Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Corno Submisso - Neide e o Pedreiro | Acervo de Contos

Corno Submisso - Neide e o Pedreiro

Certa vez precisando ampliar a área de serviços de minha casa, sai a procura de um pedreiro para fazer o serviço, um amigo me indicou um pedreiro que ele conhecia, falei para esse amigo pedir para ele passar em casa para ver se dava para ele fazer.

No dia seguinte pela manhã tocam a campainha, vou atender e me deparo com um negão de meia idade de 1,80 cmt, ombros largos que mais parecia um guarda roupa, se apresentou como Zé e que meu amigo havia lhe falado sobre um serviço, mandei-o entrar e fui até o quintal mostrar o que era para fazer, após ele verificar, deu o orçamento o qual aceitei, por ser bem razoável, me passou a lista do material e falou que viria no dia seguinte preparar o local enquanto o material não chegava, foi quando a Neide apareceu no quintal e fiz as apresentações normais, nesse dia ela estava com um vestidinho leve sobre o corpo e percebi que o seu Zé arregalou os olhos quando a viu, ele estendeu a mão e ela o cumprimentou, ela voltou para dentro e ele foi embora prometendo voltar no dia seguinte.
Na manhã do dia seguinte ele chegou e lhe falei que o material já estava encomendado e chegaria naquele mesmo dia, então ele pediu para trocar de roupa, levei-o até o banheiro da área de serviço e deixei-o lá, voltei para dentro e falei para a Neide que o seu Zé estava se trocando e já iria começar o serviço.
Logo depois o vi na área de serviço fazendo as marcações. Já havia trocado de roupa e vestia apenas uma bermuda folgada por estar muito calor.
Lá pelas dez da manhã minha esposa foi lavar roupa, e como de costume vestia uma saia de viscose curta, camiseta e por baixo uma tanguinha que ficava enfiada no rego, o que dava para perceber pelo leve tecido da saia.
Começou a colocar a roupa na maquina sem ao menos cumprimentar ou olhar para seu Zé que estava abaixado marcando o chão, mas só que quando ela se abaixava para colocar a roupa, seu Zé tinha uma visão total de sua bundinha com a tanguinha enfiada no rego, ele vidrou os olhos e não parava de olhar, achei que ela fez isso sem perceber o que estava acontecendo.
Ela acabou de colocar a roupa na maquina e voltou para dentro, quando a maquina desligou, ela voltou a área para tirar a roupa da maquina e estender no varal, e novamente ele vidrou em sua bundinha, quando ela foi estender a roupa ficou de frente para ele, e com isso quando ela levantava o braço para prender a roupa ele e eu de dentro de casa tínhamos uma visão de sua bucetinha mal coberta pelo fino tecido, já que sua saia subia e mostrava seu montinho, de onde eu estava não podia perceber, mas ele foi ficando excitado e começou a se formar um grande volume em sua bermuda, percebi que enquanto a Neide estendia a roupa sempre olhava em direção a ele.
Apesar de sermos liberal e ela me humilhar perante outros machos, não achei que ela teria coragem de fazer isso com um pobre pedreiro, sujo, mal encarado, caipira e parecendo um gorila, achei que ela estava fazendo isso inocentemente. Mas a minha ficha caiu quando a vi sorrindo para ele.
Ele vendo seu sorriso sacana, levantou-se e caminhou até ela, e pegando em sua cintura a fez colar-se em seu corpo, vi quando ela fez uma cara de espanto, sai de dentro de casa e fui dar um esporro no seu Zé, quando chego perto e pergunto o que esta acontecendo e que é para ele largar ela, ele vira-se para mim e fala:
- Cala a boca seu dotôzinho corno, senão te encho de porrada e ainda como seu cú, porque homem que deixa a mulher se vestir desse jeito na frente de outro só pode ser corno.
E abraçando-a lhe tascou um beijo de tirar o fôlego, e ela ficou meio desfalecida em seus braços, e ele virando para mim tornou a falar:
- Tá vendo dotôzinho, ela ficou assim só com meu beijo, imagina como vai ficar quando eu passar a vara? Pelo que parece o senhor não dá conta do recado, ela tá com falta de ser bem comida.
E ela olhou para mim sorrindo e voltou a beijá-lo, só que agora se esfregando toda nele, e ele se aproveitando arrancou sua camiseta e saia, deixando-a apenas de tanguinha em pleno quintal, a pegou no colo e passando por mim deu um sorriso sarcástico e a jogou deitada sobre a mesa que esta na varanda ao meu lado.
Passou a beijar sua boca, orelha onde enfiava a língua arrancando suspiros dela, desceu para o pescoço lambendo e deixando tudo babado com sua saliva, passou a chupar e morder seus seios deixando-os todo marcado e babado, e ela gemendo começou a falar pela primeira vez durante todo esse tempo.
