Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Dividindo minha esposa | Acervo de Contos

Dividindo minha esposa

Adoramos praia, piscina, sol, enfim, ambientes alegres. Desculpe-me, eu sou Gustavo casado com Drika, temos 38 e 30 anos, respectivamente. Somos brancos, porém, buscamos sempre a cor morena, do sol. Ela é linda e, para mim, deliciosa, claro, primeiro em função do amor que sinto e, segundo, porque ela é gostosa mesmo... Peitos grandes, pontudos, rosados, quem os vê e os chupa, adora, como veremos mais adiante. Um verdadeiro tesão, e para os que já a fuderam um bela puta!
Moramos em São Paulo, mas sempre vamos à praia, na verdade adoro vê-la exibindo seu corpo em minúsculos biquines. Estes sempre pequenos atrás, mas não fio dental, e baixo e pequeno na frente, em função disso, ela sempre anda bem depiladinha, pois seus pelinhos só existem um pouco acima da fenda maravilhosa. A parte de cima, também sempre é pequena, e adoro quando ela o põe, pois sei que todos vão olhar aqueles peitos e a desejarem e, isso nos dá um tesão enorme. Sempre é de ?cortina?, para que ela diminua mais ainda caso perceba algum homem a olhando, até deixar uma parte dos biquinhos do peito de fora. Certo dia ela se empolgou tanto que gozou na praia, mas de forma contida. Ela me contou que percebeu um rapaz olhando muito para seus peitos, e ela foi correspondendo e diminuindo a ?cortina? do biquine, e percebeu que a pica do garoto estava muito dura e isso a fez gozar. Porém, ela só me falou quando chegamos em casa... Trepamos o resto do dia pensando na cena, e ela gozava feito louca, pensando na pica do garoto.
Assim começou nossa história baseado nas fantasias que se iniciaram a partir desse dia, ou seja, o desejo dela de fuder com outros e comigo. Começamos a visitar páginas da internet sobre swing, e sexo. Resolvemos colocar anúncios com fotos. Fomos muito correspondidos, muitos homens se comunicavam conosco, trepamos muito pra eles com a web-cam ligada, enquanto eles batiam punheta e mostravam suas picas. Ela adorava se mostrar, mas nunca havíamos tentado ao vivo e em cores.
Certo dia fomos a praia, de férias, próximo a Maceió, mas chegamos no final da tarde. Tomamos um banho e fomos passear um pouco. Pedi para que Drika pusesse uma roupa pequena (como se precisasse fazer um pedido desses) ela colocou uma minissaia bem baixa, com um ?top? folgado Assim, ficou com as pernas e a barriguinha deliciosa de fora, mas, me surpreendi quando observei o ?top?, era maravilhoso, curtinho, bem decotado e folgado, percebi a maravilha quando ela se baixou para calçar as sandálias... Aqueles peitinhos, com a marquinha bem pequena, apenas os mamilos branquinhos, todo à vista... então exclamei: hoje eu quero te comer! E ela respondeu, você vai me comer e muito hoje, mas com aquele sorriso maroto, e finalizou, mas quero que outro me coma também, por isso estou com essa roupinha, vou caçar um macho hoje. Você vem comigo? O pau subiu na hora, e ela aproveitou pra dar aquela chupada...
