Acervo de Contos eróticos

Escreva o seu conto

Escreva o seu próprio conto erótico e envie para o seu publico alvo.

envie-seu-conto

Assine nosso feeds

e receba os últimos contos eroticos do site

 
Recomende o site

Como minha mulher é PUTA | Acervo de Contos

Como minha mulher é PUTA

Seja bem vindo(a) a mais um conto, sou Carlos e minha linda e gostosa esposa é a Paloma, para aqueles que  já leu nossos contos  Se vestiu de PUTA para o meu amigo e  Se vestiu de PUTA parte 2 agradeço pela leitura e pelos retornos, aos que não leu venho convidar a essas deliciosas leituras. Bom vamos ao que interessa, eu e Paloma fomos convidados para um casamento de um amigo de meu serviço, faltava ainda entorno de 3 semanas, foi o tempo que preparamos nossas roupas para a ocasião, chegado ao dia, Paloma saiu logo após o almoço para o salão de beleza, fazer cabelo e maquiagem, por volta das 18:00 ela já estava em casa e foi a hora que começamos a nos arrumar, pois o casamento era 20:00, eu coloquei um terno na cor grafite com uma camisa branca gravata cor chumbo e um sapato preto, eu realmente não sabia o que Paloma iria vestir, eu havia perguntado mas ela falou que seria uma surpresa, eu já estava pronto na sala aguardando quando ela chega em um lindo vestido vermelho comprido mas  justo com uma fenda ate mais alto do que o meio da coxa e um decote considerado que mostrava uma boa parte de seus deliciosos seios, usava também uma sandália de salto alto e um delicioso perfume, nesta hora eu fiquei de pau duro só de ver ela vestida daquele jeito, ela olhou e falou deixa para mais tarde, pois a noite será longa, pegamos o carro e fomos para o casamento, uma linda cerimônia e após uma festa em um Buffet próximo, chegando no Buffet, encontramos com vários amigos do serviço onde apresentei minha esposa que foi o foco da atenção quando chegamos na rodinha do pessoal do serviço, os olhares foram todos para ela, quando eu percebia sempre tinha um olhando para o decote ou para a fenda, a festa foi rolando conversa vai e vem, bebidas a vontade ate que chegou por volta das 23:30 quando fui ao banheiro ao retornar Paloma me chama de canto e fala que o Fabio não tirava os olhos dela e elas estava com um puta tesão e se eu toparia irmos os 3 ao motel, na hora ate assustei mas também  bateu um tesão e concordei, voltamos para a roda de amigos e depois de uns dez minutos chamei o Fabio de canto e falei que eu e a Paloma temos um relacionamento aberto e que ela sentiu muito tesão por ele e convidei para que ele nos acompanhasse ate o motel, na hora ele ficou sem palavras, logo falei, somos um casa liberal e a Paloma esta com desejo de transar com você e isso não vai abalar nossa amizade, enfim, ele concordou, voltamos a roda de amigos e cheguei perto da Paloma e comentei que estava tudo certo, por volta das 23:45 nos despedimos e saímos, na sequencia o Fabio nos encontra no carro, antes de chegar ao motel eu parei em uma farmácia e comprei camisinha e lubrificante, assim poderíamos fazer  sexo seguro, mas entre a farmácia e o motel, Paloma me pergunta se o pau do Fabio era bom, eu respondi, como vou saber, tire sua própria conclusão, ela pega e começa alisar a perna de Fabio onde vai passando a mão pelas coxas e ate chegar no pau que a esta altura estava explodindo de tesão e por cima da calça mesmo ela alisa gostoso, ela olha para mim e fala que deve ser uma delicia, acho que é bem grosso, com a outra mão ela pega no meu pau e dá uma deliciosa apertada, também por cima da calça, Fabio ainda estava meio sem jeito, estava com um puta de um tesão de saber que iria comer a mulher que ele ficou desejando a festa inteira, mas ao mesmo tempo ele não se soltava, chegamos no motel pedi o quarto presidencial, coloquei o carro na vaga de garagem da suíte e saímos do carro os três e fomos para dentro da suíte, chegando no quarto que tinha uma cama king size enorme e uma sofá ao lado tudo com muito luxo, eu me sentei no sofá