me pediu desculpas e mandou que eu entrasse, após entrar a segui ate a cozinha e ela me ofereceu um café logo em seguida me perguntou se eu não olhava um vazamento na pia dela. A conexão ficava por dentro do móvel, enchi a pia, deitei no chão e pedi para ela soltar a água. Ela deveria ter quase cinqüenta anos, estava de camisola e tinha posto um roupão por cima para ir atender a porta, quando ela ficou em pé em frente a pia, vi que estava sem calcinha e por mais que eu não quisesse olhar, não teve jeito, ao ver a sua xaninha o inconsciente me fez ficar de cacete duro e é claro que ela percebeu. Disse a ela que não havia encontrado vazamento em baixo da pia e ela se agachou apoiando uma das suas mãos na minha coxa para me mostrar aonde é que estava vazando, desta vez foram seus peitos que transpareceram e a sua xaninha estava mais próxima me deixando completamente sem atenção.

Resolvido, o vazamento não era na tubulação era entre a pia e a parede, fomos então ver a sua maquina de lavar, era uma maquina grande, antiga e tremia toda fazendo barulho mas o que ela queria que consertasse era o sistema de aterramento elétrico porque a maquina estava dando choque. Pensei rapidamente, se o automático desliga entre um ciclo e outro a cada lavagem e a maquina não funciona com a tampa aberta como ela poderia saber que a maquina esta dando choque e foi então que eu descobri que alem de maquina de lavar aquela senhora usava a maquina para se masturbar. Ela sentava na maquina e acionava o seu funcionamento e toda a vibração percorria seu corpo, principalmente a sua xaninha que estava em contato direto com a tampa da maquina, logo assim que eu terminei o serviço ela fez questão de testar e como ela estava sem calcinha e eu de cacete duro foi a hora de fazer um outro tipo de aterramento, o do meu cacete na sua xaninha e com isso eu fiquei transando ate o final da tarde com essa senhora tarada que pagou muito bem pelos meus serviços e disse que ira me chamar outras vezes. A idéia do marido de aluguel era só para fazer pequenos consertos mais a maioria quer mesmo que eu conserte a sua vida sexual pois muitas delas ao contrario desta senhora que descobriu a maquina de lavar já não gozam a muito tempo.  

 

Gostou? Vote no Conto:

21343 visitas