Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Músico comilão | Cornos | Acervo de Contos

Músico comilão

Foi em mais uma bela noite de trabalho que sai para tocar, já sou músico a mais de 12 anos, toco em festas particulares e curto uma boa transa. Neste dia eu estava tocando em um churrasco violão e voz, muitas mulheres e muitos rapazes. Havia uma mulher linda naquela festa, eu olhe para ela, mas ela não me deu bola, depois eu percebi também que ela estava com seu marido, a festa estava rolando, a galera estava bebendo muito, eu também e claro, comecei a tocar umas musicas mais tranquilas pois já estava chegando o final da festa já havia muitas pessoas bebadas e caídas pelo chão.Então eu resolvi parar e a festa chegou ao fim. Comecei a desmontar o meu equipamento de som, e fui procurar a dona festa para me levar em bora, pois estávamos em um sitio, longe da capital, ao procurar a dona da festa vi que ela estava chapada e que não conseguiria me levar para casa, então sentei em uma cadeira do lado de fora da casa, quando a mulher que olhei no inicio da festa veio me perguntar se eu não ia dormir. Eu disse que não pois eu queria ir embora. Ela me perguntou se eu não tinha carro, eu disse que não.

Então ela se levantou e disse que iria me levar, eu perguntei a ela cade o marido dela, ela me disse que ele estava bodado na cama. Na quele momento eu pensei que loucura esta mulher linda deliciosa me levando em casa. No meio do caminho fomos conversando, quando de repente ela para o carro no meio fio, e começa a me beija, como louca, baixou minhas calças e começou a me chupar todinho, ela disse que o meu pau era enorme e grosso, tudo que ela estava querendo, que já havia traído o marido dela, mas o cara tinha um pinto tão pequeno que ela ficou arrependida, mas depois deste pau tão grande ela disse que não vai se arrepender, e voltou a me chupar, ela chupava tão bem que eu quase gozei. Então eu virei ela dentro do carro mesmo e comecei a chupar o cuzinho dela, ela estava tão excitada, com as mão eu abria a bunda dela e ela dizia - que delicia.

Arranquei ela para fora do carro como era madrugada passava poucos carros naquela hora e se passasse pouco a gente ia se importar. joguei ela para cima do carro quando eu ia lamber a buceta dela ela pediu que eu lambesse o cuzinho dela novamente, por que eu havia chupado gostoso de mais dentro do carro, obedeci ela e voltei a chupar o cu dela ela disse, que nunca havia dado o cu por que tinha medo, nem para o marido dela ela deu, e disse naquele momento que não queria dar a buceta para mim somente o cú, obedeci novamente, cuspi no cuzinho dela e soquei de leve para que ela não sentisse dor ela estava adorando mais queiria que eu fosse com mais força, como sempre obedeci de novo, enfiava com tanta força ela gemia sem parar, ela avisava toda hora quando gozava, eu comendo o cuzinho dela ela disse gozará umas cinco vezes, eu estava adorando ver aquela bundinha linda apenas pela luz da lua, então segurei o meu goza, quando ela não aquentava mais me dar o cú por que eu não goza ela disse que eu podia segurar a vontade, por que ela aquentaria ficar trepando até o dia amanhecer, então ela virou e pediu para que eu comece a bucetinha dela, obedeci de novo, socava com força ela estava toda gozada, eu podia sentir o melado, meu pau continuava duro, tirei ele para fora dei uma olhada nele ele estava coberto de porra, parecia que era minha, mas não era dela, eu estava cheio de tesão e não estava conseguindo segurar mais disse a ela que eu ia gozar tirou a buceta o meu pau e começou a chupar o meu cassete, pedindo para que eu gozasse na boca dela, então eu obedeci mais uma vez, gozei gostoso. Mesmo depois de ter gozado o meu pau continuou duro, fui brincar com ela enfiei por mais uns três minutinhos no cú dela de novo ela adorou o fechamento, ai paramos pois eu já estava cansado, descansamos um pouco dentro do carro e seguimos estrada. Trocamos e-mais ela me disse que pensa em mim até hoje pena que eu sou de minas e ela é do rio de janeiro. Mas um dia eu vou lá.



meu e-mail para mulheres ardentes tabatuco_@hotmail

 

Gostou? Vote no Conto:

16646 visitas