e falei a noite é toda de vocês e Fabio não precisa se preocupar aproveita, foi onde ele começou a se soltar, os dois estavam em pé próximo a cama e Paloma chega bem perto de Fabio e dá um delicioso beijo na boca e começa a passar a mão no corpo de Fabio e ele por sinal a retribui na mesma intensidade, não demorou muito e Paloma já alisava o pau de Fabio e ele colocou sua mão pela fenda do vestido e alisava a buceta, com a outra mão ele alisava a bunda, Paloma vira de costa para Fabio e pede para ele abaixar o zíper que prontamente faz, ainda de costa Paloma vai tirando o vestido que mesmo com o zíper abaixado ainda era justo ao corpo e deixa escorregar o vestido ate o chão ficando apenas de calcinha fio dental vermelha e sandália de salto alto vermelha, mais nada, só que nesta hora ela finge que vai pegar alguma coisa que havia caído no chão se encurva na frente de Fabio com a bunda encostada em seu pau, ele pira na hora, ela se levanta e se vira e começa a tirar toda a roupa que Fabio usava, um terno,  quando ele esta apenas de cueca Paloma abaixa na sua frente e por cima da cueca ela dá leves mordidinhas em seu pau, em pouco tempo ele pega e tira o pau para fora e manda ela chupar, pois o tesão que ele estava era muito grande e que ele queria sentir aquela deliciosa boca chupando o pau dele inteiro, a essa altura eu estava sem roupa tocando uma deliciosa punheta só olhando os dois, Paloma obedece e cai de boca, o pau do Fabio realmente era grosso, o tamanho era normal mas a grossura era maior do que o meu, mas mesmo assim Paloma colocou boa parte daquela rola dentro da boca e começou um lindo boquete de dava gosto de ver, ela chupava igual uma puta, com gosto,  Fabio olhava para ela e falava, como você chupa gostoso, Paloma hora passava a língua o pau inteiro e hora chupava ate onde cabia dentro da boca, chupou por uns bons 5 minutos, aí ela levanta vai ate a cama deita e abre bem as pernas e fala para o Fabio chupar a buceta dela que estava completamente molhada, Fabio chega perto e começa a tirar a calcinha fio dental vermelha que estava atolada em sua bunda, assim que ele tira ele olha uma bucetinha toda lisinha esperando ele cair de boca, como Paloma estava na beira da cama com as pernas para cima o Fabio ajoelhou no chão e caiu de boca na buceta da minha mulher, ela gemia muito, Fabio realmente deu um banho de língua naquela buceta, antes dele terminar Paloma havia gozado uma vez, e nesta hora Fabio soube aproveitar e dar mais prazer com a boca chupando com certa pressão o grelo da minha mulher, coisa que ela adora quando esta gozando, assim que ela terminou de gozar falou para ele colocar a camisinha pois ela estava querendo rola dentro dela, enquanto Fabio colocava a camisinha Paloma ficou de quatro na cama com a bunda virada para mim e ficava rebolando e me olhando, ela me falou olha bem que essa buceta que você come vai ser arrombada pela rola do Fabio, você viu a grossura? Nossa eu estava a ponto de estourar de tesão, vendo minha mulher sendo fodida na minha frente, Fabio logo se coloca atrás de Paloma passa um pouco de lubrificante por cima da camisinha e posiciona na entrada da buceta da Paloma, começa a forçar a entrada e eu só escuto o Gemido da minha mulher, Fabio força mais um pouco e ela solta um grito misturado de gemido e fala, vai na boa que você esta me arregaçando, Fabio tira o pau e começa tudo de novo, aos poucos Paloma foi acostumando com a grossura do pau que estava invadindo aquela deliciosa buceta, em pouco tempo já estava rolando um vai e vem, Paloma gemia muito, ela olha para o Fabio e fala que rola gostosa, você esta arregaçando minha buceta inteira, ela se vira e olha para mim e fala, que delicia de caralho que esta na minha buceta, meteram bastante nesta posição ate que Paloma tira o pau de Fabio sai da cama e vem ate mim, eu continuava sentado no sofá, ela levanta a perna direita e coloca no sofá ao meu lado o seu lindo pé que ainda calçava uma