Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Fiz de meu visinho um corno | Cornos | Acervo de Contos

Fiz de meu visinho um corno

Vou descrever minha visinha: morena clara, 1,65mt, seios avantajados, bunda grande, mtº gostosa.

Eu percebia q/ sempre q/ eu estava na frente de mh casa ela saia pra fora, principalmente qdº eu chego c/ meu caminhão. É quase tds os dias, foi até q/ n/ aguentei e perguntei a ela se queira me dizer alguma coisa, ela foi direto ao assunto e me disse q/ me curtia mtº e q/ era apaixonada por mim, sentia uma tesão imensa só de pensar em dar um role comigo no caminhão, eu confesso q/ fiquei até c/ vergonha dela, pois somos vizinhos a mais de 10 anos e isto nunca tinha passado pela mimha mente, mesmo ela sendo gostosa, pois tenho um pouco de receio do marido dela, mesmo pq, no passado ele ja foi da pesada, mexia c/ drogas e coisas mais. A partir dai comessamos a se falar c/ mais frequencia, sempre q/ mh esposa n/ esta em casa e eu chego c/ o caminhão ela sai pra fora e nos falamos mtº. A uns dois meses atras eu estava estacionando meu caminhão em frente de casa qdº ela saiu e eu disse a ela: amanhã cedo estarei indro a são carlos quer ir comigo; ( eu esperava um n/ posso, th q/ levar meu filho na escola ) pra minha surpresa ela disse q/ horas vc sai de casa, eu disse as 6hs, ela disse te espero na quadra de cima, n/ vai me deixar pra traz. Safada ela entro para dentro e ligou pra sua mãe disendo q/ teria médico cedo, q/ era pra ela vir na casa dela pra levar o garoto na escola e se ela n/ voltasse a tempo q/ ela o buscasse e levasse pra casa dela, q/ qdº ela chegasse ela iria buscalo.

Nossa, fiquei de pau duro na hora, eu n/ via a hora do dia amanhecer. Quando amanheceu eu estava arrumando pra sair, estava vendo a agua do radiador e o oleo do caminhão, ela saiu pra fora e me disse ja estou subindo me pegue logo antes q/ alguem me veja na rua a esta hr. Me apressei e sai as carreiras qdº la cheguei ela esta tds euforica, linda e gostosa, entrou no boleia do caminhão e a primeira coisa q/ ela me deu foi umn beijo bm molhado, dei uma passada de mão entre suas pernas e ela ja estava td molhadinha. Saimos em direção a são carlos e logo q/ acessamos a pista fui obrigado a fazer uma parada, quase q/ obrigatória ela queria desesperadamente chupar meu pau, e eu dirigindo, erá mtº perigoso ,pois estava colocando ns vida em risco e a dos demais q/ trafegava pela pista. Parei o caminhão em um local seguro, ajeitei a pica pra ela e ela mamou gstosa até eu gosar, enchi sua boquinha de porra, parecia q/ eu nunca havia gosado como aquele momento. Ah! enquanto ela bricava com mh rola eu enfiava um consolo q/ tenho em casa pra brincar c/ minha mulher, havia levado ele, caso ela reclamasse do tamanho de meu pau, mesmo porque n/ é grande, mais ou menos 16,5cm por 4 de espessura. Mas ela n/ reclamou simplesmente disse q/ o pau de seu marido é maior, mas q/ o meu é mais grosso e mtº mais firme.

Quando terminei de gosar, ela tb havia gosado c/ o conssolo, ai seguimos viagem, th q/ descarregar o caminhão as 8hs. Após descarregar, voltamos e no caminho fizemos uma parada em um motel na beira da pista, ai o bicho pegou, comecei a chupa-la bem de vagar, fui descendo até chegar em sua bucetinha q/ estava td lambusada de seu goso, ela gritava como louca, depois fui penetrando meus 16,5 em seu cuzinho, porem ela qz recusar, disendo q/ era mtº grosso, eu a convenci de q/ o faria c/ delicadesa, e q/ passaria um anestésico primeiro, ela então consentui, anestesiei bm seu rabinho e penetrei td de uma só vz, pra n/ dar chance dela reclamar, qdº ela qz sair, ja estava td enterrado, ai foi só bombar, ela gritava desesperadamente, um grito de mistura de dor c/ prazer, bombei etá encher seu cu de porra. Qdº terminamos fomos pro banho, e la debaixo do chuveiro ela começou a fazer outra chupetinha, n/ demorou mtº pro cacete ficar a ponto de bala novamente, ai fomos pra cama e eu a fiz gozar deliciosamente só q/ desta vz só na bucetinha dela, e q/ buceta.Terminado saimos rumo a ns casa, e ainda fizemos mais uma parada na beira da pista em local seguro, demos mais um pega e mtºs beijos, assim foi nosso primeiro encontro, ja estou louco de vontade de dar outro pega nela, estamos nos programando pra sairmos juntos de novo no camimhão, ela adorou, e eu mais ainda.

 

Gostou? Vote no Conto:

24593 visitas