Depois fomos à praia e sentamos em um barzinho. Prontamente chegou um garçom (Roberto), rapaz por volta dos 20 anos, muito atencioso. Pedimos algo para beber, e comer. Quando o rapaz saiu, ela comentou, uhmmm... interessante... Acho que vai ser ele que vai me comer...Olhei o rapaz, mas não percebi nada demais nele, uma pessoa normal, mas para ela seria ele e pronto. Claro que já fiquei de pau duro e a acariciava, passando a mão por entre suas pernas, tentando deixá-la ainda mais excitada. A partir do segundo ?drink?, ela começou a encarar Roberto e ele começou a corresponder, ficou atentando-o, provocando-o, e aquilo foi me deixando louco, o pau quase estourado de tanto tesão, vendo minha mulher se oferecer para outro homem, na minha frente. Certo momento, ela o chamou com o cardápio e ficou esfregando o braço na perna dele. Com aquele decote seus peitos estavam todo à mostra e Drika fazia questão de mostrar, foi quando observei como o pau dele estava duro e ele não conseguia esconder. Drika, puta, não tirava os olhos da pica dele. Certo momento, ela o encarou e o pegou olhando os seus peitos, e então o perguntou, gostou dos meus peitinhos? Na minha frente. O rapaz, apesar de novo não tinha nada de bobo, disse, adorei e queria muito chupá-los se seu marido permitir, então ela respondeu na hora, os peitinhos são meus e quero que você os chupe e passe essa pica gostosa neles, meu marido não vai se preocupar com isso, pois ele quer me ver dando a bucetinha pra outro... Naquele momento, não sei como não gozei, vendo minha mulher cantar outro homem... Ela, então combinou uma hora para nos encontrarmos, depois que ele saísse do trabalho. Logo em seguida pedimos a conta e, na despedida, pedi para que ela acariciasse a pica dele, disfarçadamente, o que ela fez imediatamente ali na mesa, roçando-o por cima da calça. Então falei: assim não, quero que você toque a pica dele sem nada... Mostre para Drika onde fica o banheiro, aproveite e entre com ela, para ela chupar tua pica. Os dois saíram imediatamente, retornando 5 minutos depois... Quando ela retornou, encostou no meu ouvido e disse: quero essa cabeçuda todinha na minha xana e na minha bunda... Hoje você vai se tornar cornudo, como deseja,,, e me beijou alucinadamente... aquela boca maravilhosa, com cheiro de pica...Aquilo me excitou muito e fomos para o hotel. Já era tarde e fomos direto pro quarto, pusemos a roupa de praia e fomos para a piscina. O pau não baixou um minuto. Ao entrarmos na água, a abracei imediatamente, desamarrei o laço do biquine, a encostei na beira da piscina e, por trás enfie tudo naquele bocetinha, muito molhada, de tanto tesão. Puxei a cortina do biquine pro lado e deixei os peitinhos todo de fora e os amassava deliciosamente, imaginando a visão do Roberto ao olhá-los e o tesão que ele está na minha mulher. Fudemos feito louco, com ela me dizendo que a pica dele era dura, cabeçuda, gostosa e que iria chupá-la na minha frente, ora ele, ora a minha pica...Gozamos rápido de tanto tesão, aqueles peitos deliciosos... Que trepada! Em seguida percebemos haver outro casal na área da piscina e vi que estavam nos olhando, mas não entraram na brincadeira, contudo a mulher o punhetava e o homem não tirava os olhos dos peitos da Drika, que sorria esperando que ele viesse ate ela pra chupar aqueles peitos, ela sorriu para ele e cobriu os peitinhos com o biquine, fiquei ainda sem jeito pois ao sair minha pica ainda estava dura, bastava ver o volume que a sunga estava, além de tudo Drika ainda o acariciava, e a garota olhava-o ...Fomos para o quarto, tomamos outro banho e ela disse que agora ia se vestir para foder com Roberto. Colocou uma calcinha minúsucula, como sempre ela usa, para provocar todos e todas. Colocou uma minissaia e uma blusinha de tecido leve. E fomos à busca do rapaz. Ao sair do quarto passei a mão na bocetinha da Drika...já ensopada... Falei para ela: como esse rapaz tem sorte, minha mulher já está com a bocetinha molhada só de imaginar foder com ele... Isso me excitou loucamente. Saímos