sandália vermelha de salto bem alto, meu grande fetish é ver mulher de salto alto ainda mais transando, as duas mãos ela apoia no encosto do sofá então eu acabo ficando praticamente embaixo dela, ela olha para o Fabio e fala vem continuar a me foder vem seu puto, ele segura ela pela cintura e soca novamente o pau para dentro daquela buceta que já estava bem aberta, nesta posição eu estava cara a cara com Paloma ela me olhava bem nos olhos e falava, que delicia de rola, ainda me deu um delicioso beijo na boca enquanto Fabio a fodia bem gostoso, ela me beijava e gemia, teve uma hora que ela pegou em meu pau e ficou segurando, falei para ela bater uma punheta para mim, ela se recusou e falou você não vai gozar agora, espera um pouco que daqui a pouco faço você gozar bem gostoso, então ela ficou segurando meu pau com uma mão, com a outra estava se apoiando no sofá e eu ficava alisando suas pernas e peitos  enquanto Fabio fodia gostoso, ele tira o pau de dentro e coloca no cuzinho da minha mulher, nesta hora Paloma se recusa a dar o cuzinho e fala, você esta doido, já me arrombou a buceta agora quer arrombar o meu cú, pirou é, ele fala que quer serviço completo com ela, ela olha para mim e pergunta e aí não sei se dou conta, ela fala para o Fabio só se for do jeito, ele concorda, ela volta para a posição que estava no sofá e fala que é para ele comer ela ate gozar, pois tentaria dar o cuzinho depois da primeira gozada pois assim o pau não fica tão duro, fica mais macio, então ele começa a foder forte, ela geme muito e fala vai seu puto soca essa rola forte, vai me fode, vai goza, vai goza, ouvindo tudo isso, Fabio anuncia que iria gozar e continua a foder a buceta da minha mulher ate gozar dentro da buceta, só como ele estava de camisinha não lambuzou de porra a buceta da minha mulher, enquanto Fabio tirava a camisinha e se limpava Paloma olhou para mim e falou agora vou fazer você gozar, do jeito que eu estava sentado no sofá eu fiquei, ela veio por cima de mim e colocou meu pau dentro da buceta que entrou sem esforço nenhum, estava completamente arrombada, mesmo meu pau nem fazia pressão, ela cavalgou por alguns instantes ate que pediu para eu colocar no cuzinho, assim eu abriria caminho para que o Fabio pudesse colocar aquela rola grossa no cuzinho da minha mulher, ela saiu de cima de mim e ficou de quatro no sofá, peguei o gel e lambuzei o cuzinho dela na sequência coloquei a cabeça do meu pau encostado no cuzinho e deixei que ela controlasse a entrada, aos poucos ela ia forçando a bunda para trás, entrou um pouco mais que a cabeça ela tirou e começo de novo, aos pouco o meu pau já estava tudo dentro, comecei a comer o cuzinho dela bem gostoso, chamava ela de puta, falava vai sua puta dá esse cuzinho para mim, vai ter que dar para mim e para outro macho, quando eu falava assim ela empurrava mais a bunda para trás, forçando a entrar meu pau inteiro dentro daquele cuzinho apertado, ela colocava uma das mãos sobre a bunda e abria bem para facilitar a entrado do meu pau no cuzinho, ate uma hora que ela se vira e fala para mim, vai demorar para gozar na sua puta, pois tem mais um cara ai do seu lado louco para comer o meu cuzinho, vai come gostoso e goza pois sua puta esta louquinha para dar o rabo para aquele pau grosso, quero que ele arrombe o meu cú, escutando tudo isso, foi inevitável segurar a gozado, tirei do cuzinho ela pega no meu pau e bate uma punheta com a cara bem perto, aí veio aquele jato de porra bem no canto da sua boca, o resto pegou na bochecha e testa, para terminar ela dá uma lambida na cabeça do meu pau que estava cheia de porra, ela pega uma toalha que estava ao lado e limpa o rosto, volta para o sofá fica de quatro e fala para o Fabio, vem que esse cuzinho vai ser todo seus agora, Fabio que me ver comendo o cuzinho da minha mulher ficou novamente de pau duro, colocou outra camisinha passou um pouco de gel no cuzinho de Paloma e para começas ele enfiou dois dedos que entrou