- Isso me pega com força, mostra para o corninho como se pega uma mulher, que língua áspera gostosa.
E ele descendo mais foi babando em todo seu corpo como se marcasse a posse daquele corpo jovem e macio. Quando chegou em sua tanguinha ele a arrancou com os dentes rasgando e expondo sua bucetinha cheirosa e bem cuidada. Acho que ele nunca havia visto uma assim e passou a cheirar e lamber o suco que já escorria pelos grandes lábios, quando ele enfiou a língua ela deu um urro.
- Vou gozar, que delicia, vai me fode com essa língua meu macho tesudo, aiiiiiiii to gozandoooooo.
Ela revirou os olhos e se contorceu loucamente na língua daquele gorila, ele parou de chupar e olhado para mim falou:
- Esta vendo como ela goza seu corno, e como todo corno manso o senhor deve estar de pau duro vendo ela gemer na minha língua. Tira a roupa para vermos como você esta excitado.
Me neguei a tirar, afinal eu estava mesmo de pintinho duro vendo ela gemer e se contorcer como nunca tinha visto. Ela olhando para mim repetiu a ordem, e ai não tive como não tirar, porque sei o que é não obedecer uma ordem dela. Virei de costas para eles e tirei a camisa, e quando abaixei minha bermuda ele falou:
- Que bundinha bonitinha doutor até parece de mulher, acho que alem de corno deve também ser viado, mas agora se vire que quero ver o senhor bem excitado enquanto dou um trato em sua putinha.
Quando me virei ele sem poder conter o riso falou:
- Isso é o que o senhor chama de pau? É por isso que ela esta tão carente de pica. E como pensei, esta bem excitado vendo eu me esbaldar com sua esposinha, mas venha até aqui e tire minha bermuda que quero meter a rola na bucetinha dela.
Relutei novamente, mas a vi me olhando com os olhos de raiva, e tive de ir até eles e cumprir a ordem. Cheguei ao lado deles e fui pegar na bermuda para abaixar, mas ele se virou de frente para mim e mandou tirar, vi que tinha um volume enorme apontando para frente forçando o tecido, tentei tirar mas não passava pelo volume, e ele me mandou por a mão por dentro para poder tirar, fiz como ele mandou e tomei um susto, pude sentir aquele mastro enorme que minha mão não fechava em torno dele, empurrei para o lado e desci sua bermuda, ai sim pude ver o tamanho e grossura daquilo, parecia uma garrafa de refrigerante, enorme, negro e cheio de veias.
Minha mulher estando deitada sobre a mesa, me pediu para lamber sua buceta para deixar bem lubrificada para não doer muito quando ele metesse nela. Quando me inclinei para lamber sua buceta ele começou a passar a mão em minha bunda e a falar:
- Isso doutorzinho, lambe bem para que possa arrombar e assim sua piquinha não vai mais fazer nem cosquinha, quando o senhor meter vai ficar nadando lá dentro do buraco que vou deixar nela, e com uma bundinha dessas acho que vai é querer dar o cu para sentir prazer.
Quando ele achou que já estava bom, parou de alisar minha bunda, só que ensalivou um dedo e meteu em meu buraquinho, entrou quase a metade, dei um grito e um pulo, que até assustei a Neide que já estava quase gozando em minha língua, e ele me mandou sair de lado que agora eu ia ver um macho comer minha esposinha, mas resolveu me humilhar mais um pouco, e mandou eu lubrificar o pau dele também, me recusei, mas minha esposa me perguntou se queria que machucasse a bucetinha dela, com esse pedido dela não tive como recusar e tive de lamber o pau dele molhando bem, porque não tinha como chupar era muito grosso e minha boca não abria o suficiente para abocanhar. Em seguida ele mandou parar e pegar no pau dele e colocar na buceta dela, fiz o que ele mandou e colocando na portinha ele me mandou empurrar para dentro para ajudar a entrar, fiz como ele mandou e vi os lábios se abrindo para começar a engolir aquela cobra preta, vi o pau entrando e fui forçando para ele poder entrar todo dentro dela. Foi quando ele começou a falar:
- Isso que é corninho manso e viado mesmo, alem de me dar a esposinha ainda coloca meu pau dentro dela, mas agora sai para lá que vou te mostrar como se fodê uma putinha gostosa.
E foi enfiando aquela tora dentro dela que começou a gemer e se contorcer.
- Isso me rasga, enfia tudo, estou gozandooooo, isso mais, põe tudo, quero me sentir totalmente preenchida, vai mais forteeeeeeee, fodeeeeeeee. Gozei seu corno, isso que é macho, isso que é pau não essa minhoquinha que você chama de pau.
