Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto
porno amadoras sexo ninfetas porno videos porno

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Confidências de uma mulher casada | Acervo de Contos

Confidências de uma mulher casada

Oi, meu nome é Ana (FICTÍCIO), sou casada e meu marido é liberal, só que ninguém sabe. Vou contar algumas poucas aventuras minhas pra vocês. Já dei pra uns carinhas ai, poucas vezes, meu marido sabe, mas nunca pode participar. Teve um que ficou me comendo um tempão, uma pica enorme, deliciosa, nesta época eu ainda era noiva e o então meu noivo, ouvia o cara me ligando, me dizendo as maiores safadezas, colocava o celular no viva voz pra ele ouvir, mas o RÔMULO, este era o nome do meu amante, não sabia de nada. Certa vez ele queria me comer um final de semana todo, meu marido adorou, ele pensava que meu marido era caminhoneiro, daí, fui com ele pra um sitio e fiquei o final de semana todo entrando naquela vara. Meu amante adorou e nem sonhava que meu marido também. Esta situação ficou assim quase um ano, meu marido já estava arrumando uma maneira de levar o Rômulo La em casa pra eu entrar naquela vara e ele participar, mas o RÔMULO foi transferido de cidade e acabei perdendo contato, na verdade perdendo uma pica de 21Cms. Sempre amei e amo meu marido, mas o Rômulo foi um homem que senti falta, tirando o cú que não dei pra ele, não sou adepta, fiz tudo mais, bebi porra como ninguém, mas meu marido não conseguiu participar. Uma coisa é aceitar uma cantada, ir pro motel, dar bastante, outra é deixar o cara saber que seu marido gosta de te ver entrando numa vara. Depois disso foi uma festinha a cerca de um ano atrás, em uma cidade do interior próximo a BELO HORIZONTE, onde moramos, tinha La um cara casado que não se fez de rogado, queria me comer de qualquer jeito, até a esposa do cara percebeu, ficou de cara feia pra mim, mas o marido é dela e eu não tive culpa. Entre danças, sarros e safadezas, acabei deixando ele por o pau nas minhas pernas em pleno salão de dança, depois levei minhas pernas esporradas como um verdadeiro troféu para meu marido ver, claro que ele adorou. Estes dois foram os que me comeram mesmo, posso dizer que não sou uma puta devassa, só dois machos alem do meu marido, isso em quase 12 anos de namoro, noivado e casamento. Há, teve um cachorro me comeu também, meu marido me fez dar prá um cachorro, imaginem. Era um cão enorme e com uma pica descomunal, dei uma vez só, foi na casa da minha irmã, ficamos cuidando do cão dela enquanto ela viajava, meu marido me fez ficar de quatro, o cão veio por trás e de uma vez só meteu fundo na minha buceta, engraçado, ele gozou rápido, rápido mesmo e eu fiquei entalada mais de 15 minutos, com um caroço enorme na buceta, ainda bem que o RÔMULO já havia alargado minha xaninha, senão não agüentaria tudo aquilo, gente, o pau dos cachorros ficam maiores ainda depois que eles gozam e apesar de eu ter gozado umas duas vezes enquanto estava agarrada na pica do cão, confesso que não fez muito minha praia, depois que o tezão passou não quis mais repetir a doze, mas foi gostoso enquanto tava com aquela pica enorme garra em mim, como disse, cheguei a gozar duas vezes. Depois disso, alguma exibições na academia, com aquela roupas coladas e fio dental, dei mole pra outro professor da academia, o RÔMULO também era professor da academia, mas ele ficou com medo de vir pra cima de mim e não me comeu porque não quis, teve medo de me cantar, eu dei a deixa pra ele, mas acho que ele era tímido...rsrsrs e olha que sou uma morena de não se jogar fora, os caras que me comeram todos ficaram satisfeitos, 28 anos, bunda perfeita, cabelos longos e bem negros...fazer o que NE!? Faço faculdade e meu marido vive me cobrando uma trepada com os amigos de faculdade, mas os caras não caem pra dentro, ficam naquela de chove não molha, muita brincadeira e pouca cantada objetiva, acho que eles pensam que porque uso uma aliança enorme no dedo não quero dar, vai entender este pessoal da faculdade. Por ultimo meu cunhado, um cara casado que me deu uma cantada boa. Quando veio a BH, sozinho, sem a esposa é claro, eu coloquei um shortinho que tenho curtinho, entrando na bunda, mais pra provocar do que qualquer outra coisa, meu marido foi dormir e ficamos vendo filme, nos dois, La pelas tantas ele manda uma que ficou com o maior tezão pelo meu shortinho e que se eu quisesse passar no quarto dele depois que ele fosse dormir ele estaria esperando, disse que era pra eu dar um boa noite pra ele, será que isso é sinônimo de boquete..rsrsrs, só serviu pra meu marido ficar me atiçando, depois que disse pra ele isso com o irmão dele, ele perguntou porque não fui La no quarto dar o tal boa noite, nem sei porque não fui, mas prometi ao meu marido que se meu cunhado voltar a BH; e vai voltar, eu vou pensar melhor no assunto, e ai quem sabe...

 

Gostou? Vote no Conto:

25/11/2009 | 95394 visitas

 
 
 
safadas sexo anal flagras