então. Chegamos ao local combinado, esperamos. Ela estava ansiosa. Duas picas para ela chupar, morder, quatro mãos para acariciá-la, duas bocas para beijá-la, chupá-la... O tempo passou, mas o rapaz não chegou. Ficamos indignados. Como um cara de sorte como ele não vem comer minha mulher. Voltamos para o hotel. Ela não desanimou, se ele não veio me comer alguém vai. Assim, comecei beijando aquela boca maravilhosa, apertando-a contra meu corpo. Ela começou a se esfregar na minha pica, sentindo sua dureza, foi até sua mala e pegou um brinquedinho, que ela adora e começou a chupá-lo e içou só de calcinha, quando, de repente, o telefone toca. Era o Roberto, pedindo desculpas, mas teve que cobrir outro garçon que não foi trabalhar, mas que já estava no local combinado. Do jeito que estava saímos, eu de pica dura, pelos corredores do hotel. Drika numa euforia imensa. Ansiosa por sentir Roberto em todas as suas fendas. Minha puta estava me transformando em corno, lentamente e com muito tesão. Drika trocou de roupa rapidamente e colocou um vestido curto de malha, bastante decotado, uma calcinha branca bem pequena e transparente e o sutiã daqueles que apenas amparam o peito na parte inferior, deixando-o todo à mostra e com um perfume maravilhoso. Ou seja, pronta pra dar a xaninha. Entramos no carro e em poucos minutos estávamos no local. Roberto de bermuda e camiseta. Entrou no carro pedindo desculpas e imediatamente elogiou Drika. Saímos para o motel, logo começamos a falar putaria. Drika afastou o banco do carro para trás para ter mais espaço. Meu pau estava estourando de tesão. Que sensação maravilhosa, ver minha mulher se oferecendo e louca pela pica que iria levar na frente do marido. Comecei a acariciar as pernas da Drika, as coxas gostosas e lentamente fui subindo, o que fazia seu vestido também subir, deixando aos poucos seu corpo semidesnudo. Roberto aproveitou e começou a acariciá-la também. Primeiro foi beijando o pescoço. A safada gemendo e abrindo as pernas. Quando toquei na buceta ela soltou um grito e foi gemendo, a calcinha toda molhada e Roberto beijando a boca de minha esposa... Que tesão! Me segurei para não gozar ali mesmo. Drika beijava Roberto alucinadamente, e ele expôs os peitinhos dela,acariciando-os e agora alternava, ora chupava os peitinhos deliciosos, ora a beijava. Quando ele chupava seus peitinhos ela olhava com aquela cara de puta e perguntava: tá gostando de me ver com outro macho.... E pediu para Roberto morder os peitinhos.....Isso seu puto, chupa os peitinhos da vagabunda aqui, olha a cara do corno do teu lado.... Você vai me comer todinha... Vai meter a cabeçuda na minha xana... Pensei que não chegaríamos no motel.
Assim que entramos, Drika imediatamente correu pra cama com Roberto, me ´esquecendo´ e o despiu. Aí entendi porque que ela o chamou de cabeçudo. A pica dele era de tamanho normal, mas tinha uma cabeça grande, a glande se destacando do corpo da pica. O corpo do pau dele vinha normal e na cabeça fazia um volume enorme, uma pica muito bonita. Foi lindo ver o carinho que ela dispensou aquele colosso de pica. Drika o acariciava lentamente, e com muito tesão o percorreu com a língua da base até chegar na cabeçuda, aí parava e lambia, lambia e lambia. Roberto gemia feito louco e eu batia uma punheta deliciosa. Me aproximei e comecei tirar a roupa dela. Quando Roberto olhou aquela mulher com uma minúscula calcinha gritou; que puta deliciosa, me olhou e falou: vou te comer todinha sua vagabunda gostosa, na frente do corno!!! E então, tocou