E ele incentivado com as palavras dela, enfiou tudo de vez arrancando um grito rouco da garganta de minha doce mulherzinha, e passou a por e tirar socando com violência, fazendo a Neide ter um orgasmo atrás de outro até desfalecer de tanto prazer, ele se aproveitando tirou e virou o corpo dela colocando ela com a bundinha virada para ele, pegou um pouco de óleo que estava no balcão ao lado e untou bem seu pau e abrindo a bunda de minha mulher despejou uma boa quantidade bem no cuzinho dela, me mandou pegar no pau dele novamente e colocar bem na portinha que ele faria o resto, fiz como ele mandou, e mandando eu olhar bem de perto, deu um tranco e a cabeça se alojou dentro daquele cuzinho apertado arrancando um berro da Neide que acordando pediu para ele tirar que estava doendo muito, ele ficou parado para ela se acostumar e falou que só tiraria depois que metesse tudo e despejasse seu leite lá no fundo. Intervi mandando ele tirar, mas ele novamente me olhando com aquela cara de sádico, falou que é sempre assim no inicio elas pedem para parar, mas depois gostam e gozam com um pau no cu, pedi novamente para tirar, mas ele me empurrou com a cara mais perto, segurou minha cabeça bem próximo e foi fazendo aquela tora sumir no buraquinho dela que gemia de dor e chorava sendo enrabada por aquele poste. Quando entrou tudo e seus pentelhos se encostaram em sua bundinha, ele parou e ficou quieto ate ela parar de chorar, quando ele viu que ela se acostumou e parando de chorar começou a rebolar a bundinha no pau dele, ele começou a rir e falar:
- Esta vendo doutorzinho, não ti falei, olha como ela rebola no meu pau, ela quer que eu meta.
- Vai seu puto mete, me da seu leite, goza dentro do meu cu para apagar esse fogo que queima meu rabo.
Ele passou a socar quase tirando tudo para fora e tornando a meter até o talo, arrancando gemidos e rebolados vigorosos de sua bundinha, quando ela gemeu gozando ele não agüentando mais enfiou até o talo, ficando parado lá no fundo deu um urro e percebi que ele havia gozado dentro do cuzinho dela, ele voltou a dar mais umas bombadas e tirou seu pau para fora, trazendo junto um rio de porra que começou a escorrer pelo buraco formado no cuzinho da Neide, foi quando veio a nova ordem de minha doce esposinha.
- Vai meu amorzinho, lambe meu cu que esta ardendo muito, lambe para passar a dor vai.
Novamente humilhado, tive de lamber o cuzinho dela, só que com isso sorvia toda porra deixada por ele, que ria da minha condição de corninho manso. Quando terminei de limpa-la, ela me mandou limpar o pau dele também, comecei a lamber e ele voltou a ficar duro, mas minha esposinha falou que não agüentava mais nada, que estava acabada. Mas ele falou que não poderia ficar assim, tinha de se aliviar. Foi quando minha esposa me mandou ficar de quatro para que ele comesse minha bundinha, já havia dado antes na presença dela, mas aquele poste era muito para mim. Mas ela foi irredutível e tive de me colocar deitado no chão com umas almofadas embaixo da barriga para minha bunda ficar empinada, ela untou o pau dele com óleo e depois abriu minha bundinha e despejou uma boa quantidade no meu anelzinho, e abrindo bem minha bunda mandou ele se posicionar e meter a vontade, ele deitou sobre mim ficando com a ponta dos pés no chão e os braços esticados na posição de flexão, mas mesmo assim senti seu pau encostado na portinha de meu cuzinho, minha esposa encaixou a ponta bem na entrada, segurou para não sair fora e ele desceu o corpo, senti a cabeça me rasgando e aquilo entrar com tudo em meu cu, berrei de dor e desmaiei, quando acordei estava na mesma posição com o cu todo melado da gozada que ele deu, sem me levantar olhei para os lados e o vi trabalhando de bermuda e ao lado dele minha esposinha nuazinha acocorada conversando animadamente com ele. Quando ele rindo falou:
- Ai doutorzinho, acordou, gostou do dia de hoje? Amanhã tem mais, a Neide falou que quer repetir tudo amanhã bem cedo. Por isso vai se preparando para levar vara novamente, adorei seu cuzinho, mas vê se não desmaia amanhã porque quero ver você gemendo e gozar enquanto como seu rabo, amanhã só vou tirar quando você despejar toda a porra de seu pintinho levando vara.
E assim foi durante todo os quinze dias em que ele trabalhou lá em casa.
Hoje estou só e procuro uma companheira liberal para poder viver novamente todos os prazeres da vida.
Aguardo contatos, meu email é: superpateta2@yahoo.com.br

