Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Meu corno preferido te adoro.... | Cornos | Acervo de Contos

Meu corno preferido te adoro....

Ola bom dia a todos, a historia que passo a contar aconteceu comigo a cerca de um ano, meu nome e Vera(fictício) tenho 33 anos tenho 1,68 m cabelos pretos ate o meio das costas, tenho a bunda e as penas grandes e torneadas, moro em Valença-RJ, meu marido se chama Pedro(fictício).

Sou casada a uns 10 anos, e de um tempo para cá meu casamento foi ficando sem graça acho que caiu na rotina, meu marido foi meu primeiro homem, e com o tempo começamos a nos desentender bastante, principalmente  na hora do sexo, pois ele começou a assistir filmes porno comigo, só que sempre era de vários homens comendo uma só mulher, depois começou a fantasiar nos dois e mais um ou dois homens me comendo junto com ele e acabou que eu me sentia mal com aquilo, pensava um monte de besteira, ate que um dia brigamos feio e ele saiu de casa disse que iria passar uns dias no outro apartamento que tínhamos para esfriar a cabeça.

Apos uns três dias pensando e analisando descobri que na verdade ele queria ser corno mesmo, pois se não para  que aquilo tudo. Durante a semana um primo meu que morava em outra cidade vizinha, me ligou e pediu para dormir em minha casa no final de semana, pois iria fazer um concurso no domingo la na minha cidade, eu disse q não tinha problema não minha casa e grande e tinha quartos sobrando.

Para meu espanto na sexta a tarde chegou meu primo Luiz e mais um amigo dele (Julio) que também iria fazer a prova e pediu para ficar também, como já estava la não me neguei e claro, pois como disse a casa era grande.

De inicio sentiram a falta de pedro mais não perguntaram nada, chegando a noite, sentamos na sala fiz uns tira gosto e a geladeira estava lotada de cerveja, disse a eles que ficassem a vontade e começamos a beber e conversar, só que como malho muito na academia, quase não tomo álcool mais nesse dia não estava nem ai queria relaxar comecei a beber com eles, os dois estavam de shorts e camiseta e eu estava de mini saia jeans com uma calcinha fio dental para não marcar e uma camiseta com flores, e sem sutiã. Depois de certo tempo já estava meio tonta e conversa vai conversa vem começamos a falar do casamento e ai comecei a contar tudo para eles inclusive dos videos porno, tentando ver o q eles achavam, e comecei a perceber que eles se excitaram pois os dois ficaram de pau duro no shorts como pude observar, mais o q me chamou atenção foi o amigo do meu primo o Julio, rapaz alto e forte moreno claro, deveria ter mais de 1,80 m e percebi que o volume no seu short era grande, aquilo me deixou muito excitada mesmo, senti que estava ficando molhada, pensei o que estou fazendo vou levantar um pouco e ir ao banheiro, quando me levantei pude perceber nitidamente que os dois olharam descaradamente para minha bunda grande e arrebitada, aquilo me deu uma coisa por dentro q nunca tinha sentido continue andando mais percebi que fiquei mais tonta ainda e pensei quer saber o corno não quer e isso mesmo, vou provocar só apara ver no que vai dar.

Retornei sentei no sofá de frente para os dois, e bebi mais uma cerveja, e deixei a perna um pouco aberta nossa os dois não tiravam os olhos, ai meu primo muito safado disse vamos fazer uma brincadeira gente, para descontrair e eu disse logo eu topo qual? Ele disse vamos fazer jogo de perguntas, quem errar pagar uma punição. Começamos sorteamos Julio fez uma pergunta para mim e eu errei ele pediu que eu dançasse uma musica, fiquei de pé e comecei tontinha a dançar e a rebolar nossa os volumes no shorts ficaram ainda maior, me sentei sorteamos de novo eu perguntei para meu primo ele errou e eu disse cante uma musica mais sem camisa ele tirou a camisa e cantou, outro sorteio Julio me perguntou eu errei ele disse dance uma musica sem uma das peças da sua roupa, mas vc escolhe qual, nossa me arrebentou pois como disse estava de saia e de camiseta mais estava sem sutiã ai tirei a saia mesmo só fiquei de calcinha fio dental, quando acabei de tirar a saia que levantei a cabeça para começar a dançar Luiz já estava de pau para fora segurando e me olhando, como não fiz nada nem disse nada ele se levantou e veio e  minha direção me agarrou e começou a dançar comigo senti seu pau duro esfregar minhas cochas, o que me deixou ensopada.