bem fácil, posicionou o pau na entrada do cuzinho da minha mulher e aos poucos ia forçando a entrada, Paloma ia limitando a entrada e a força que ele fazia, ela falava vai de boca que preciso acostumar, ela gemia muito, cm pó cm foi entrando e eu não acreditando, demorou para entrar mas depois que entrou eles começaram a fazer o vai e vem, Paloma gritava e gemia, xingava o Fabio, seu puto você esta arregaçando o meu cú, aiiiii filho da puta que delicia de rola, depois foi aumentando a intensidade e ele começou a comer ela com mais força meteram um pouco assim, ate que Paloma pede para tirar, ela sai do sofá volta para a cama deita de lado e pede para o Fabio deitar atrás, no estilo conchinha, Fabio deita e já vai enfiando o pau para dentro do cuzinho da minha mulher, eu volto a sentar no sofá, onde eu estava dava para ver perfeitamente ele penetrando no cuzinho dela, para facilitar Paloma levanta a perna direita que Fabio a segura com a mão para não descer a perna assim facilitava a penetração, com a outra mão ele passa por baixo dela e segura um peito, ele começou a socar forte e ela só gemendo era sinal que estava aguentando bem, já tinha visto minha mulher dando o cú para outro homem, mas para um cara com pau grosso igual ao do Fabio não, meteram bastante nesta posição, enquanto Fabio a comia por trás ela ia se masturbando ate que ela goza com o pau enterrado dentro do cuzinho, minha mulher parecia uma cadela gemendo e mandando ele foder forte, entre um gemido e outro ela falava, vai fode, vai fode forte que estou gozando, ele a obedeceu imediatamente, ele dava cada enterrada que dava gosta, ate que ele também fala que ia gozar, ele tira o pau do cuzinho de Paloma tira a camisinha e goza tudo na bunda ma minha mulher que por sua vez começa a espalhar a porra com a mão em toda a sua bunda, ela olha para mim e fala essa foi a noite mais excitante que já tive, com os dedos ainda cheio de porra ela passa no cuzinho e fala nossa como esta arrombado o meu cú. Depois dessa loucura toda fomos tomar  banho e ir embora, pois já passava da 3:00 da madrugada, no carro Paloma tira a calcinha e com as mão coloca dentro da cueca de Fabio e fala que isso é um presentinho, Fabio fica de pau duro na hora e fala quero ver você abaixar o meu pau agora, Paloma fala você esta duvidando e Fabio retruca estou, como Paloma estava de vestido ela pediu para eu para o carro e foi para o banco de trás, enquanto eu dirigia Paloma ia chupando aquele pau que já havia comido a noite inteira, ela chupava e batia punheta para ele, ate que cheguei na casa dele e como ainda não tinha terminado eu estacionei o carro e fiquei olhando, como o carro tem insulfilm não me preocupei se alguém poderia estar vendo, quando eu percebo o Fabio estava enfiando o dedo no cuzinho da Paloma enquanto ela a chupava, mais alguns instantes e Fabio goza dentro da boca da Paloma, ela suga tudo não deixa nenhuma gotinha e ainda dá um selinho na boca de Fabio falando que adorou conhecer ele e que foi uma das melhores trepadas que ela já havia dado, ele se despede e vai para sua casa, Paloma e eu fomos para a nossa, chegamos deitamos na cama e dormimos ate quase ao meio dia. Se quiser escrever para nós, basta nos enviar um e-mail: carlosboris2012@yahoo.com.br

 

Gostou? Vote no Conto:

03/12/2012 | 13885 visitas

 

Comentários

  • silva lopes postou em 09/03/2013

    sou de curitiba estou aprocura de um homem q tope foder minha mulher na minha frente...     silva.opes@hotmail.com  

  • sergio postou em 16/01/2013

    adoro comer mulher casada, sou de goiania. gmail. f85160922@gmail.com

  • ericam postou em 18/12/2012

    eu nao gostei achei chato mas tem gosto pra tudo amo quando gozam aquele liquido gostozo e se for na minha boca ai!!!:::



:D :P: :afff: :confiante: :convencido: :convite: :decepcionado: :derrota: :descrente: :encucado: :fascinado: :lagrima: :legal: :meia-boca: :no:

  confirmacao * Todos os campos são obrigatórios