 

Gostou? Vote no Conto:

26/01/2010 | 77336 visitas

 

Comentários

  • Submisso postou em 17/09/2012

    Muito bom o conto gostaria de ter um negão assim em casa que comsesse minha mulher e ainda me obrigasse a ser sua empregadinha usando calcinha fio-dental e aventalzinho e aida batesse na minha bunda, mas minha esposa é muito recatada e não vai aceitar isso, por isso se algum casal, mulher ou homem quiser um submisso para humilhar e fazer faxina na sua casa e ainda com direito a bater na minha bunda e quem sabe come-la, pois aina sou virgem o máximo que enfiei no meu rabinho foi o chuveirinho do banheiro e só mandar um email para submissodeavental

  • wal corninho postou em 08/08/2012

    Minha esposa é japonesa,morro de vontade de ver ela chupando uma benga preta ,ela so tem duas esperiencia com outro

  • marcelo postou em 09/07/2012

    delicia de conto..meu sonho é ver minha mulher sendo comida por negões, e depois ela me comer com um consolo bem grande na frente deles, me humilhando e fazendo eu beber toda porra deles enquanto ela me fode gostoso..

  • renata postou em 15/05/2012

    quero conhece casais d rio d janeiro p algo mais meu tel e (21)75642805

  • Yankee postou em 15/03/2012

    (hoje já falecido tendo sido víctimado por uma enfermidade mental pelo consumo excessivo de álcool, e não sei de que outro tipo de "sofrimento que talvez Ela o tenha feito passar, e internado em um hospício, ele veio à falecer, isso já fazem mais de 14 ou 15 anos atraz).
    Pois bem, já aos primeiros tres meses de nossa relação, Ela um dia com muita coragem me disse bem assim;