Quando dei por mim o amigo grandão me pegou por trás nossa minha bunda sentiu aquele negocio grande dentro dos shorts me esfregar, me arrastaram para o quarto, Luiz subiu na cama ficou de joelhos com o pau para fora, cacete de tamanho normal mais grosso, mais grosso do que o do meu marido, eu subi engatinhando e cai de boca chupando sem parar e naquele momento lembrei dos filmes pornos que eu assistia com Pedro, hummm, quando dei conta e olhei para traz senti uma língua maravilhosa me chupando próximo ao meu cuzinho, continuei chupando Luiz um certo tempo, ate que eles trocaram de lugar, o Luiz foi me chupar e então veio o amigo, o Julio, nossa senhora, só tinha visto uma pica grande e grossa assim só em filmes porno e mesmo assim achava que era alguma montagem, mais estava ali na minha frente um cacete enorme e grosso nossa muito grosso, negro da cabaçona roxa escuro, mau entrava na minha boca, peguei com as duas mãos e fique ali deslizando a língua nele todinho, e peguei nas bolas eram imensas um sacão danado, me viraram de barriga para cima e então me assustei bastante pois ao olhar para a porta vi Pedro meu marido que havia entrado porque ele tinhas as chaves e eu nao tinha escutado nada, em pé na porta do quarto com o pau para fora batendo uma punheta e nos olhando, mas acho que os dois já sabiam que ele estava ali olhando, pois continuaram como se nada estivesse acontecido, ai eu levantei com a boca cheia de gosto daquela pica enorme que estava chupando e lasquei um beijo de língua em Pedro que na mesma hora me beijou intensamente eu parei e disse em seu ouvido esta gostando da sua nova putinha, ele disse baixinho também, estou adorando, era a minha confirmação do que eu havia imaginado mesmo, puxei ele pelo cacete para participar da brincadeira também.

Deitei novamente de barriga para cima pequei no cacetão aquele gostoso do Julio e comecei novamente a chupar e pensar como iria aguentar aquela pica dentro de mim, Pedro levantou minhas pernas me deixando toda aberta e começou a me comer, Luiz foi para perto de Julio e colocou o pau na minha boca também eu estava ali tontinha com três cacetes só meu.

Depois de um tempo levantei, peguei Julio deite ele na cama e subi em cima dele toda molhadinha de tesão comecei a esfregar naquele pau enorme, nossa acho q ali mesmo gozei peguei ele com a mão e comecei a passar na entrada da minha buceta, que por sinal tem os lábios bem carnudos, mas a cabeça dele era muito grande comecei a introduzir bem devagar mas a cabeça tive que forçar um pouco para entrar, então Luiz me deu seu pau para chupar e sentir meu marido lambendo e enfiando a língua em meu cuzinho nossa nesse momento acho q gozei de novo, só de saber que meu maridinho estava cara a cara com aquela tora e querendo me ajudar, ai fui sentando bem devagar e ela me preenchendo e me alargando todinha, sentia dor mais minha boca estava ocupada para gemer, mas continuei ate a cabeça entrar todinha ai eu parei com ela toda dentro de mim, meu marido enfiou os dois dedos no meu cuzinho e eu com a pica do Luiz na boca. hummmm, nesse momento o Julio mamava em meus peitos me senti um piranha total mais aquilo me deixava mais louca ainda.

Meu maridinho pegou as bolas de Julio e começou a esfregar no meu cuzinho, cuspiu nele e estava tentando enfiar um delas nele, Julio me segurou forte e não sei como ele conseguiu enfiar uma das bolas no meu cu, caramba foi incrível, só tinha dado o cuzinho poucas vezes mas uma bola nele foi a primeira vez senti ela dentro de mim e comecei a subir e descer desesperadamente ate que ela saiu.

Pedro trocou de lugar com Luiz que ao chegar la traz nem brincou foi logo enterrando sua pica grossa no meu cuzinho doeu um pouquinho mas dai para frente gozei muito, estava sendo arregaçada, quando senti que Luiz encheu meu cu de porra quente que começou a escorrer.Pedro estava louquinho de tesão e queria mais, me fez segurar no encosto da cama foi la atrás tirou o pau de Julio da minha bucetinha e começou a esfregar ele no meu cuzinho ai eu disse no vou aguentar amor e muito grande vai me machucar ele disse assim, eu sei q você aguenta eu seguro ele na posição e você vai sentando bem devagar, olhei por debaixo e realmente ele tinha pego aquele cacetão e estava segurando firme na porta do meu cuzinho gostoso, ai escutei Julio dizer baixinho no meu ouvido, vou encher seu cuzinho todinho com meu leitinho, aquilo foi o que faltava fui rebolando fazendo força Pedro as vezes  cuspia para lubrificar, com muita dificuldade a cabeça entrou ai eu parei um pouco e senti uma língua me passando era Pedro bem próximo do meu cu me lambendo, não aguentei mais não pois o Julio que estava quietinho começou a enfiar mais e mais sua pica em mim

e dizia nossa q cu gostoso no meu ouvido e foi aumentado ate q senti meu cu todo molhado de leite, Pedro que tocava um punheta gozou na minha boca também  e eu engoli tudinho, tranquei o cuzinho e fiquei um temo com aquele cacete maravilhoso meio mole dentro do meu cuzinho. Continuamos a noite dota assim, agora pelo menos uma vez por mes recebemos nossos amiguinhos la em casa e durante a semana assistimos filminhos para fantasiarmos mais.....rssssss

 

Gostou? Vote no Conto:

1954 visitas