na xaninha da Drika, por cima da calcinha e exclamou, nossa a calcinha esta totalmente molhada. Nesse momento comecei a chupar aqueles peitinhos gostosos enquanto Roberto explorava a xana com os dedos. Drika gozava alucinadamente. Daí a deitamos e começamos chupá-la. Roberto chupou a buceta primeiro. Ele começou chupando os peitinhos e foi descendo beijando todo o corpo dela, ao chegar abaixo do umbigo, mordia e chupava, e mordeu a buceta por cima da calcinha e sugou o néctar da Drika que molhava a calcinha, Drika gozou novamente, então, ele afastou a calcinha e deixou aquela bucetona exposta à sua língua, e eu me aproveitei da minha mulher e meti a pica em sua boca. Ela chupava feito louca, mordia, gemia, pois estava pela primeira vez fodendo com dois machos. De repente ela mandou Roberto botar a cabeçuda perto dela, pois queria as duas picas na boca e, claro, nesse momento nós gozamos e demos uma belo banho de leite em Drika, que sorveu cada gota nas duas picas. Mal gozamos Roberto já estava de pica em riste, na língua da Drika que queria muito fuder. Aquela cabeçuda era linda mesmo. Fiquei de pau duro imediatamente também. Drika estava com a bunda arrebitada, esperando algo, que imediatamente levou.... Encostei a pica na xana dela e enquanto ela chupava a cabeçuda eu a fodia... Rebolava e gemia, que tesão aquilo. Ver minha mulher chupando outra pica e eu a fodendo. Tirei a pica e comecei a chupar aquela buceta maravilhosa e aquele cuzinho gostoso, apertado. Coloquei a cabeça da pica no cuzinho dela e meti de vez. Ela gritou; vai arregaçar meu cu seu puto, corno...me fode direito, safado, sacana....E começou a rebolar aquela bunda na minha vara. Roberto tirou a pica na boca dela, deitou-se ao nosso lado e a chamou. Quando vi a quela pica, imaginei que Drika não a agüentaria. Puro engano. Sem tirar meu pau do cu, aconchegou-se e montou em Roberto. Aquela cabeçorra, enorme foi apertando, e entrando vagarosamente na xana semi-virgem da minha mulher, que só tinha levado duas picas na vida (sem contar os brinquedinhos dela). A cara de felicidade dela era enorme. Senti a pressão da cabeçuda dentro da buceta dela contra a minha, que estava no cuzinho da Drika. Em seguida, Drika tirou minha pica cu e disse, agora eu quero só a cabeçuda... Claro que deixei afinal corno é corno! A puta é quem manda! Que delicia, ela requebrando em outro macho, foi lindo demais. Fiquei batendo punheta e olhando a cabeçuda ser engolida pela buceta de minha mulher e fotografando. Drika estava demais e fudeu muito com o sortudo do Roberto. Olhei o prazer da Drika brincando com aquela pica. Ela ficava no vai-e-vem só na cabeça, que latejava. Roberto a fodia e chupava os peitinhos dela. Os deixei fudendo, e quando estavam gozando, aproveitei a punheta e gozei mais uma vez na cara da minha puta. Depois que ela gozou , deitou-se com a bundinha para cima, e Roberto todo lambuzado de porra, aproveitou a oportunidade e disse, esta me oferecendo o cuzinho e pulou com pica dura por cima da Drika que apenas afastou as pernas e pediu: mete a cabeçuda no meu cuzinho...Eu fui a loucura, ver e escutar minha mulher pedindo para ser enrrabada...Roberto, sem dó aproximou a cabeçuda e lentamente foi enterrando-a no cu de minha mulher, que delirava e gozou apenas com o primeiro toque daquela pica no seu anelzinho, e depois com a enterrada... Que gozada gostosa que os dois deram. Assim, minha mulher virou puta e eu corno... Hoje sempre saímos com outro(as), ou seja, vivemos plenamente nossa sexualidade.