    "Posso te dizer uma coisa, jura pra mim que não irá "achar ruím e não irá se ofender comigo" Jura que mesmo que depois que eu te diga isso, que vc não irá me deixar nunca?!? E eu então sabendo que o que quer que fosse que Ela me diría aquela noite, ainda me desejava ao seu lado, orgulhoso então eu lhe JUREI QUE JAMAIS A DEIXARIA, SEJA O QUE QUER QUE FOSSE QUE ELA ME QUISESSE REVELAR).
    Pois bem chegou a "hora da verdade" e Ela assim me disse, olha eu sempre tive problemas e apesar de eu sempre ter sido uma Mulher sempre muito activa sexualmente, apesar disto eu NUNCA JAMAIS PUDE ATINGIR O ORGASMO E NÃO SEI O QUE É "GOZAR"... E todos os orgasmos que eu "tive" com vc, foram fingidos, apenas pra te agradar, e pra não te deixar trriste, mas (Ela sendo "bondosa" comigo, me consolou que mesmo o seu ex e falecido esposo, tendo uma "ferramenta de "respeito" com seus aprox 19 cm, que Ela tambem, nem mesmo com ele havia conseguido gozar na vida).
    Pois bem, eu diante daquela situação para mim muito triste, não pelo facto de que eu houvesse sido um "inútil" na vida dela, e não conseguir havê-la feito feliz como TODA A MULHER MERECE E SEMPRE MERECERÁ, mas ao saber que mesmo o seu esposo que era mujito activo sexualmente e faziam sexo ao menos tres vezes por dia, durante os mais de oito anos em que eles viveram juntos, e Ela ainda assim disse nunca ter podido gozar...
    Aquilo me fez sentir triste por Ela, e lhe disse;
    "Minha Desejada Rainha e Dona do meu coração escravo, eu jamais te abandoinarei por uma coisa destas, sendo que não tens culpa de nada! Se acaso puderes fazer consultas e ver o que se passa, creio que é só uma questão psicológica, pra que vc possa atingir o teu orgasmo, e que isso será uma trava que terá de ser desobstruída de toda e qualquer maneira, e lhe prometo que de tudo farei para apoiá-la no que me for possível!
    Ela então sorriu satisfeita e feliz, como poucas vezes eu a tinha visto sorrir... Pois bem, passado um tempo e Ela nunca procurando ajuda médica ou auxílio de nenhum psicólogo, não falamos mais nisto e eu já conformado em saber não poder satisfazê-la sexualmente até o clímax, sendo que o próprio ex-marido dela, com uma respeitável ferramenta que segundo Ela ele possuía, quem me dera eu poder ser capaz de realizar esta proeza com meus parcos 13 cm!
    Me conformei em termos relações apimentadas e Ela sempre (por mais que eu soubesse que ela não conseguia ter orgasmos, gozávamos os prazeres da Dominação dEla me sublugando à seus Lindos Pés, (Eram de número 37, e confesso que são BELÍSSIMOS, são pés do tipo "romanos" em que o segundo dedo é MAIOR DO QUE O DEDÃO, o que segundo o vulgo, caracteriza as Mulheres Autoritárias e Dominadoras, e confesso que ao menos minha Esposa o era, e sei que sempre continuará a ser.
    Pois bem, sempre trabalhava viajando nas temporadas de verão e apenas me absterei de dizer a minha profissão por uma questão de privacidade, porém minhas viagens para trabalho eram um pouco longas e a deixava só por períodos de até cinco meses e eu fora de casa!
    Ela por dois anos me respeitou sempre e confesso que pela vida sexual activa que Ela sempre teve, apesar de dizer que jamais havia conseguido gozar, me respeitou estóicamente durante esse período todo!
    Mas em uma de minhas viagens que eu ligo pra casa, sabendo das notícias, e de como tudo estava, Ela me disse algo que me cortou o coração e que de lá para cá, MUDOU O CURSO DE MINHA VIDA TOTALMENTE, IMPONDO-ME UM CAMINHO SEM A MÍNIMA POSSIBILIDADE DE RETROCESSO!!!
    Ela me confessou ao telefone, (nós encontrávamos a considerável distância, e eu não poderia viajar para tentar convencê-la à que não fizesse aquilo que disse pretender, e não pude viajar por ter assumido compromissos diários em um local que tinha arrumado uma ocupação de veraneio.
    Me confessou que Ela desejava se separar de mim, e que Ela necessitava ao menos tentar "SER FELIZ", aquilo me surpreendeu, apesar de Ela jamais ter dito que me amava, e que Ela quem sabe um dia, conseguiria me amar, mas com sua sinceridade ela nunca me escondeu a verdade e nunca mentiu que nunca mentiu que me amava, apenas para me deixar "feliz". 
    Eu pensei logo com meus botões, (Ela só pode ter conhecido outro cara e até tenha já me metido um par de chifres) E então eu lhe disse;.
