Acervo de Contos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Corno em despedida de solteira | Cornos | Acervo de Contos

Corno em despedida de solteira

Meu nome é Fernando e vou relatar a história de quando me tornei corno. Sou casado a 6 anos, tenho 32 anos e minha esposa tem 31 anos. Somos um casal comum como qualquer outro. A um ano atrás a amiga de minha esposa iria se casar e resolveu fazer uma despedida de solteira que seria organizada pelas amigas. Faltando um mês para o casamento minha esposa comentou comigo que esta amiga faria uma despedida de solteira, fiquei com receio já que conhecia algumas outras amigas em comum da noiva e sabia que eram meias safadinhas, então comecei a especular onde e como seria essa despedida. Ela de imediato desconversou dizendo que não sabia ao certo, pois as amigas da noiva ainda iam começar a organizar para que a festa fosse uma semana antes do casamento.

Com 15 dias antes do casamento minha esposa novamente comentou sobre a despedida, disse que seria na casa de uma das amigas da noiva e que seria em uma sexta-feira, que começaria às 20:00 horas e seria obviamente só para mulheres. Então novamente comecei a especular como seria, se teria brincadeiras como seria essas brincadeiras e tudo mais, só para e ficar desencanado é claro.

Então ela começou a explicar que teria sim brincadeiras, que haveria bebidas e salgadinhos. Eis que ela vem com uma conversinha de que uma das amigas havia contratado um stripper, mas que não rolaria sacanagem, que seria um profissional, onde faria uma performance apenas para animar a festa, questionei perguntando como seria essa tal performance e ela respondeu que seria um Stripper que iria fantasiado e então iria fazer o stripper para as mulheres, mas que não ficaria totalmente nu não, que ficaria só de cuecas, já que foi uma exigência de outras amigas casadas.

Não gostei, mas fiquei de boa... Durante a semana fiquei com tom de brincadeira, questionando que ela iria ficar olhando outro homem só de cuecas se sensualizando... Ela também em tom de brincadeiras disse que não era nada de mais, que só amava um homem e que não daria nem moral para o Stripper, mas que olhar não arrancava pedaço.

Chegando então na sexta-feira cheguei do serviço e inventei uma dor de cabeça disse que iria tomar um banho e iria pra cama descansar, ela prontamente me deu um remédio e assim fui para cama, onde logo fingi estar dormindo, porém fiquei só a observando.

Já por volta das 20:15 horas ela começou a se arrumar para a festa... Minha esposa sempre foi muito conservadora e recatada, roupas sex é raro ela usar apesar de ter um corpo escultural.

Fiquei então fingindo estar dormindo, porém só a observando, quando vi ela colocando uma calcinha fio dental branca de renda transparente na frente já fiquei tremulo, minha esposa não costumava usar de forma alguma esses tipos de calcinha para sair, usava apenas em casa quando íamos fazer amor.

Me segurei e permaneci a observa-la, ela então colocou uma calça montaria coladinha no corpo que marcava seu bumbum e sua perereca, por fim colocou uma blusinha de lycra coladinha e sem sultien, com as costas toda a mostra e assim foi para a festa.

Fiquei cabreiro e tive certeza que ali tinha algo.

Quando foi as 00:30 horas ela chegou e eu estava acordado ainda assistindo tv na sala, elogiei-a dizendo que estava linda e ela agradeceu. Perguntei se a festa estava boa e ela sem dar muitos detalhes disse que sim, que estava cansada e que iria tomar um banho e se trocar... Fiquei na cola dela para ver que eu a veria q estava de calcinha sex e queria ver o que ela iria dizer, mas ela ficava disfarçando conversando e não tirava a calça, foi então que disfarcei e fui para o corredor dos quartos, mas de lá dava para ver ela no espelho, ela rapidamente tirou a calça e para minha surpresa ela estava sem calcinha... Gelei, passava tudo em minha cabeça, mas confesso que fiquei excitado.

Ela foi para o banho e eu fiquei na sala, assistindo tv... Ela saiu do banho e me chamou para ir dormir, foi então que ela disse que antes queria fazer amor, tivemos então a melhor transa de toda a vida, ela se transformou, deu até o bumbum algo que até então não tinha feito.

Depois não tocamos mais no assunto.

Uma semana depois do casamento, em um dia que estávamos na cama... comecei a questionar em tom de brincadeira que ela até então não tinha comentado nada da festa e menos ainda do Stripper e disse que eu queria saber tudo que não era para esconder nada.

Então como ela não sabe mentir, disse:

- Tá bom, mas quero que saiba que te amo acima de tudo e não quero que dúvide do meu amor, só vou lhe contar pq realmente te amo.

- De fato a festa foi muito caliente... Estava tudo programado para ser apenas uma brincadeirinha. Mas a amiga da noiva contratou 3 Strippers e ela disse que de fato eles iriam apenas ficar de cuecas.

No inicio estava conforme o combinado, mas quando eles ficaram só de cuecas, com um grande volume de pau duro e bem dotados, as solteiras não se contiveram e começaram a alisar o pau deles por cima da cueca....

Um dos Stripper vendo que elas estavam excitadas, tirou a cueca e ficou com o pau duro enorme de fora... Ai então nem as casadas se contiveram e também entraram na brincadeira... Não demorou muito para os outros dois também mostrarem seus enormes paus para as mulheres e ai não teve jeito foi chupação, punhetagem e meteção geral...

Confesso que resisti o maximo que pude mas as solteiras que já tinham aproveitado os Stripper começaram a empurrar e forçar as demais a aproveitarem os Stripper.... Até que não resisti e confesso... Meti, chupei, fui chupada e dei até o rabo para um dos Stripper....



Resumindo, aquele relato me excitou tanto que tivemos outra noite maravilhosa e hoje sou um corno conformado.

 

Gostou? Vote no Conto:

35416 visitas