Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto
amadoras flagras filmes porno filmes porno gostosas sexo anal

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Testando a Fidelidade da Esposa | Acervo de Contos

Testando a Fidelidade da Esposa

No trabalho, ouvi um cara dizer que contratou uma agência para testar a fidelidade da esposa dele e se deu mau. Fiquei com aquilo na cabeça e decidi testar a minha também. Lara minha esposa é muito séria e sempre foi muito fiel. Fui na tal agência e me explicaram como o teste seria feito. Me informaram que fariam uma filmagem e me entregariam um dia depois. A dona da agência me pediu alguns dados sobre minha esposa. Informei o básico, disse que ela trabalha com venda de roupas íntimas e que é muito séria. A dona me apresentou dois rapazes que testariam minha esposa. Um era loiro e de boa aparência, o outro moreno do estilo fortinho. Eu sabia que me minha esposa passaria neste teste, pois confio muito nela, pensei. A dona da agência me pediu para dizer a minha esposa que na sexta feira chegaria mais tarde em casa. Para deixar minha esposa menos preocupada com horário. Fiz isso. Na sexta feira o dia do teste não conseguia me concentrar em nada. Só ficava pensando no que estava acontecendo com Lara. Cheguei em casa um pouco mais tarde e perguntei a ela como foi o dia. Ela me respondeu que não havia acontecido nada de mais. Fiquei mais tranquilo com aquela resposta. No sábado de manhã fui a agência pegar o DVD com o teste na íntegra. Cheguei no trabalho e logo comecei a ver o conteúdo do cd. Primeiro estava gravado uma conversa pelo telefone. O rapaz liga pra Lara dizendo que estava querendo comprar roupas íntimas para sua namorada e pediu que Lara fosse até seu apartamento. Lara respondeu que não atendia homens a domicílio. O rapaz insistiu dizendo que queria comprar várias peças. Depois de muito insistir ela topou, pois não gostava de perder vendas. Chegando no apartamento que estava com cãmeras por todo lado, Lara entrou e não estava muito a vontade. Eu estava me sentindo estranho pois agora estava vendo ao vivo e a cores minha esposa numa sala com dois homens sem saber o que viria depois. Os rapazes estavam puxando conversa e vendo as peças para deixá-la mais a vontade. Um deles foi preparar um suco de laranja e trouxe pra ela que aceitou. Lara parecia não estar a vontade com aquela situação. Eles começaram a perguntar sobre qual das peças eram mais própria para presente, isso fez com que Lara fosse se soltando e falando mais. O rapaz loiro pegou uma calsinha de renda toda transparente e perguntou se as mulheres gostam deste tipo de calsinha. O outro pediu para ver as cuecas e pegou uma e pediu permissão pa experimentar, Lara disse que não teria problema. Os dois pegaram as cuecas e foram para o quarto. Do quarto tinha uma câmera que dava para ver na sala, eles ficaram olhando a reação de Lara. Ela ficava se abanando com as duas mãos, isso para mim era um mal sinal, pois ela fazia isso quando estava nervosa. Os rapazes entraram de cuecas e perguntaram se estavam bem.
Lara já estava muito diferente e respondeu que eles ficaram muito bem, eles ficaram em pé perto dela e ela não tirava o olho do pau dos caras. Fiquei puto de raiva. O loiro pegou a calsinha de renda transparente e pediu para Lara experimentar para que eles pudessem ver como ficaria no corpo de uma mulher. Ela relutou mas os caras começaram a alisar os cabelos dela e ela acabou aceitando a proposta. Eu estava puto de raiva, já era pra ela ter ido embora a muito tempo. No quarto ela começou a tirar a roupa e experimentar as roupas íntimas. Pra minha surpresa Lara começou a se masturbar, deu para notar que ela estava cheia de tzão. Ela rebolava na mão e alisava a xotinha e os seios, lambeu o dedinho e enfiava no cuzinho. Cara fiquei puto de raiva, ela deu toda pinta que ia dar pros caras. Ela tirou a roupa toda e vestiu aquela calsinha transparente e um soutien tão pequeno que mal daca para tampar os bicos do peito. Quando ela entrou, os caras ficaram comendo ela com os olhos e pediram para passar as mãos e sentir a textura da calsinha. Eles começaram então a alisar os peitinhos dela, a bunda e passavam as mãos no xoxotinha dela. Ela retribuia passando a mão no pau dos dois. Um começou a beijar o pescoço dela e o outro ficava por trás roçando na bunda dela. Nunca pensei que veria uma cena dessas, minha Lara se esfregando em dois homens ao mesmo tempo. Os caras retiraram o soutien e abaixaram a calsinha dela, enquanto um chupava os peitinhos dela o outro estava lambendo a xotinha dela. A Safada estava cheia de tezão e delirava ao ser toda chupada. Nunca tinha visto Lara com tanto tezão. Eles levantaram as pernas dela e enquanto um chupava a xota o outro dava linguada no cuzinho dela e ela rebolava pedindo mais e xingando os cara de safados. Depois de chuparem bastante a xaninha dela eles se levantaram e os dois mostraram o pau para ela e a safada caiu de boca nas duas varas. Ela chupava e punhetava os dois paus ao mesmo tempo. Os caras batiam com o pau na cara dela e ela estava adorando apanhar de pau na cara. Ela chupou o pau o saco e até lambia o cú dos caras, ela havia se transformado numa verdadeira puta.