    "Mas meu Amor, como é que eu aqui e em apenas tres meses de permanência faltando-me apenas dois meses pra eu chegar em casa, por que assim de forma tão inusitada me dizes isto?!? Por favor, me espere até que eu retorne, e sei que resolveremos isto com calma, tempo e ponderação, afinal de contas sabes que eu sou o homem que MAIS TE AMEI NA VIDA e sabes da dor que me fazes sofrer ao estar sendo irresoluta em tua decisão, assim como o dizes que não tem mais volta e a decisão está irrevogavelmente tomada! Não posso acreditar no que estais a me dizer! 
    E Ela sempre irresoluta, fatalmente decidida e reafirmando que Ela não me amava mais, e que se pudesse fazer que isso fosse diferente Ela teria feito, mas que Ela não podia mais sustentar aquela situação de carência de tentar ao menos amar um outro homem, já que me dizia que definitivamente nestes dois anosl Ela não pode, assim que tentaria ser feliz com outra pessoa, (Mas sempre me negando que já havia um pretendente ou uma outra pessoa em sua vida) E disse eu então;
    "Mas como podes ter tanta certeza assim em querer de mim se separar, se me dizes que ainda não houve outro homem na tua vida, e que ainda estás sozinha, e reafirmei que NÃO ACREDITAVA DE MANEIRA NENHUMA EM QUE ELA NÃO TIVESSE COM NENHUM HOMEM, E QUE ME DIGA DE UMA VEZ POR TODAS, SE HAVERIA UMA TERCEIRA PESSOA ALI QUE A HOUVESSE INFLUENCIADO A TOMAR ESSA DECISÃO, (Para mim de maneira precoce e terminantemente inusitada que tanta dor me trouxe ao coração! Que REALMENTE A AMAVA DE TODA A MINHA VIDA!!! COM TODAS AS POUCAS FORÇAS QUE AINDA ME RESTAVAM NAQUELE MOMENTO...
    Foi então que para a minha mais profunda decepção, e definitivamente APUNHALANDO MEU CORAÇÃO ESCRAVO, SEM DÓ NEM PIEDADE ELA ME SENTENCIOU A SEGUINTE FRASE;
    Olha eu não queria te dizer pra não te machucar ainda mais, pois eu SEI QUE ME AMAS COMO NENHUM HOMEM TALVEZ JAMAIS PODERÁ ME AMAR, porém tomei coragem e te digo que conheci sim um outro homem, embora eu ainda não tenha tido nenhuma relação com o mesmo, mas estivemos passeando, conversamos e ele sempre me tratou muito bem, é educado, trabalhador, boa pessoa, e sei que não ficarás tão decepcionado em saber que ele também é sempre muito gentil comigo, ouvinte, compreensivo, e que estou sentindo muita atracção por ele, e quero ao menos "tentar" ser feliz, quem sabe eu consiga? 
    Por favor espero que me entenda, e para que não seja mais doloroso pra você, levarei seus pertences à casa de seus pais, de carro com a minha irmã, que me ajudará a levar as tuas coisas, e lá explicarei tudo à ela, que sempre me tratou muito bem e sei que é uma pessoa assim como você, muito compreensiva.
    E ao ver tudo ir por água abaixo, e que Ela realmente já estava decidida, e só apenas me preparava para o pior, que até aquele então ainda não havia acontecido, e lhe disse bem assim;
    "OLHA minha Amada Rainha e Assassina do meu coração, que eu tanto AMO APESAR DE TUDO O QUE ME DISSESTES, saibas que ainda há tempo, se é que me dás uma esperança de me esperar e que eu tenha uma última chance de tentar lhe convencer! Por PIEDADE, EU IMPLORO DE JOELHOS, me dê esta oportunidade, postergando isto que está tendo com este homem, e que após a minha volta, eu não a puder convencer, então que sejas feliz com quem desejares, pois eu como teu escravo, e AMANDO-A COMO TE AMEI E AINDA AMO, não terei outra opção à não ser então me resignar e ETERNAMENTE PRANTEAR A TUA PERDA!!!
    E Ela mais uma vez me disse que não seria bom isso, seguir me dando "falsas esperanças" e que já não havia mais volta em sua decisão, e eu pela  ÚLTIMA VEZ LHE DISSE BEM ASSIM (me lembro como se fosse hoje!)
    Olha minha AMADA DONA DA MINHA VIDA, TUDO BEM MAS SAIBAS EM QUE À PARTIR DO MOMENTO EM QUE COM ele TE DEITARES, E COM ele CONSUMAS O ACTO SEXUAL SE ELE VIER A PENETRÁ-LA, SAIBAS QUE ESTARÁS CRAVANDO EM MEU CORAÇÃO O TEU IMPIEDOSO PUNHAL E QUE PARA SEMPRE MATARÁS O MEU AMOR, MINHA VIDA E QUE NÃO SEREI MAIS NADA ALÉM DE UM SER FANTASMAL, QUE VAGARÁ PARA SEMPRE COMO UMA ALMA PENADA A LEVAR TEU PUNHAL PARA SEMPRE CRAVADO EM MEU CORAÇÃO EM ETERNA DOR! AO DECIDIRES ENTERRAR PARA SEMPRE TEU MAIS IMPIEDOSO GOLPE DE MISERICÓRDIA, CRAVANDO ENTERRANDO E ATRAVESSANDO ESTE CORAÇÃO QUE TENTO TE AMOU, TE AMA E SAIBAS QUE TE AMARÁ PARA SEMPRE MESMO ALÉM DE MINHS VIDA, QUE NÃO MAIS EXISTIRÁ!!!