 

Gostou? Vote no Conto:

14/01/2010 | 66118 visitas

 

Comentários

  • fabiopassos postou em 04/12/2011

    oi amigo tua esposa e muito gostosa eu adoraria comer ela cm vc ou so vc que mada parabens por esta sedivertindo junto com ela 

  • helenice postou em 14/09/2011

    gostaria de serfodida assim helenicediasc@gmail.com

  • Reymond postou em 10/06/2011

    Maravilha de conto, Gustavo & Drika este casal é impagável vcs são muito sortudos mesmo.Estou em constante busca para encontrar casais e singles para minha esposa também.
    Parabens mesmos!

  • CARLINHOS postou em 19/08/2010

    MUITO BOM !!!! ADORO COMER ESPOSA NA FRENTE DO MARIDAO MACHO.BR.381MG@HOTMAIL.COM

  • breda postou em 11/08/2010

    eu gotaria de dar minha mulher

  • roberto postou em 15/06/2010

    adorei seu conto, espero realizar mais contos juntos eu vc e ela me escreva robertosp51@hotmail.com

  • Casado-Pa postou em 13/06/2010

    Parabéns pela esposa putinha que você tem. Esposa gostosa tem mais é que gozar no cacete de outro macho. Estou tentando convencer minha esposa a fazer o mesmo. Já confessei isto a ela, no começo resistiu, ficou brava, mas agora já não reclama mais, acho que falta pouco para que ela comece a trepar com outros homens e eu morro de tesão só em imaginar.

  • josenir postou em 25/05/2010

    Achei incrível. a minha mulher tambem fala essas coisas na hora da transa, mais nunca quis aceitar outro homem. ei manda foto de vcs transando pra mim! fiquei excitado por sua putinha de mulher..

    Valeu...

  • alaertessilveira postou em 13/05/2010

    aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  • Carlos Agostinhos postou em 03/05/2010

    Linda essa história, mas como ja disse
    eu e minha esposa temos aproveitado no maximo
    , ja saimos, eu, ela e meu cunhado, é bom demais
    mirtesagostinho@hotmail.com

  • APARECIDO AMBUSCULO DE ALMEIDA postou em 22/04/2010

    cara desorte, ter uma mulher gostosa para curtir a vida.

  • Carlos ferreira postou em 04/04/2010

    quero voces

  • carlos postou em 31/03/2010

    adoraria dividir sua esposa com vc garanto fazer ela gosar muito topam?

  • A postou em 08/03/2010

    POCHA CARA VOCE É UM SORTUDO.

  • antercorno postou em 20/02/2010

    VOCE MERECE UMAS PORRADA,SEU BOI MANSO.

  • alaertessilveira postou em 15/02/2010

    aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  • alaertessilveira postou em 15/02/2010

    aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  • oreves postou em 11/02/2010

    mande fotos de sua putona gostosa.abç...

  • Beto postou em 29/01/2010

    Parabéns Gustavo e Drika, o conto é muito bom e inteligente, vivi uma experiência assim com um casal de amigos daqui de Santa Catarina e posso dizer que se esses momentos forem vividos assim com segurança e prazer é muito animador para vida do casal que gosta de viver assim. Meus amigos não combinaram nada comigo...quando percebi a Cláudia estava delicadamente me seduzindo e me envolvendo em um fim de semana na casa de praia deles...e aí quando Joel disse que precisava sair pra comprar vinho no centro que fica a meia hora da casa Cláudia riu maliciosamente dizendo vai devagar amor por causa das curvas, tá bom??? risos...um abraço...se um dia vierem pra Santa Catarina...me mandem um e-mail...sou militar do exército e sou discreto e confiável, só estou escrevendo porque gostei da história de vocês...



:D :P: :afff: :confiante: :convencido: :convite: :decepcionado: :derrota: :descrente: :encucado: :fascinado: :lagrima: :legal: :meia-boca: :no:

  confirmacao * Todos os campos são obrigatórios
 
 
Faça Sexo Pelo Telefone Selecionamos as mulheres brasileiras mais gatas, gostosas e safadas estão esperando para ter sexo no telefone. www.sexopelotelefone.com
Quer fazer sexo? Ligue já para: 091 17 7878-0270 e veja perfis com vídeos de mulheres gostosas buscando um homem safado! www.sexopelotelefone.com
Disque Sexo Gatas deliciosas prontas para muita putaria no telefone, é só ligar: 091 17 7878-0270 www.sexopelotelefone.com
Disk sexo - Tele Sexo Mulheres dispostas a realizar os seus desejos, basta ligar e pedir que a sua fantasia será realizada. www.sexopelotelefone.com
Sexo por telefone Mulheres procurando por sexo, ligue já para: 091 17 7878-0270 e encontre sexo em poucos minutos! www.sexopelotelefone.com