Um dos caras sentou no sofá e ela se ajeitou e sentou no pau dele, a vadia gemia de tezão enquando o pau duro do cara entrava na buceta dela. O outro só queria saber de enfiar o pau na boca dela e ela chupava e batia uma punheta pro cara.
A safada rebolava na vara do safado e chupava loucamente. Por fim colocaram ela de quatro e enquanto um fodia ela de quatro o outro se aproveitava e a colocava pra chupar. Mudaram de posição várias vezes, um deitou e ela deitou em cima cima e começaram a fuder um na xota e o outro no cuzinho dela.
Dois paus enterrados nela e ela parecia estar adorando aquilo, safada, gemia e pedia mais, mais.
Foi horrível ver a minha esposa sendo arrombada por dois safados. O Cara só queria enfiar a rola no cuzinho apertadinho dela.
Novamente de quatro eles revezavam, enquando um fodia o cú dela o outro socava na boca dela.
O loiro metia tão forte no cú dela que não aguentou e jogou um jato de porra e lambuzou o cuzinho dela todo, dava pra ver o buraquinho dela piscando cheio de porra.
O outro também estava quase gozando e ela batia punheta e chupava, o cara tirou o pau da boca dela e gozou na cara da safada que ficou toda lambuzada de porra. A piranha morria de nojo de chupar meu pau e acabou deixando o tarado encher a boca dela de porra que escorria por toda cara dela. Eles ficaram deitados um tempão no tapete da sala. Conversando e se alizando. Depois se levantaram e foram juntos para o banho. Lá eles a colocaram para chupar novamente e eu tive que assistir tudo de novo. Eles ficaram de pau duro e fuderam minha esposa novamente no banheiro, enfiaram na buceta, no cú, enfiaram na xota e no cú ao mesmo tempo, colocaram ela pra chupar e gozaram no corpo dela que passava aquela porra quente pelo corpo e sorria de alegria. No final eles perguntaram se ela havia gostado. Ela respondeu que tinha sido a melhor foda da vida dela e queria que eles a fudessem de novo outro dia. Eles disseram que viajariam e que não voltariam mais, ela pareceu desapontada e falou que teria então que se contentar com o babaca do marido. Puta que pariu, aquilo que ela disse me chamando de babaca doeu muito. Voltei para casa decidido a me separar. Mas chegando em casa ela fez algo que me surpreendeu, mas esta já uma outra história.

 

Gostou? Vote no Conto:

26/04/2011 | 86360 visitas

 
 
 
videos de sexo safadas safadas