    E chorando muito, chorando muito com abundantes lágrimas derramadas em sofrimento por aquela Mulher tão Bela, tão Linda e TÃO FATAL AO MEU CORAÇÃO, desliguei desesperado, sabendo que o odioso acto sexual entre eles, seria definitivamente consumado, dada a sua então sentenciada decisão que foi inapelável para mim, e de modo irreversível e para todo o sempre eu a havia perdido,. e já era um "morto-vivo" pois era apenas uma questão de tempo, quem sabe dias, para que Ela viesse a perpetrar tão ODIOSO ACTO CONSUMANDO ENTÃO O MEU SACRIFÍCIO, A MINHA MORTE, COM A MAIS DOLOROSA DAS IMOLAÇÕES ATÉ HOJE EXECUTADAS! TRANSFORMANDO-SE ENTÃO EM MINHA CRUEL E DESEJADA MESTRA E ASSASSINA DO MEU CORAÇÃO PARA SEMPRE!!!
    Quando retornei à casa de meus pais, e tendo-me definitivamente desvinculado de qualquer outra comunicação telefônica ou outro meio qualquer. Encontrei-me com a dura realidade vendo meus pertences à casa de meus pais, e como que querendo aparentar ser "forte" perante minha mãezinha, que sabia o quanto eu amava aquela Mulher, lhe disse, tudo bem mãe, Ela foi honesta e me disse tudo antes, não me sinto traído e tampouco é o fim da vida! A vida é "bola pra frente que atrás vem gente", tentando disfarçar o meu sofrer que de tanta dor, me foi fatal, coração de mãe como conhece o filho, soube naquele momento que meus olhos diziam outra coisa, e chorou ali comigo me consolando em seus braços, me reconfortando e eu caí em prantos novamente como um bebê inconformado que perdia seu melhor "brinquedo", se é que assim posso comparar, (não tendo nada haver a conotação "brinquedo" que á apenas para ilustrar o valor que eu concebia à minha ex-esposa)
    Daí para frente sentindo-me um BANANA, decidi ter com Eça e estava mesmo sabendo que Ela teria fatalmente consumado os mais NAUSEABUNDOS PRAZERES COM AQUELE ENTÃO ODIADO PORCO MISERÁVEL!!! Decidí "recuperá-la de volta" e NÃO ACEITAVA EM MEU ORGULHO FERIDO DE HOMEM, TER SIDO "TROCADO" POR UM PORCO QUE EU NEM AO MENOS SABIA QUEM ERA, A IDADE, PROFISSÃO, APARÊNCIA, POSIÇÃO SOCIAL, ETC...
    E então uma determinada noite, apareci onde foi um dia a "nossa casa", um lar, honrado e sagrado pelas minhas juras à Ela, e lembrando-me que um dia ALI EU TINHA ME AJOELHADO DIANTE DELA, JURANDO LHE ENTREGAR MEU APAIXONADO CORAÇÃO E QUE ALI SERIA COLOCADO AOS SEUS PÉS, JURANDO-LHE AMOR ETERNO E LATEJANDO DE AMOR E DESEJO POR SER ELA A MINHA ÚNICA E ÚLTIMA MULHER DE MINHA VIDA!!!
    E ao chegar e golpear o portão, Eis que aparece diante de mim, a Mulher da minha vida, RADIANTE, PODEROSA, CONFIANTE, E QUE NOTEI EM SEU CAMINHAR UMA SOBERANIA TOTAL OSTENTANDO-ME UMA MAJESTADE TAL, QUE REFORÇADO AO OLHAR QUE ME DIRIGIU AO SE APROXIMAR, CONFIRMANDO QUE O ACTO SACRIFICIAL EM TER ELA APUNHALADO O MEU CORAÇÃO PARA SEMPRE TINHA SIDO JÁ CONSUMADO, E ENTERRADO EU ESTAVA, TENDO SEPULTADO SOB SEUS LINDOS PÉS, O MEU CORAÇÃO QUE POR MAIS DE DOIS MESES, JAZIA INERTE E MORTO AOS SEUS PÉS!!!
    Abraceia-a, com toda a força, querendo desejar que aquilo fosse apenas um pesadelo! Que não tivesse acontecido, queria DESPERTAR, ACORDAR daquele pesadelo desesperador, numa vã esperança de que Ela me beijasse e que não se lembrasse de nada do que me tinha dito ao telefone e que tudo isso jamais tivesse existido em nossas vidas!
    Mas confirmei que o que eu estava "vivenciando" (apesar de já estar morto por dentro) quando ao tentar beijá-la como beija um marido apaixonado a sua amada esposa, em que ao tentar aproximar meus lábios dos dEla, Ela friamente vira o rosto de forma a que apenas o seu rosto pude beijar, sentí sua pela de pêssego, seu belo rosto ali tão perto, sua boca tão beijada por mim em nossas relações apimentadas, quentes picantes, em que foram realizadas as mais cruéis torturas onde Ela tanto prazer teve ao pisar meu peito dolorosamente e sentir meu coração sempre a latejar de desejo e AMOR debaixo de seus lindos Pés (número 37) de belas formas, archs, dedos graciosamente longos, unhas precisamente formadas e sedutoras, sempre os pintando de vermelho sangue, calcanhares perfeitos, solas rosadas e deliciosas, (Ela é descendente de Italianos) Branca, corpo tipo mignon, tem 1,67, cabelos castanhos quase tirando à avermelhados, tinham crescidos ainda mais, ali Bela, tão Desejada, e embora eu a tivesse em meus braços, num longo abraço de saudades que Ela caridosamente se deixando abraçar, porém eu pude sentir que Ela nada mais poderia sentir em relação à mim, à não ser PIEDADE, (coisa que eu sei que Ela JAMAIS TERÁ DE NENHUM HOMEM QUE SEJA DELA).Por conhecê-la bem, e saber de seu carácter de Dominadora, e SEMPRE CRUEL PARA COM TODOS OS HOMENS QUE ELA JÁ TERIA POSSUÍDO DEPOIS DE TER SE SEPARADO DE SEU PRIMEIRO MARIDO!

