Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Minha primeira traição. | Cornos | Acervo de Contos

Minha primeira traição.

Bom dia. Meu nome é Renata (Nome fictício) tenho 30 anos e sou casada há 7 anos. Sou morena clara, 1.72m, 75 Kg, olhos castanhos, cabelos lisos, seios pequenos (pontudos), xota raspada no talo e bumbum empinado.









Conforme disse sou casada há 7 anos, tenho uma filha de 6 aninhos minha linda, sou formada em Administração de empresas com pós em gestão de pessoas, trabalho como Analista de Recursos Humanos em uma empresa de consultoria do ramo. Esse fato que estou citando aconteceu quando eu tinha 4 anos de casada. Sempre fui apaixonada por uma vara entrando em mim, adoro tudo na cama e sem frescura (comecei a dá cedo, em outra ocasião conto como perdi o cabaço). Tenho um casamento lindo, meu marido é um homem ocupado (Engenheiro em uma grande construtora), mas nunca deixou de fornecer assistência na cama, tenho uma menina linda de 6 aninhos minha companheira, casa perfeita com funcionária e tudo mais. Porém faltava algo na minha vida (acho que era outra piroca) e realmente descobri que era. Comecei a trabalhar no meu atual emprego e minha vida ficou corrida e agitada. No dia a dia começou a faltar amor, carinho e sexo. Meses passaram e na empresa entrou um advogado novo para assessoramento jurídico da empresa e desde o primeiro dia nós trocamos olhares avassaladores. Ele é moreno tem quase a mesma altura minha (ele 1.74m) malhado (ama caminhada e academia) corpo trincado e etc (mais tarde descobri que também tem uma rola maravilhosa). Ele também é casado e muito safado chifra todo dia a mulher. Conforme o tempo foi passando aumentou em mim a carência e desejos fui conversando com ele e claro ele sempre dando em cima de mim. Sempre trocamos mensagens e e-mails até que um dia ele me convidou para almoçar. Almoçamos e bebemos um chope bem gelado e logo após terminar a refeição trocamos olhares e nos beijamos bem gostoso no meio da praça de alimentação do shopping (perigo) mas aconteceu. Nunca havia traído meu marido, mas aquele beijo mexeu comigo. No outro dia olhei para ele envergonhada pelo fato ocorrido no dia anterior. Vou resumir e ir direto ao ponto. Uma semana depois do acontecido ele me chamou novamente para sair e eu mesmo relutante aceitei o convite. Ele me levou para um barzinho bebemos um pouco e nos beijamos novamente. Eu estava vestida com uma calça jeans, uma calcinha de renda vermelha socadinha quase no útero e uniforme da empresa. Naquela altura já estava alterada devido a bebida e louca de tesão com a buceta já encharcada babando de vontade. Saímos do bar e fomos a um motel. Chegando lá ele fez eu tirar minha aliança e jogar no lixo ( fiquei chocada, mas como já estava louca de desejo e bêbada fiz). Deitamos na cama e ele tirou toda minha roupa e minha calcinha tirou no dente rasgando ela toda. Ele também já estava só de cueca quando derrepente tirou a vara pra fora. Deliciosa e cabeçuda. Mamei cada centímetro daquele pau, me lambuzei, babei e ele acabou gozando na minha boca. Engoli cada gota da porra dele e então ele me jogou na cama e abriu minha perna começando a lamber minha buceta já ensopada. Ele perguntou se eu tomava pilula para não engravidar e eu respondi que não e pedi para ele usar camisinha. Porém o safado iniciou um jogo muito sujo de ficar alisando a pica na porta da minha xota até que enfiou tudo de uma vez. Estava tão tesudo que não resiste e dei pra ele sem camisinha. Fodemos muito de todos os jeitos e posições até que ele gozou muito dentro de mim. Colocamos a roupa (menos a calcinha que já estava rasgada) peguei a aliança e fomos embora. Ele me deixou em casa e foi embora. Cheguei tomei um belo banho e fui dormir realizada e devorada (meu marido estava viajando nessa semana).

Minha menstruação atrasou e pensei que estava grávida dele, mas ainda bem que não passou de um susto. A partir desse dia comecei e continuei a sair sempre com outros homens. No próximo conto eu digo como engravidei de outro cara, como fiz para esconder isso e onde está meu bebê que hoje 11/05/2016 está com 2 aninhos. Beijos e até a próxima.

 

Gostou? Vote no Conto:

6312 visitas