  • Joao postou em 21/10/2011

    adorei o conto eu tambem sou louco para ser corno mas a minha mulher é muito recatada, gostaria de encontrar um casal que pudesse me ajudar a transformar ela em uma safada, somos de goiania, colega4321@hotmail.com

  • samuel r.pires postou em 17/03/2011

    esta eu gostei queria eu esprimentar tambem seria gostoso

  • rui postou em 19/01/2011

    adorei seu conto me add e farei o mesmo so que mais gostoso

  • Paulo Jose postou em 23/03/2010

    Nossa como eu queria ter um negão desse aqui em casa !!!!!!! Gozei gostoso lendo esse conto

  • sergio postou em 18/02/2010

    eu tambem adorei o conto .gosto de tudo que seja relacionado a corno sempre imagino minha esposa nos contos que leio.
    ja realizamos muitas coisas com amigos ,mas ao sou muito bom em screver contos ,mas gosto de conversar com amigos que curtem saber sobre as aventuras da minha esposa .meu msn email é esse estradaepaisagem@hotmail.com

  • victor postou em 13/02/2010

    adorei o conto, eu também sou corno e tive algumas experiencias semelhantes, adoro ver um macho trepando na minha esposa, somos de sp capital. Minha esposa a Laurinha tem 45 anos, é branca aloirada, 1,65 de altura, seios médios e gosta de macho carinhoso e potente. cornobroxa@hotmail.com



:D :P: :afff: :confiante: :convencido: :convite: :decepcionado: :derrota: :descrente: :encucado: :fascinado: :lagrima: :legal: :meia-boca: :no:

  confirmacao * Todos os campos são obrigatórios
 
 
Disque Sexo Gatas deliciosas prontas para muita putaria no telefone, é só ligar: 091 17 7878-0270 www.sexopelotelefone.com
Sexo por telefone Mulheres procurando por sexo, ligue já para: 091 17 7878-0270 e encontre sexo em poucos minutos! www.sexopelotelefone.com
Disk sexo - Tele Sexo Mulheres dispostas a realizar os seus desejos, basta ligar e pedir que a sua fantasia será realizada. www.sexopelotelefone.com
Faça Sexo Pelo Telefone Selecionamos as mulheres brasileiras mais gatas, gostosas e safadas estão esperando para ter sexo no telefone. www.sexopelotelefone.com
Quer fazer sexo? Ligue já para: 091 17 7878-0270 e veja perfis com vídeos de mulheres gostosas buscando um homem safado! www.sexopelotelefone.com